NOSSAS REDES

ACRE

Sindicato acusa secretaria do governo de estar mais ‘ditadora’ que na gestão do PT

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Que o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Acre (Sinteac) continua reivindicando ações e melhorias à categoria junto ao governo não é novidade. Nos últimos meses o sindicato vem cobrando a Secretaria Estadual de Educação e Esportes (SEE) de uma maneira bem mais contundente e, por último, afirmou que a atual gestão da SEE no governo de Gladson Cameli “tem sido mais ditadora que na gestão anterior (PT)”, nas palavras da presidente do sindicato, Rosana Nascimento.

Isso porque, segundo a categoria, o Estado não tem aberto diálogo e nem espaço para que o sindicato integre decisões importantes para os educadores do Acre. “Não chamaram o sindicato para construção do edital da certificação para eleição dos gestores escolares. Esta secretaria exclui a participação do SINTEAC. Já verificamos que o edital contém vários erros, inclusive o descumprindo assim a Lei de Gestão Democrática. Iremos entrar com recurso e, se necessário, com ação judicial”, declarou Nascimento.

Ainda de acordo com o Sinteac, a SEE tem tido uma postura pior do que a gestão anterior. “Não respeita o sindicato como representante da categoria. Tem sido mais ditadora do que a gestão anterior”, revela a professora Rosana, a qual protagonizou inúmeros embates com o ex-governador.

Ela destaca que tapinha nas costas, aperto de mão e abraço não vai fazer com que deixem de existir os problemas ou cobrança e críticas com a SEE. “A SEE se recusa a ouvir as reclamações, críticas e muito menos tratar com os professores e funcionários sobre o que estão achando e sentindo sobre as políticas educacionais que estão sendo implantadas”.

Para Rosana, a educação é coletiva, não é carreira solo. “Toda política educacional tem que ser construída juntas, encontrando solução para as dificuldades. O sindicato vem cobrando que se faça este diálogo, mas tem sido interpretado como inimigo e perseguidor”.

O outro lado

Procurada pelo ac24horas, a secretaria de educação respondeu às acusações por meio de uma nota de esclarecimento. Segundo o órgão governamental, em nenhum momento a SEE tem se eximido do diálogo. “Por várias vezes recebeu, conversou e reuniu, tanto com a diretoria do sindicato quanto com outras entidades de representação de professores ou gestores, como é o caso do Conselho de Diretores das Escolas Públicas do Acre – CODEP”.

Quanto à certificação dos candidatos a gestores escolares, o departamento de formação e assistência educacional da secretaria foi quem assumiu a organização do referido processo. “O edital foi elaborado por uma comissão, em consonância com a lei n° 3.141 de 22.07.2016, que dispõe sobre a gestão democrática das unidades escolares da rede pública estadual de educação básica do Acre. A constituição da comissão paritária, na qual é estabelecida a participação dos sindicatos, conselho estadual de educação e outros órgãos relacionados, e sobre a qual se refere a Lei em seu artigo 7°, destina-se a elaboração do regimento da eleição propriamente dito. Nesta etapa, sim, todas as entidades relacionadas serão convidadas”.

A SEE finalizou dizendo que tem compromisso e respeito para com os trabalhadores em educação, aos órgãos representativos, bem como a todos que não tem medido esforços para que elevar a qualidade da educação no Acre.

ACRE

Em Rio Branco, seca revela acúmulo de lixo e entulho dentro do Rio Acre; veja fotos

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Garrafas, pneus, sapatos, plásticos, roupas, latas, máquina de lavar roupas e diversos outros entulhos são encontrados dentro do Rio Acre, em Rio Branco, no período de estiagem. Com a seca do manancial, o lixo descartado indevidamente nos igarapés acaba parando no rio e fica exposto às margens.

Com o nível do manancial abaixo de um 1,60 metro, muito lixo fica acumulado próximo das pilastras da Ponte Juscelino Kubitschek, conhecida como Ponte Metálica.

O cenário serviu de inspiração para uma série fotográfica do Juan Diaz. O ensaio “Salve o Rio Acre” foi feito nesta segunda-feira (19) e mostra o lixo, entulhos e toda sujeira despejada na principal fonte de abastecimento da capital acreana.

Ao G1, Diaz explicou que decidiu fazer as fotos após perceber que as pessoas comentavam muito sobre a seca do Rio Acre nas redes sociais. Porém, ele sentiu que ninguém, de fato, tinha a verdadeira dimensão das condições do manancial.

Com baixo nível, Rio Acre acumula lixo e entulhos que são descartados nos igarapés — Foto: Juan Diaz/Arquivo pessoal

“A princípio, fui fotografar para captar a situação real, mostrar o que está acontecendo mesmo. Mostrar para geral, principalmente a galera ligada nas redes e que está vendo a situação do Brasil. Fiquei bem satisfeito com o resultado, se espalhou bastante, muita gente compartilhou e se espantou também”, destacou.

O fotógrafo disse que foi um choque até mesmo para ele quando chegou às margens do manancial e se deparou com o cenário. Entre os objetos, Diaz encontrou uma garrafa de vidro diferente das demais garrafas.

“Desci e tinha pneu de carro, roda de moto, muita garrafa pet, plástico e não parava, onde encostava tinha lixo às margens do rio que vinha flutuando, máquina de lavar, sapato velho. Encontrei até uma garrafa, que acredito ser da fundação da cidade. Como ali na rua da Gameleira era a rua principal, deve ter milhares de coisas antigas no fundo do rio”, contou.

Continue lendo

ACRE

No Acre, quase 16 mil inscritos no Encceja realizam prova neste domingo (25)

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Quase 16 mil acreanos estão inscritos para fazer a prova do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) neste domingo (25).

Desde 2017, o Encceja passou a ter a função de emitir o certificado de conclusão dos cursos de ensino fundamental e médio para brasileiros que não puderam concluir os estudos na idade correta. A prova deste ano contará com a participação de 2.973.375 pessoas, em todo o país.

No Acre, serão exatos 15.354 candidatos habilitados. Na capital foram contabilizados 11.964 mil inscritos, que irão fazer a prova em uma das 32 escolas de Rio Branco.

Os portões abrem às 6h e fecham as 6h45, com início das provas às 7h e término às 11h.

No período da tarde, os portões abrem às 12h30 e fecham 13h15, com início das provas às 13h30 e término às 18h30.

O participante deve levar um documento de identificação válido, como RG ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O candidato deve olhar atentamente o cartão de confirmação do Encceja, onde estão as informações importantes como endereço, data, local, número de inscrição e horário das provas.

O Inep pede que os interessados acessem a Página do Participante, imprima o comprovante e verifique as rotas para chegar ao local com antecedência.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?