NOSSAS REDES

CORONAVÍRUS

Em Cruzeiro do Sul, maternidade fecha cozinha e afasta 9 servidores após copeira testar positivo para Covid-19

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Servidores que tiveram contato com caso positivo foram afastados por 14 dias. Alimentação está sendo fornecida por empresa.

Capa: Maternidade fecha cozinha e afasta 9 servidores após copeira testar positivo para Covid-19 no interior do AC — Foto: Adelcimar Carvalho/G1.

Após uma copeira da maternidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, testar positivo para Covid-19, nesta quinta-feira (30), nove servidores que tiveram contato com ela foram afastados por um período de 14 dias. Segundo a direção do hospital, a cozinha precisou ser fechada por falta de profissionais.

A mulher não estava afastada do trabalho e não era monitorada pelas equipes de saúde da cidade. Segundo a prefeitura, ela teve contato com passageiros de um taxista que morreu com a doença em Porto Velho no começo deste mês.

Em Cruzeiro do Sul, embora a prefeitura afirme ter oito casos de Covid-19, o boletim da Secretaria de Saúde (Sesacre), dessa quinta-feira (30), oficializou apenas cinco. Os três casos que não constam no boletim foram confirmados pelo prefeito da cidade, Ilderlei Cordeiro.

A alimentação para os servidores, pacientes e acompanhantes está sendo feita por uma empresa, segundo informou o gerente geral da maternidade, Rafael Gomes. Em média, são feitas 450 refeições entre café da manhã, almoço e janta, além de dois lanches.

Assim como a copeira, todos os nove servidores afastados trabalhavam na área da cozinha e copa da unidade de saúde. De acordo com o gerente geral, nenhum profissional que atua diretamente com os pacientes foi afastado.

Logo após a confirmação do caso de Covid-19, a direção da unidade disse em nota que adotou as recomendações do Ministério da Saúde.

Foi realizada a limpeza terminal e desinfecção da cozinha hospitalar, do almoxarifado de alimentos e refeitório e a identificação dos servidores que haviam tido contato direto com a servidora.

Além da dispensa das funções preventivamente por 14 dias, os servidores foram orientados a permanecer em isolamento domiciliar neste período e evitar o contato com outras pessoas e a circulação pública.

Eles também recomendam o uso de máscara facial por parte desses servidores afastados e que busquem atendimento médico no caso de apresentarem agravamento dos sintomas.

Orientações a grávidas e puérperas

No mesmo documento em que fala das medidas preventivas para evitar a proliferação do novo coronavírus na unidade de saúde, a direção emitiu uma série de recomendações às mulheres grávidas e puérperas.

As orientações consideram tanto o fato dessas mulheres estarem no grupo de risco para a Covid-19, como o fato da transmissão comunitária já ser uma realidade na cidade de Cruzeiro do Sul. Entre as recomendações estão:

  • Adoção do isolamento domiciliar e do isolamento social para gestantes com qualquer idade gestacional, puérperas e recém-nascidos;
  • É aconselhável que as gestantes não compareçam a unidade hospitalar a menos que necessitem de cuidados médicos urgentes;
  • Caso necessite de atendimento, mantenha distância de outras pessoas que estiverem na recepção da unidade;
  • Avalie a possibilidade de ir sozinha ao atendimento, sem acompanhante, para evitar aglomeração de pessoas na recepção da unidade;
  • Utilize máscara e caso tenha sintomas respiratórios, solicite uma máscara à recepcionista assim que chegar;
  • Adote medidas de etiqueta respiratória;
  • Higienize as mãos com frequência;
  • Evite tocar nos olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos;
  • Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  • Mantenha-se em ambientes bem ventilados e sem aglomeração de pessoas.

Covid-19 no Acre

O boletim da Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre), dessa quinta-feira (30), informou que são 404 casos confirmados de Covid-19 em todo o estado, sendo que 657 exames ainda aguardam o resultado. Foram 50 novos testes positivos para a doença em 24 horas, saltando de 354 para 404. Os óbitos chegaram a 19.

O boletim mostra ainda que o estado tem 141 pacientes com alta, considerados curados da doença. Do total que segue em tratamento, 30 estão internados, sendo oito na UTI e 22 nas enfermarias e outros 214 pacientes cumprem o isolamento domiciliar.

Em Xapuri o boletim confirma oito casos, enquanto a prefeitura da cidade fala em nove.

Do total de casos, 344 são em Rio Branco; 13 em Acrelândia; dois no Bujari; 25 em Plácido de Castro; dois em Porto Acre, três em Senador Guiomard e cinco em Cruzeiro do Sul.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat