NOSSAS REDES

CRISE

Hospitalizado, Bolsonaro fala da cirurgia e da tragédia de Brumadinho/MG; veja o vídeo

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Neste domingo, 27, o presidente Jair Messias Bolsonaro estar hospitalizado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, onde na segunda-feira, por volta das 07hs da manhã, fará o procedimento de retirada da bolsa de colostomia.

Veja o vídeo:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Um forte abraço a todos e até breve! Deus no comando! ???

Uma publicação compartilhada por Jair M. Bolsonaro (@jairmessiasbolsonaro) em

ACRE

Em Tarauacá, sem Samu, idosa é levada em pau-de-arara até UTI aérea, e morre; veja vídeo

G1 AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Veja o vídeo:

Sem Samu, idosa é levada em pau-de-arara até UTI aérea e morre dias depois em hospital no AC

Vítima de um infarto, a mulher morreu quando era atendida em Rio Branco. Família vai denunciar o caso.

Foto de capa: Após infarto, mulher é levada até UTI aérea em pau-de-arara e morre dias depois. Mulher foi carregada na carroceria de caminhão até aeroporto da cidade — Foto: Ducivan Bezerra/Arquivo pessoal.

Há 14 dias, a família da idosa Francisca Oliveira, de 76 anos, tenta se conformar com a morte dela. O caso se torna ainda mais grave porque a família acredita que houve negligência no atendimento à idosa que morreu vítima de um infarto.

Veja o vídeo (Chiquinho R7).

Vídeo: https://www.facebook.com/chiquinho.tk

A denúncia é comprovada por um vídeo que mostra Francisca sendo transportada do Hospital Dr. Sansão Gomes, em Tarauacá, no interior do Acre, até o aeroporto da cidade, de onde seria transferida para a capital Rio Branco em um pau-de-arara. Isso porque, segundo a família, não havia ambulância para levar a paciente até a UTI aérea.

A mulher morreu vítima de infarto no dia 5 de fevereiro quando estava já na capital. A família da idosa acredita que o óbito ocorreu por causa do transporte inadequado que teria piorado o quadro da de Francisca que sofreu um infarto.

A família disse que vai denunciar o caso. “Os médicos vieram para levar a mãe e quando chegaram no hospital, estava aquele carro lá. O sol estava muito quente e o estado que ela tava, na carroceria do carro, o trajeto longo e a cidade toda esburacada, o carro balançava de um lado para o outro e meus irmãos e os médicos seguravam para ela não cair”, conta Maria das Dores, filha da paciente.

A prefeita do município, Marilete Vitorino, disse ao G1 que não tinha conhecimento da situação e soube da morte da idosa, ajudou no traslado do corpo de volta para o município, mas não sabia o que tinha acontecido. “Não tinha tido informações da forma como eles tinham ido”, disse.

Sem ambulância

A diretora do hospital, Rosane Maia, informou que durante um período de, pelo menos, cinco meses a unidade não tinha ambulância para transportar os pacientes.

“A nossa unidade aqui de Tarauacá não estava tendo unidade do Samu desde a gestão anterior. Acredito que nós passamos mais de cinco meses sem Samu e o transporte desses pacientes eram feitos no carro de apoio que nós temos ou quando a gente conseguia ajuda do diretor do Hospital geral de Feijó”, conta.

A gestora disse que, após pedido, agora têm uma viatura provisória. Já a família de Francisca Oliveira afirma que o caso será denunciado.

“Nós vamos denunciar para que isso não volte a acontecer. Todas as vezes que a gente vai ao hospital a ambulância não está”, diz Maria das Dores.

 Direção do hospital no interior do Acre diz que passou cinco meses sem ambulância — Foto: Ducivan Bezerra

Direção do hospital no interior do Acre diz que passou cinco meses sem ambulância — Foto: Ducivan Bezerra. Com informações: Alcinete Gadelha e Iryá Rodrigues, G1 AC.

Continue lendo

BR 364

URGENTE: PRF atualiza informações sobre interdição de ponte em Cacaulândia/RO; veja fotos

Agência PRF, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Possíveis rotas alternativas não possuem condições de trafegabilidade com segurança, não havendo como seguir viagem entre as cidades de Ariquemes/RO e Jaru/RO

Nota informativa da PRF – atualizada às 12h50m de 07/02/2019:

1) O desmoronamento da cabeceira da ponte corrego Andirá ocorreu no km 464 da BR-364, no município de Cacaulândia/RO, entre Ariquemes/RO e Jaru/RO, próximo à Fazenda Nova Vida, que fica no km 473.

2) A 2 kms dessa ponte, sentido Jaru – Ariquemes, existe outra ponte com estrutura em situação crítica diante da correnteza, mas sem desmoronamento por enquanto.

3) O desmoronamento é decorrente das intensas chuvas ocorridas durante a madrugada e a manhã de hoje (6).

4) O DNIT já foi acionado e enviou ao local equipes de Ji-Paraná e Ariquemes. O fato já foi repassado para o Ministro dos Transportes. Em nota emitida pela ASCOM/DNIT foi noticiado que o Exército Brasileiro, representado pelo 5 BEC, avalia as condições de viabilidade e segurança para instalação de uma ponte metálica para restabelecimento emergencial do fluxo de veículos. Não obstante, uma empresa que realiza serviços de manutenção e conservação da rodovia foi acionada para iniciar imediatamente a execução de obras no trecho atingido.

5) Não há informações de nenhum veículo ou veículo cruzando a ponte no momento do ocorrido.

6) O tráfego no local, inclusive de pedestres, está totalmente interrompido por questões de segurança. A sinalização está sendo feita com cones e algumas carretas foram posicionadas na via, de modo a impedir o fluxo.

7) As equipes PRFs mobilizadas para verificar o local da interrupção da via, bem como as rotas alternativas, relatam que o nível de água dos rios apresentou aumento, em média de 40 cm, entre a hora da interrupção do trânsito e a manhã de hoje. Dessa forma, as duas possíveis rotas alternativas, (RO-257, acessando Machadinho do Oeste, e RO-140, via Cacaulândia) não estão liberadas, seja para tráfego de caminhões, ônibus, automóveis, motocicletas ou pedestres. As duas rodovias estaduais mencionadas são de responsabilidade da Polícia Militar de Rondônia, que interditou a passagem, em razão de inundação no trecho e rachadura na ponte sobre o Rio Branco.

8) O efetivo da Del 03, que atende a região compreendida entre Itapuã do Oeste e Ouro Preto do Oeste, foi reforçado para que exista maior número de agentes na rodovia, tanto nas localidades próximas aos eventos como na orientação geral de fluxo de veículos.

9) Empresas de ônibus que atuam nas estradas de Rondônia já foram informadas da situação, sendo solicitado que suspendam as viagens que dependam do tráfego no local do incidente.

10) A PRF reforça que a população, por questões de segurança, deve obedecer à orientação de não prosseguir viagem e tal informação será repassada pelos policiais de serviço em todas as 4 Delegacias da Regional, de modo a evitar deslocamentos desnecessários e que coloquem em risco a segurança viária.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, céu, nuvem e atividades ao ar livre

As obras de reparo seguem sendo feitas no trecho que sofreu o desmoronamento (km 464 da BR-364). Nas próximas horas devemos ter novas informações quanto ao tráfego no local.

A imagem pode conter: montanha e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, céu e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: atividades ao ar livre

PRF atualiza informações sobre interdição de ponte em Cacaulândia/RO

Nota informativa da PRF – atualizada às 13h:

1) O desmoronamento da cabeceira da ponte corrego Andirá ocorreu no km 464 da BR-364, no município de Cacaulândia/RO, entre Ariquemes/RO e Jaru/RO, próximo à Fazenda Nova Vida, que fica no km 473.

2) A 2 kms dessa ponte, sentido Jaru – Ariquemes, existe outra ponte com estrutura em situação crítica diante da correnteza, mas sem desmoronamento por enquanto.

3) O desmoronamento é decorrente das intensas chuvas ocorridas durante a madrugada e a manhã de hoje (6).

4) O DNIT já foi acionado e enviou ao local equipes de Ji-Paraná e Ariquemes. O fato já foi repassado para o Ministro dos Transportes. Em nota emitida pela ASCOM/DNIT foi noticiado que o Exército Brasileiro, representado pelo 5 BEC, avalia as condições de viabilidade e segurança para instalação de uma ponte metálica para restabelecimento emergencial do fluxo de veículos. Não obstante, uma empresa que realiza serviços de manutenção e conservação da rodovia foi acionada para iniciar imediatamente a execução de obras no trecho atingido.

5) Não há informações de nenhum veículo ou veículo cruzando a ponte no momento do ocorrido.

6) O tráfego no local, inclusive de pedestres, está totalmente interrompido por questões de segurança. A sinalização está sendo feita com cones e algumas carretas foram posicionadas na via, de modo a impedir o fluxo.

7) As equipes PRFs mobilizadas para verificar o local da interrupção da via, bem como as rotas alternativas, relatam que o nível de água dos rios apresentou aumento, em média de 40 cm, entre a hora da interrupção do trânsito e a manhã de hoje. Dessa forma, as duas possíveis rotas alternativas, (RO-257, acessando Machadinho do Oeste, e RO-140, via Cacaulândia) não estão liberadas, seja para tráfego de caminhões, ônibus, automóveis, motocicletas ou pedestres. As duas rodovias estaduais mencionadas são de responsabilidade da Polícia Militar de Rondônia, que interditou a passagem, em razão de inundação no trecho e rachadura na ponte sobre o Rio Branco.

8 ) O efetivo da Del 03, que atende a região compreendida entre Itapuã do Oeste e Ouro Preto do Oeste, foi reforçado para que exista maior número de agentes na rodovia, tanto nas localidades próximas aos eventos como na orientação geral de fluxo de veículos.

9) Empresas de ônibus que atuam nas estradas de Rondônia já foram informadas da situação, sendo solicitado que suspendam as viagens que dependam do tráfego no local do incidente.

10) A PRF reforça que a população, por questões de segurança, deve obedecer à orientação de não prosseguir viagem e tal informação será repassada pelos policiais de serviço em todas as 4 Delegacias da Regional, de modo a evitar deslocamentos desnecessários e que coloquem em risco a segurança viária.

Continue lendo

CRISE

O primeiro já caiu: Governo do Estado afasta secretário acusado de participar do Comando Vermelho

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Após ser apontado como aliado de uma facção criminosa que atua no Acre, o Secretário de Polícia Cívil, delegado Rêmulo Diniz, foi afastado das suas funções pelo Governador Gladson Cameli.

Em nota, o governador afirma que as funções do secretário estão suspensas até o fim da investigação.

Confira:

NOTA DO GOVERNO DO ESTADO DO ACRE

O Governo do Estado do Acre comunica o afastamento do cargo de secretário do Estado de Polícia Civil, do delegado Rêmulo Diniz, até que as investigações que transcorrem no âmbito da Justiça estadual sejam devidamente esclarecidas.

Consciente do dever de cumprir as leis e a ordem, o Governo do Estado do Acre reafirma seu compromisso com a transparência, com a justiça e com o respeito à sociedade acreana.

Governo do Estado do Acre

Continue lendo

Promoções

TOP 5 MAIS LIDAS

ACRE.COM.BR © 2017-2019 - Todos os direitos reservados. Contato: (68) 98114-3077.

Faça sua denúncia
Enviar denúncia
Fale Conosco
%d blogueiros gostam disto: