NOSSAS REDES

BRASIL

PT teme debandada de advogados caso Lula decida resistir à prisão

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Independentemente de se apresentar ou não, ex-presidente opta por manter discurso da resistência para militância não abandoná-lo

Ainda que Lula esteja decidido a se entregar, como quer Sergio Moro, ele não tem pressa para anunciar sua intenção.

A estratégia do ex-presidente é simples: pregar o discurso da resistência para manter a militância a postos embaixo da sede do Sindicato dos Metalúrgicos. em São Bernardo.

Nos cálculos de Lula, ao informar que irá se entregar, a adesão à vigília cairá imediatamente.

Nas internas, porém, a cúpula do PT teme que os advogados do ex-presidente deixem a defesa caso ele decida descumprir a decisão judicial de Moro.

Os advogados acreditam que o cliente deve se apresentar espontaneamente para não ser acusado de cometer uma ilegalidade, até porque ficarão numa situação delicada caso compactuem com essa estratégia. Por Gabriel Mascarenhas

 

O dia da prisão do ex-presidente Lula

Ex-presidente ainda não confirmou se vai se entregar em Curitiba ou permanecer no ABC. Lula tem até às 17h da tarde para responder a ordem de prisão

O juiz federal Sergio Moro determinou a prisão do ex-presidente Lula nesta quinta-feira. O magistrado deu a “oportunidade” para que o ex-presidente se apresente “voluntariamente” a Polícia Federal de Curitiba até esta sexta-feira, dia 6, às 17h.

Mas em uma última tentativa antes de ser preso pela Polícia Federal, a defesa do ex-presidente entrou com mais uma liminar para evitar a prisão. A ação foi impetrada no Superior Tribunal de Justiça. A defesa alega que ainda há recursos a serem apresentados ao Tribunal Regional Federal e que, portanto, a pena ainda não poderia começar a ser cumprida.

Lula ainda não confirmou se vai ou não até Curitiba para se entregar. Nos bastidores, Veja apurou que Lula cogita não ir até a capital paranaense e permanecer no sindicato à espera da liminar. Se o ex-presidente manter esta posição, ele será preso por um grupo de agentes da PF que já está no ABC Paulista. As tropas militares da região já estão de sobreaviso. Por Veja.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat