NOSSAS REDES

ACRE

No Acre, mais de 40 pessoas foram presas suspeitas de crimes eleitorais no 1º turno das Eleições 2020

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Federal divulgou, nesta segunda-feira (16), um balanço das ocorrências e prisões registradas as Eleições 2020 no Acre. Mais de 40 pessoas foram presas no estado suspeitas de crimes eleitorais.

O primeiro turno contou com um reforço de mais de 2,3 mil agentes de segurança pública, entre policiais civis, militares, federais, penais, rodoviários federais, bombeiros e o Exército Brasileiro. No fim da votação, o comitê de Operações registrou 125 ocorrências em todo o estado.

O comitê de operações foi montado na sede da secretaria com representantes das forças policiais para o acompanhamento e tomada de decisões durante as eleições.

Conforme a PF-AC, 42 pessoas foram presas e quatro menores apreendidos. Foram instaurados 22 Termos Circunstanciado de Ocorrência (TCOs) por boca de urna.

Também foram instaurados cinco TCOs por violação de sigilo do voto; dois flagrantes pela prática de corrupção eleitoral e dois por transporte de eleitores. O relatório inclui ainda registro de fato instaurado por transporte irregular de eleitor e assédio sexual praticado por um mesário contra uma colega mesária.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat