NOSSAS REDES

ACRE

Operação prende 14 pessoas acusadas pelos crimes de homicídio e feminicídio no ACRE

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Civil cumpriu 14 mandados de prisão e um de internação por crimes de homicídio, na manhã desta terça-feira (28), em Rio Branco e Senador Guiomard, no interior do Acre, durante a segunda fase da Operação Cronos.

A operação acontece simultaneamente em Brasília, e mais 23 estados e busca por foragidos da justiça por crimes de homicídio e feminicídio.

No Acre, as primeiras prisões foram apenas por homicídio. Há dois mandados por feminicídio, mas ainda não foram cumpridos, segundo informou o delegado Cristiano Bastos.

“A Polícia Civil no Acre prendeu 15 pessoas autoras de crimes de homicídio. A operação prendeu pessoas em Rio Branco e Senador Guiomard. Dos crimes de feminicídio, a equipe de investigações ainda está em campo e não prendeu ninguém. São dois mandados a serem cumpridos”, informou o delegado.

Entre os presos está Arlys Oliveira, suspeito de estar envolvido na decapitação de Raimundo Lacerda do Nascimento, que está desaparecido desde o dia 15 de maio.

O nome Operação Cronos II é uma referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime. Ao mesmo tempo, com a prisão dos autores de homicídio e feminicídio, espera-se o impedimento da prática de novos crimes.

A operação tem apoio do Ministério da Justiça e é coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícias Civis (Conpc). Desde o começo do mês

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat