NOSSAS REDES

ACRE

Mais três pacientes com Covid-19 são transferidos de Rio Branco para o Hospital do Juruá

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais três pacientes de Rio Branco com Covid-19 foram transferidos para o Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, interior do Acre, na tarde desta segunda-feira (15). Dos três, dois vão para enfermaria da unidade e outro para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

No domingo, um paciente com Covid-19, que estava em estado crítico e precisava de internação em um leito de UTI) foi transferido da capital acreana para o interior. A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde do Acre, Alysson Bestene, em entrevista ao Jornal do Acre 1ª Edição.

Além desses pacientes, seis pessoas com Covid-19 do Acre devem ser transferidas para Manaus (AM). A medida foi anunciada pelo governo ainda nesse domingo (14), após a Saúde do Acre entrar em colapso, mas, segundo o secretário, os pacientes aguardam somente uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB). A previsão inicial era de que eles fossem transferidos ainda no domingo, mas, até essa segunda, a aeronave não tinha chegado em Rio Branco.

Nesta segunda (15), o boletim da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre) trouxe mais sete mortes pela Covid-19 e 320 novos casos de infecção pelo coronavírus. O número de infectados saltou de 62.620 para 62.940 nas últimas 24 horas e o de mortes chegou a 1.129 em todo o estado.

“Passamos a sexta e o sábado tratando dessas transferências e só foi possível no domingo pela manhã. Foram destinadas seis vagas no hospital do Amazonas e aí a gente fez o contato direto com o Ministério da Saúde, com a FAB para nos ajudar no transporte. Lembrando que esse transporte é todo adequado para esse tipo de paciente que precisa de tratamento intensivo. Hoje estamos apenas aguardando o avião da FAB, vieram agora da Força Nacional do SUS duas pessoas da equipe técnica para acompanhar esse transporte”, disse Bestene na entrevista.

Situação dos leitos no AC

Em Rio Branco, o Pronto Socorro de Rio Branco e o Into-AC, onde funciona o maior hospital de campanha do estado, atingiram a lotação máxima.

No PS, todos os 30 leitos de UTI estão ocupados e no Into os 50 leitos estão com pacientes. De acordo com o boletim de assistência desta segunda (15), 12 pacientes aguardam na fila por um leito de UTI e por leitos de enfermaria.

“Hoje, há um ano da pandemia, estamos tanto na rede pública, como privada, com 100% de ocupação de leitos de UTI e de enfermaria. O número de casos aumentou consideravelmente nas últimas semanas. Um planejamento da Sesacre, junto com a Assistência, é de ampliar novos leitos. O governo do estado determinou que a gente já trabalhe com aquela estrutura do antigo Bope, que está sendo reformada para ampliar leitos do Into, dando uma capacidade de mais 32 leitos para atendimento Covid”, informou Bestene.

O secretário falou ainda dos 40 leitos que foram abertos no Hospital do Idoso para atendimento de pacientes com Covid-19. Assim como da tentativa de ampliação de leitos no Pronto Socorro de Rio Branco.

“Todo esse trabalho tem sido feito. Mas, é importante lembrar que a população também precisa se fazer presente nessa luta, todos nós unidos vamos combater a Covid-19. Primeiro observando as medidas restritivas, as medidas de prevenção, que é usar máscara, lavar bem as mãos, usar álcool em gel e além de tudo evitar ao máximo aglomerar. Tendo esse controle, a gente vai estar preservando vidas. Então, esse é um pedido que fica”, concluiu.

Nota da SES

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) confirmou, por meio de nota, que foram abertos seis leitos para pacientes do Acre no Hospital de referência para Covid-19 Delphina Aziz.

“A SES-AM ressalta que a rede de saúde está pronta para receber os pacientes e aguarda informações do Acre para a recepção. Sobre a viagem dos pacientes sugerimos que procurem a Secretaria de Saúde do Acre. Dois pacientes de Rondônia seguem internados no Hospital Delphina Aziz.”

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat