NOSSAS REDES

ACRE

Defesa Civil Nacional já repassou mais de R$ 12,3 milhões para o Acre

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) autorizou a liberação de mais R$ 4,18 milhões para atender cidades do Acre atingidas pelas cheias. O montante apoiará Rio Branco, Santa Rosa do Purus e Tarauacá.

O total repassado para localidades acreanas que sofrem com a elevação dos níveis dos rios da região chega a R$ 12,34 milhões. Na última sexta-feira (26), outros R$ 8,16 milhões já haviam sido liberados para o governo estadual e para as cidades de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira, Feijó e Mâncio Lima.

A capital acreana contará com a maior fatia do repasse: R$ 2,6 milhões. Por sua vez, Tarauacá terá acesso a R$ 1,2 milhão, enquanto Santa Rosa do Purus receberá R$ 384,9 mil. Os recursos serão utilizados para a aquisição de cestas básicas, kits de limpeza e higiene pessoal, água potável, colchões, locação de barcos e de combustíveis.

Os planos de trabalho de Porto Walter e Rodrigues Alves ainda estão em análise pela equipe da Defesa Civil Nacional e os recursos devem ser repassados nos próximos dias. Novas solicitações – tanto de outros municípios quanto dos já beneficiados – podem ser enviadas ao MDR para serem analisadas e terão os recursos liberados de acordo com os planos de trabalho apresentados ao órgão federal.

O montante liberado é parte dos R$ 450 milhões disponibilizados para o Ministério do Desenvolvimento Regional apoiar estados e municípios de todo o País no enfrentamento a desastres naturais. O crédito extraordinário foi autorizado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, na última segunda-feira (22) por meio de Medida Provisória.

No fim de fevereiro, o MDR reconheceu o estado de calamidade pública em dez municípios do Acre atingidos por inundações: Rio Branco, Sena Madureira, Santa Rosa do Purus, Feijó, Tarauacá, Jordão, Cruzeiro do Sul, Porto Walter, Mâncio Lima e Rodrigues Alves.

A medida foi tomada por procedimento sumário, que ocorre em casos de desastres de grandes proporções e com base apenas no requerimento e no decreto de emergência ou de calamidade do estado ou município. O objetivo é acelerar as ações federais de resposta a desastres públicos, notórios e de alta intensidade.

A Defesa Civil Nacional está apoiando o estado do Acre desde o início da última semana, com a coordenação do monitoramento realizado pelas agências federais responsáveis. O MDR auxiliou os municípios nas ações de resposta, elaboração dos planos de trabalho para solicitação de recursos e atendimento à população afetada. (MDR)

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat