NOSSAS REDES

ACRE

Sindmed afirma que saúde entrou em colapso; Boletim da Sesacre diz que taxa de ocupação de UTI’s é de 92,5%

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

De acordo com o Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed) a saúde pública estadual já está em colapso por conta do crescimento da pandemia da Covid-19. O sindicato afirma que no Hospital de Campanha, em Cruzeiro do Sul, todos os 20 leitos de UTI estão ocupados. O setor de clínica médica foi esvaziado para receber pacientes com a doença. A entidade diz ainda que não há médicos suficientes e os que estão na linha de frente, no município, estão esgotados.

Por conta da situação, o governador Gladson Cameli já anunciou a abertura de mais cinco leitos de UTI no Hospital Regional do Juruá.

Em Rio Branco, o Sindmed diz que a situação não é diferente. Tanto no Into, como no pronto-socorro todos os leitos de UTI estão ocupados. No caso do PS, mais de 10 pacientes esperam por uma vaga. O sindicato afirma também que faltam médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

O Boletim de assistência divulgado neste domingo, 7, pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) não confirma as informações divulgadas pelo sindicato. De acordo com a estatística oficial, no PS a taxa de ocupação é de 60%, estando ocupados seis dos 10 leitos disponíveis. Já no Into 48, dos 50 leitos estão com pacientes, o que representa uma taxa de 96% de ocupação.

O Boletim confirma que em Cruzeiro do Sul, realmente todos os leitos de UTI’s estão ocupados.  No total, o Acre tem 328 pessoas internadas por conta da Covid-19 nas unidades de saúde, sendo 93 em UTI’s e 235 em leitos clínicos, pediátricos ou obstétricos.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat