NOSSAS REDES

ACRE

Filho que matou pai com tiro acidental de espingarda se apresenta na delegacia no AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O filho que matou o próprio pai, de 54 anos, com um tiro de espingarda disparado de forma acidental, se apresentou na Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Segundo o delegado responsável pelo caso, Martin Hessel, o rapaz confessou o crime e, após prestar depoimento, foi liberado.

O homicídio ocorreu na noite deste sábado (6), no quilômetro 6 da Estrada de Porto Acre, zona rural de Rio Branco. Familiares da vítima estiveram no Instituto Médico Legal (IML), no domingo (7), para aguardar a liberação do corpo, mas preferiram não comentar sobre o caso.

O delegado disse que o rapaz confirmou que confundiu o pai com um homem que o teria ameaçado horas antes em uma vaquejada.

“Ele veio até a delegacia, confessou e apresentou a arma utilizada também. Já encaminhamos a arma para a perícia e agora é finalizar ouvindo as outras testemunhas que estavam no local. Até esta quarta-feira [10], ouvimos apenas o autor do disparo, mas vamos fazer oitiva de mais cinco pessoas até o final desta semana”, disse o delegado.

Hessel afirmou que não pediu a prisão do rapaz, porque precisa concluir o inquérito. “No momento não vou pedir, vamos verificar se há necessidade desse pedido de prisão. Pelo crime, ele vai responder normalmente, pelo homicídio. O processo também vai tramitar normalmente”.

Morte acidental

O comandante da patrulha do 5º Batalhão da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, tenente Moisés Nascimento, contou que o filho da vítima teria atirado acidentalmente após confundir o pai com um homem que o teria ameaçado momentos antes em um evento.

“A informação preliminar é de que trata-se de um homicídio, em que o autor teria participado antes de uma vaquejada e aí foi ameaçado por um terceiro e foi para casa. Chegando em casa, um tempo depois disso, o pai dele foi até o local e ele, temendo essa ameaça, confundiu o pai com um dos autores da ameaça, e, infelizmente, efetuou o disparo e a vítima veio a falecer”, contou Nascimento.

Quando a polícia chegou no local, o filho que disparou contra o pai não foi localizado e nem a arma usada no crime.

ACRE

Expoacre 2019 terá noite exclusiva com show do DJ Religare

Nem só de sertanejo vive o homem. Foi por isso que além do público fã de música sertaneja, a Feira Agropecuária do Estado do Acre deste ano, a Expoacre 2019, também se preocupou em agradar outro público – o que curte música eletrônica. Pela primeira vez, a festa terá uma noite dedicada ao estilo,com o tema Ecofest, e será no dia 2 de agosto.

O palco de shows terá apresentações de DJs locais (abertura) e nacional, com DJ Religare (atração principal). A festa está prevista para iniciar às 21h30 e encerrar às 5h do dia seguinte.

O evento também terá uma pegada ecológica e sustentável, já que todo o material reciclável descartado pelo público durante o evento, será reutilizado em forma de doação ao projeto Catar – cooperativa que trabalha com reciclagem no estado.

A Ecofest na Expoacre 2019 terá ainda ornamentação do palco com o tema ecológico e apresentações com dançarinas em tecido acrobático. Estão confirmados os DJs Dionísio Neto (Mago), Yuri Vargas, Patrik Bernardo, DJ Carlos, Juca Lima, DJ Gadelha, Wanderson Vitor, Paulo Vico, Luan Henrique e Andreas Santiado Vibr’z, Cristiano Lima, Cau Bartholo e DJ Richard Bader (R-Bader).

Continue lendo

ACRE

Em nota, UFAC diz que consumo de drogas no campus é “problema de saúde pública”

Alerta Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Universidade Federal do Acre (UFAC) emitiu uma nota na tarde desta terça-feira (16) esclarecendo sobre as denúncias de vendas de brigadeiros de maconha no campus de Rio Branco.

Leia mais: Brigadeiro de maconha é vendido abertamente na Ufac, denunciam alunos

Confira a nota:

“Em casos envolvendo denúncias e informações sobre substâncias entorpecentes na Ufac, a Reitoria esclarece que consumo de drogas é problema de saúde pública. Por isso adota ações que possam combatê-lo. Nos campi da Ufac, a equipe de segurança é orientada, em situações suspeitas, a conscientizar os estudantes sobre o problema das drogas e acionar a polícia se for verificada ação de traficantes. A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis, em casos identificados de vício em drogas, faz acompanhamento psicossocial do aluno, com participação de psicólogos e assistentes sociais.

Desde 2018, a universidade mantém o fórum permanente Drogas: Direito, Prevenção e Cuidado em Rede; a iniciativa integra outras 49 instituições. O fórum é uma organização sem fins lucrativos formada a partir da articulação de instituições públicas, privadas e da sociedade civil organizada, com a finalidade de promover debate sobre uso e abuso de álcool e outras drogas, podendo estimular a iniciativa de prevenção e cuidado, bem como produzir estudos, reflexões e recomendações.”

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )