NOSSAS REDES

ARQUEOLOGIA

Na Bolívia, cidade subterrânea é tão grande que demorará 50 anos para ser revelada

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Uma equipe de arqueólogos bolivianos descobriu uma cidade subterrânea, do período pré-inca, que é tão grande que os especialistas acreditam que as escavações podem durar 50 anos. A informação é do Ministério da Cultura da Bolívia.

Foto, Tiwanaku, na Bolívia.

A cidade subterrânea, do período pré-inca, fica em Tiwanaku, perto de La Paz.  “Com novos dados obtidos com a ajuda de tecnologia atual foi encontrada uma cidadela pré-hispânica fora do perímetro arqueológico, onde foi detectada uma praça subterrânea e duas plataformas do que é considerado uma pirâmide“, revelou o ministério.

A descoberta foi feita durante os trabalhos de conservação e preservação de Tiwanaku, classificado como Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 2000, informa o Jornal de Notícias.


Julio Condori, responsável pelo Centro de Pesquisa Arqueológica, Antropológica e Administrativa de Tiwanaku, afirmou que as principais escavações “serão feitas no sudoeste e no norte, com o objetivo de confirmar os dados recolhidos”.

Em caso de confirmação, a descoberta irá obrigar a repensar a ideia de que Tiwanaku era apenas um centro cerimonial, de modo a considerá-lo uma cidade pré-hispânica.

Localizado a 71 quilômetros de La Paz, o complexo de cerimônias de Tiwanaku conta com os templos construídos em honra de Kalasasaya e Puma Punku e acolhe ainda a Porta do Sol, a Pirâmide de Akapana e vários monolitos. Ciberia // ZAP

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat