NOSSAS REDES

Jordão

Deputada repudia sugestão do governador a manifestantes de Jordão

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na sessão desta quarta-feira (6) a deputada Eliane Sinhasique (MDB) repudiou a resposta que o governador Tião Viana (PT) teria dado ao ser abordado na pista do aeródromo de Jordão, por manifestantes que protestavam contra o reajuste da passagem aérea. Segundo a oposicionista, ao ser questionado se ele poderia interceder para evitar o reajuste da passagem Tião Viana teria sugerido que eles “tocassem fogo nas aeronaves”.

Para a emedebista, o governador teria incentivado o vandalismo em vez de manifestar apoio à causa. “Nunca antes na história vi um governador cometer tamanho desatino. Ele está precisando de um médico, só pode. Ele com certeza não está em sua plena capacidade mental. Incentivar o vandalismo, sugerir que os manifestantes ateassem fogo nos aviões, isso é um absurdo. Isso não é postura de um governador”, disse a deputada.

Ainda segundo a deputada, a população dos municípios isolados do Acre merece respeito. “Sugerir tocar fogo nos aviões em vez de estimular o diálogo, de manifestar algum tipo de apoio, aí já é demais. É muita falta de respeito. Nunca tinha visto isso na minha vida. Foi tudo gravado, o vídeo está circulando para quem quiser ver em todas as redes sociais. Imagina se agora na capital o povo começa a tocar fogo em ônibus devido ao aumento da passagem? A gente espera que o governador pacifique a situação, que resolva os problemas, e não que incentive o vandalismo”, enfatizou.

Para concluir, Eliane Sinhasique também questionou a declaração do senador Jorge Viana (PT) sobre o valor do óleo diesel. “Esse é outro que também precisa de um médico, está precisando tomar um remedinho para memória. Ele disse que conseguiu baixar no governo dele a alíquota do diesel de 25% para 17%, até parece que essa foi uma iniciativa dele. Isso só aconteceu porque a Confaz queria equilibrar a carga tributária do diesel com a de Rondônia. Essa não foi uma decisão dele. Foi uma determinação, um convênio firmado com a Confaz. Senhor Jorge Viana, o senhor não é tão bonzinho como está querendo parecer. Está precisando tomar um remedinho para memória”, disse a parlamentar. Por Mircléia Magalhães.

ACRE

No Jordão, Tribunal de Justiça do Acre realiza Projeto Cidadão no dia 19 de julho

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A ação, idealizada pelo Poder Judiciário Acreano, é voltada à população mais necessitada.

O Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC) realizará na sexta-feira, dia 19, no município de Jordão, mais uma edição do Projeto Cidadão, incluindo a celebração do Casamento Coletivo para o encerramento da atividade.

A ação, solicitada pela Câmara de Vereadores do Município, será promovida na Escola Estadual Jairo de Figueiredo Melo durante todo o dia tendo como principais serviços a expedição de RG, CPF, título de eleitor e audiências judiciais para ações simples.

O município de Jordão é um dos mais isolados do Acre permitindo acesso somente fluvial e aéreo. A maioria dos moradores é de baixa renda e vive em situação de vulnerabilidade não podendo custear uma viagem até a cidade mais próxima.  A população indígena responde atualmente a 40% da comunidade pertencente a Jordão.

A prefeitura do local também estará presente com equipes para atendimentos na área da saúde, informações sobre Bolsa-Família, vacinação entre outros. Equipes do Ministério Público e Defensoria Pública também estarão prestando atendimento. A atividade conta ainda com a parceria do Governo do Estado do Acre.

Projeto Cidadão

Desde a sua criação, no ano de 1995, o Projeto Cidadão já atendeu mais de um milhão de pessoas, nos mais distantes lugares da Floresta Amazônica Acreana, a fim de democratizar os serviços públicos e fortalecer o exercício da cidadania.

A ação, idealizada pelo Poder Judiciário Acreano, é voltada à população mais necessitada, disponibilizando o direito à documentação básica, como também o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos fundamentais.

Continue lendo

ACRE

Corregedoria-Geral da Justiça divulga calendário de correições

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Procedimento é rotineiro e busca fiscalizar as tarefas nas unidades.

A Corregedoria-Geral da Justiça (Coger) divulgou o calendário oficial de correições, às quais serão submetidas unidades judiciárias da capital e do interior do Estado.

O calendário de Correição Geral Ordinária segue até o final de 2019, incluindo Serventia Extrajudicial e Serviços Notariais e Registrais do Estado do Acre. A atividade leva em consideração os princípios da transparência, da eficiência e da economia que regem a Administração Pública.

O documento ainda é assinado pela desembargadora Waldirene Cordeiro, que ocupava o cargo de corregedora-geral da Justiça, atualmente ocupado pelo desembargador Júnior Alberto, que conduzirá os procedimentos necessários, acompanhado pelo juiz-auxiliar da Corregedoria, e da equipe técnica do setor.

A Portaria nº 1, de janeiro de 2019, que traz o calendário, foi publicada na edição 6.280 do Diário da Justiça Eletrônico (fl. 74), de 23 de janeiro.

O procedimento de correição é rotineiro e busca fiscalizar as tarefas nas unidades. Durante a ação, são observadas a infraestrutura, a qualidade dos serviços, o atendimento, dentre outros pontos. Também são esclarecidas possíveis dúvidas dos juízes e é verificado o cumprimento dado às orientações emanadas pela Corregedoria-Geral da Justiça.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )