NOSSAS REDES

BRASIL

Coronavírus: 25 mortes e 1.546 casos confirmados

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Agora, todos os estados do país possuem casos confirmados da doença. As 25 mortes registradas oficialmente ao Ministério da Saúde estão nos estados de São Paulo (22) e Rio de Janeiro (3).

O Brasil registra, neste domingo (22), 1.546 casos confirmados de coronavírus (Covid-19). Com o registro de dois casos no estado de Roraima, agora, todos os estados do país possuem casos registrados da doença. Até o momento, são 25 mortes confirmadas, sendo 22 no estado de São Paulo e três no Rio de Janeiro. As informações sobre casos e óbitos são repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, pediu que as pessoas não acreditem em fake news, após um áudio, atribuído a ele, percorrer o país por meio de aplicativo de mensagem. “Não é só o coronavírus que traz problemas para o país. As fake news também! Hoje, tive conhecimento de um áudio que dizem ser com a minha voz, falando várias coisas sobre o vírus. Deixo aqui bem claro: todas as informações que eu for passar para a população serão feitas pelos canais oficias do Ministério da Saúde”, esclareceu.

Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério da Saúde, de forma inovadora, disponibiliza um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. O canal não é um SAC ou tira dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Qualquer cidadão pode enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61)99289-4640.

Transmissão Comunitária

Na última sexta-feira (20), o Ministério da Saúde reconheceu a transmissão comunitária do coronavírus (Covid-19) em todo o país. É fato que nem todas as regiões apresentam o mesmo nível de transmissão. Nem por isso, a população dessa região deixará de participar do esforço coletivo que passa a ser adotado pelos brasileiros. Assim, a medida é uma estratégia para que todo o Brasil se una contra o vírus. Foto: Renato Strauss / ASCOM MS.

Assista, na integra, à coletiva com atualização dos casos – 22/03/2020.

 

IDUFCONFIRMADOSÓBITOS
NN%
NORTE – Total: 49 (3,2%)
1AC1100%
2AM2600%
3AP100%
4PA400%
5RO300%
6RR200%
7TO200%
NORDESTE –  Total: 231 (14,9%)
8AL700%
9BA4900%
10CE11200%
11MA200%
12PB100%
13PE3700%
14PI400%
15RN900%
16SE1000%
SUDESTE – Total: 926 ( 59,9%)
17ES2600%
18MG8300%
19RJ18631,60%
20SP631223,50%
CENTRO-OESTE – Total: 161 (10,4%)
21DF11700%
22GO2100%
23MS2100%
24MT200%
SUL – Total:  179 (11,6 %)
25PR5000%
26SC5700%
27RS7200%
BRASIL1.546251,60%

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

#FiqueBemFiqueEmCasa: Claro, Oi, TIM e Vivo se unem em campanha inédita

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Movimento apresenta as iniciativas em comum das empresas para que as pessoas possam ficar em casa

Claro, Oi, TIM e Vivo se unem em um movimento para ajudar os brasileiros que estão em casa durante o isolamento social por conta da pandemia do Covid-19. Com a hashtag #FiqueBemFiqueEmCasa, a campanha apresentará as iniciativas em comum das empresas para ajudar as pessoas a se conectarem e atravessarem o período da melhor forma.

A ideia é destacar como a conexão é fundamental para garantir que as pessoas possam se manter próximas a tudo e todos que importam e mostrar que as empresas estão trabalhando em conjunto para garantir este acesso. A campanha, criada pela Africa, em parceria com as agências Havas+, NBS e Talent, contempla diversas peças, que serão veiculadas nas TV aberta e fechada, nos canais digitais das operadoras, web e em mídia externa em todo o país.

Iniciativas

As empresas adotaram diversas iniciativas nesse momento para trazer o máximo de informação e possibilidades de entretimento às famílias, como a liberação de conteúdo de TV e internet, bônus de internet no celular e navegação gratuita no app Coronavírus SUS. O objetivo neste momento é garantir plena conectividade para ajudar toda a população nos compromissos de trabalho e estudo, nas interações à distância. Tudo isso com tecnologia de ponta e uma rede confiável.

Continue lendo

BOM EXEMPLO

Instituto TIM oferece TIM Tec: cursos online e gratuitos para quem quer estudar em casa

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Plataforma de educação a distância traz capacitação em temas como empreendedorismo e programação de games

O mundo vive um momento de isolamento social para combater a transmissão do novo coronavírus. Para ajudar aqueles que podem ficar em casa e buscam uma atualização ou – até mesmo – uma mudança em sua vida profissional, o Instituto TIM oferece diversos cursos livres, gratuitos e à distância com o TIM Tec. O vasto conteúdo é voltado a diversas áreas como empreendedorismo, estruturação web, programação, produção de texto, programação em linguagem java, programação de games, entre outros.

Baseada em três pilares – software livre, produção de cursos e parcerias com instituições de ensino – o projeto começou em 2013 com o objetivo de desenvolver uma plataforma virtual que disponibilizasse cursos online, livres e gratuitos sobre tecnologia. A iniciativa está apoiada no conceito MOOC (Massive Open Online Course): qualquer pessoa pode acessar a ferramenta pelo site e fazer os cursos gratuitamente. Por ser um software livre, escolas, universidades e coletivos podem também instalar a plataforma de forma autônoma.

O TIM Tec conta, atualmente, com 30 cursos diferentes, desenvolvidos por especialistas selecionados pelo Instituto TIM a partir de diretrizes da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC). O conteúdo pode ser acessado por qualquer interessado pelo site cursos.timtec.com.br.

 

Sobre o Instituto TIM

O Instituto TIM (www.institutotim.org.br) tem como missão criar e potencializar recursos e estratégias para a democratização da ciência, tecnologia e inovação, promovendo o desenvolvimento humano, utilizando a tecnologia móvel como um dos principais habilitadores. Define sua atuação em projetos focados em quatro pilares: Ensino (projetos educacionais para crianças e jovens); Aplicações (soluções em software livre); Inclusão (difusão do conhecimento) e Trabalho (novas oportunidades de atuação e capacitação).

Em parceria com diversas instituições federais e aproximadamente 70 secretarias municipais e estaduais, como de Educação, Cultura e Planejamento em todo o País, as ações do Instituto TIM já alcançaram cerca de 500 municípios, em todos os 26 estados e Distrito Federal, beneficiando mais de 700 mil pessoas, especialmente, crianças de 6 a 12 anos.

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias