NOSSAS REDES

ACRE

Decreto de calamidade pública por pandemia de Covid-19 é aprovado por deputados no Acre

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Texto foi aprovado por unanimidade em sessão extraordinária nesta sexta-feira (20), na Aleac. Acre tem sete casos confirmados da doença e 10 em investigação.

Foto de capa: Decreto de calamidade pública por pandemia de Covid-19 é aprovado por deputados no Acre — Foto: Aline Vieira/Arquivo pessoal. 

Os deputados do Acre aprovaram, por unanimidade, o decreto de calamidade pública por conta da pandemia de Covid-19 em sessão extraordinária nesta sexta-feira (20) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). O documento tinha sido enviado pelo governador Gladson Cameli na quinta (19).

Ao todo, foram 15 votos a favor do decreto que tem validade até 31 de dezembro de 2020. Segundo boletim divulgado ainda nesta sexta pela governo, o Acre tem sete casos confirmados de novo coronavírus e outros 10 em investigação.

Casos só são oficialmente reconhecidos como suspeitos após confirmação do Ministério da Saúde, o que ainda não ocorreu.

Os três novos pacientes são de uma arquiteta de 26 anos, que estava em São Paulo e contraiu a doença na capital paulista; um homem de 81 anos, presidente de uma cooperativa extrativista que esteve na Itália e um advogado de 29 anos, que contraiu a doença ao ter contato com a outra advogada que estava fora do estado.

Portas fechadas

Para obedecer a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a sessão na Aleac ocorreu a portas fechadas para evitar aglomeração.

O presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior (Progressistas) afirmou que a medida diminui a burocracia e possibilita que o governo possa comprar itens necessários ao enfrentamento da doença e também contratar mais profissionais da área da saúde.

“É o momento de ter cuidado, das pessoas terem mais consciência, acredito que o governador vai ter que tomar outras medidas mais drásticas sim, pelo que a gente está vendo nos outros estados. Então, acho que tem que fechar fronteira, entrada de pessoas de outros estados, tem que ter um controle nos aeroportos”, afirmou o deputado.

O deputado Edvaldo Magalhães falou da importância da aprovação do decreto nesse momento de pandemia.

“Nós precisamos, nesse momento de grande dificuldade que vive o nosso povo, tomar as medidas duras necessárias e nesse aspecto, a proposta de decreto legislativo para que a gente tenha o estado de calamidade pública está correto por parte do governo”, afirmou.

Situação de emergência

Na terça-feira (17), o governador do Acre, Gladson Cameli, decretou situação de emergência devido à pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. O decreto 5.465, válido por 30 dias e podendo ser prorrogado, aponta ainda que as recomendações valem até que a emergência em saúde prevaleça, assim como determinou o Ministério da Saúde.

O mundo vive uma pandemia de Covid-19, declarada desde a quarta (11) pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Três dos quatro casos da doença confirmados no Acre foram reconhecidos pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (19).

O Brasil contabiliza mais de 600 infectados pela doença e sete mortes até esta quinta (19).

G1 organizou uma lista com as alterações informadas pelas instituições. Ela será atualizada sempre que uma nova mudança for divulgada.

Como evitar o contágio

  • Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
  • Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
  • Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.

ACRE

Bicho-preguiça é flagrado por jornalista atravessando rua movimentada de Rio Branco

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Animal atravessava a Rua Paulo Lemos de Moura Leite, no bairro Portal da Amazônia, nesta segunda (13).

Um bicho-preguiça foi flagrado na manhã desta segunda-feira (13), na Rua Paulo Lemos de Moura Leite, bairro Portal da Amazônia, em Rio Branco, que dá acesso à BR-364 e é bastante movimentada. O flagrante foi feito pelo o jornalista Elenilson Oliveira, que retornava de uma pauta na região.

Nas imagens, o animal aparece atravessando a rua lentamente enquanto carros, ciclistas e motociclistas passam na rua. A preguiça conseguiu terminar o trajeto sem se machucar e entrou em uma mata.

Animal foi flagrado atravessando rua de Rio Branco na manhã desta segunda (13) — Foto: Elenilson Oliveira/Arquivo pessoal

Animal foi flagrado atravessando rua de Rio Branco na manhã desta segunda (13) — Foto: Elenilson Oliveira/Arquivo pessoal

“Estava voltando de uma pauta no Batalhão Ambiental quando vi. Já tinha uma caminhonete parada filmando e do outro lado tinha um negócio estranho. Achei que era um bicho morto, mas se mexeu e percebi que era uma preguiça. Parei o carro também e fui filmar. Ela estava do outro lado, atravessou, entrou na mata e foi embora”, relatou ao G1 o jornalista.

Com a rua bastante movimentada, Oliveira disse que o primeiro carro a parar ligou o alerta do veículo para chamar à atenção dos demais motoristas e evitar que o animal fosse atropelado.

“Chama atenção um carro parado com o alerta ligado, eu parei também e ela foi protegida”, concluiu.

Continue lendo

ACRE

Número de mortes por Covid-19 chega a 430 e Acre tem mais 16,2 mil infectados pela doença

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Número de mortes por Covid-19 chega a 430 e Acre tem mais 16,2 mil infectados pela doença — Foto: Dhárcules Pinheiro/Arquivo pessoal

Mais 70 casos foram confirmados nas últimas 24 horas. O estado já tem 9.265 pessoas recuperadas.

capa: Número de mortes por Covid-19 chega a 430 e Acre tem mais 16,2 mil infectados pela doença — Foto: Dhárcules Pinheiro/Arquivo pessoal.

O número de mortos por Covid-19 chegou a 430 nesta segunda-feira (13) no Acre. O boletim da Secretaria Estadual do Acre (Sesacre) contabiliza mais quatro mortes em 24 horas e mais 70 pessoas infectadas pelo coronavírus. Assim os casos confirmados saíram de 16.190 para 16.260.

Das mortes, três foram em Rio Branco e uma em Tarauacá. Das 22 cidades, apenas Porto Walter não registra morte pela doença.

Há ainda 123 exames aguardando o resultado nos laboratórios Lacen e Mérieux. Os dados do boletim mostram ainda que há 9.265 pessoas recuperadas no estado, 57% do total.

O estado está em contaminação comunitária desde o dia 9 de abril, mantendo uma taxa de 1.844 casos para cada 100 mil habitantes e letalidade de 2,6%.

A taxa de ocupação nos leitos de UTI específicos para tratar casos graves de Covid-19 é de 77% neste sábado. Das 56 vagas, 43 estão ocupadas. Dos leitos, 10 vagas são em Cruzeiro do Sul e 46 em Rio Branco.

Mortes por cidades

Cidades com óbitosÓbitos totaisNovos registros
Acrelândia30
Assis Brasil50
Brasileia70
Bujari40
Capixaba71
Cruzeiro do Sul390
Epitaciolândia60
Feijó80
Jordão10
Mâncio Lima40
Marechal Thaumaturgo10
Plácido de Castro60
Porto Acre100
Rio Branco2943
Rodrigues Alves40
Santa Rosa do Purus20
Sena Madureira60
Tarauacá101
Xapuri40
Senador Guiomard70
Manoel Urbano20
Total4304

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias