NOSSAS REDES

ACRE

De quase 300 estabelecimentos fiscalizados, 7 foram autuados em Rio Branco durante lockdown

PUBLICADO

em

A segurança pública do Acre divulgou nesta terça-feira, 16, o balanço das ações de fiscalização realizadas durante o primeiro final de semana de lockdown na cidade de Rio Branco. Entre o sábado, 13, e o domingo, 14, foram fiscalizados 278 estabelecimentos comerciais nas três regionais da capital acreana.

Desses, 112 foram notificados e sete autuados por desobediência ao decreto. Todos os locais públicos onde costumeiramente há grande circulação de pessoas foram isolados e foi mantida a fiscalização até o fim da noite de domingo.

O secretário de segurança, Paulo Cesar, considero positivo o trabalho desenvolvido pelos órgãos e instituições do Sistema de Segurança Pública estadual e municipal. “Este foi o primeiro fim de semana com a suspensão de todas as atividades e continuaremos a fiscalização durante toda a semana, trazendo o aperfeiçoamento necessário para que se torne ainda mais eficaz. Peço a colaboração de todos, para juntos sairmos o quanto antes dessa pandemia”, destacou ao portal Agência de Notícias do Acre.

De acordo com o balanço, foram mobilizadas 41 equipes com 96 servidores do Sistema de Segurança e Vigilância Sanitária, além de 34 veículos oficiais. O sistema de lockdown tem o objetivo de conter o avanço da pandemia. Dia e noite a fiscalização estará na rua para o cumprimento das medidas contidas no decreto de n°8.260.

O decreto, publicado no Diário Oficial em 28 de fevereiro, restringe o funcionamento das atividades comerciais, sociais e religiosas durante a vigência da bandeira vermelha, classificação referente ao risco de contágio durante a pandemia do coronavírus.

Em dias úteis, fica regulamentada a redução da capacidade de atendimento, e, nos fins de semana e feriados, a suspensão de todas as atividades essenciais e não essenciais, salvo exceções.

As ações de fiscalização para o cumprimento do decreto ocorreram simultaneamente nos 22 municípios acreanos, sendo registradas ocorrências apenas em Epitaciolândia, onde a Polícia Militar precisou cumprir uma ordem judicial para o fechamento de um supermercado; e em Cruzeiro do Sul, com a condução de pessoas por venda de alimentos e bebidas alcoólicas. Os demais municípios não tiveram registros de ocorrência.

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS