NOSSAS REDES

ACRE

Nove presos perigosos fogem, e estão nas ruas de Rio Branco

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais nove fogem de Complexo Penitenciário em Rio Branco

Por Lília Camargo

Em menos de cinco dias o presídio Francisco de Oliveira Conde (Foc), tem sua segunda fuga em massa de presos registrada. Dessa vez, nove conseguiram fugir durante a madrugada desta quinta-feira (29), da última vez, foram seis, mas, um ainda chegou a ser recapturado.

A informação disponibilizada até agora é de que os que empreenderam fuga são do pavilhão “A”, do presídio. Pavilhão este que é onde ficam separados os presos do Comando Vermelho. Eles teriam feito um novo buraco na parede, e conseguiram com a ajuda de Teresas (cordas feitas de lenços) fugir pela muralha do presídio.

Da última vez a fuga aconteceu durante o banho de sol e os presos usaram um andaime de uma empresa terceirizada que havia deixado ao lado do grande muro que isola os presos do complexo.

Serial Killer considerado clínico geral de crimes em Rio Branco está entre os foragidos do sistema Prisional

Getúlio de Souza Pinheiro, de 30 anos, mais conhecido no mundo do crime como “Sucuri”, está entre os nove presos do Comando Vermelho que conseguiram fugir na madrugada desta quinta-feira (29), do Complexo Penitenciário, Francisco de Oliveira Conde (Foc).

Sucuri tem uma extensa ficha criminal, e é considerado extremamente perigoso, tendo passagens que vão desde ao simples crime de tráfico de drogas, ao roubo, estupro, sequestro, homicídio e tentativas.

Só pela Delegacia de Homicídios ele é investigado de pelo menos seis mortes violentas ocorridas no ano passado em Rio Branco. Entre eles podemos destacar o triplo homicídio ocorrido em 13 de setembro no bairro Volta Seca, onde dois homens e uma mulher de uma facção rival foram assassinados a tiros dentro de casa.

Outros crimes em que Getúlio tem participação confirmada, foi na morte de Antônio Ramires, assassinado com dois tiros na cabeça em um veículo no dia 10 de 2017, na estrada do bairro Calafate e também o de um menor de apenas 15 anos, assassinado no bairro Ayrton Sena ao se recusar a entregar o celular.

Sucuri também teria sido responsável pelo sequestro de um policial federal no bairro Bosque. Crime ocorrido no ano passado, onde ele e os comparsas subtrairam a arma e veículo do agente que foi encontrado poucas horas depois abandonado no bairro Caladinho. O Federal foi liberado no mesmo lugar onde havia sido sequestrado.

Segundo as autoridades competentes em setembro de 2017, quando foi preso, ele vinha crescendo assustadoramente dentro do crime o que já lhe estava garantido uma posição de comando na facção em que pertence.

Fora ele, outros oito detentos do Comando Vermelho fugiram durante a madrugada. Com eles já conta 14 presos sendo procurados pela polícia em duas fugas ocorridas em menos de cinco dias.

O BURACO DA FUGA

Por Lília Camargo

Após a fuga de presos na FOC, vi muita gente apontando o dedo, colocando a culpa nos agentes e se esquecem que o problema está num presidio sucateado com um efetivo de 5 agentes penitenciários trabalhando em pavilhões povoados por no mínimo 700 detentos.

Esse povo só não coloca as paredes do presídio abaixo porque ainda de fato não decidiram e não tem agente que segure.

Ai o buraco usado pelos presos que fugiram e as teresa usadas para pular o muro.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat