NOSSAS REDES

CIDADES

Trabalho de investigação da Policia Civil desarticula grupo criminoso em Epitaciolândia

Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Policia Civil de Epitaciolândia sob coordenação do Delegado Alex Danny prendeu nesta quinta-feira, dia 24, um grupo criminoso que vinha cometendo diversos delitos na região de Fronteira.

Na ação, foram presos de forma preventiva; Elvanes da Silva Santos, vulgo ‘Lorin’, Osmarim da Silva Vieira, vulgo ‘Matador’ ou ‘Pelado’ e Victor Hugo Pessoa Dominguez.

Desde o ano de 2018, os investigadores vinham monitorando os passos do grupo criminoso que integram a facção Bonde dos 13 (B13). Dentre os crimes praticados, estão tráfico de drogas, receptação, corrupção de menores, tentativa de homicídio e organização criminosa.

Elvanes, mais conhecido como ‘Lorin’, é apontado como ‘chefe’ da facção B13 na cidade de Epitaciolândia. Além de comandar um grupo de jovens responsáveis por vender drogas em vários pontos da cidade. Também é apontado como mandante de algumas tentativas de homicídios de indivíduos considerados rivais

Já o indivíduo ‘Pelado’, vinha ameaçando moradores do Bairro José Hassem, onde morava. O mesmo já havia sido preso por tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e receptação.

Na ação que prendeu Victor Hugo, os Agentes precisaram fazer um cerco ao local, visto que o mesmo empreendeu fuga no momento em que os investigadores chegaram a uma residência onde o ele estava no Bairro José Hassem. Após pular alguns quintais no intuito de fugir o mesmo foi capturado e preso.

No decorrer das investigações, os Agentes prenderam diversas pessoas que tinham ligações com o grupo criminoso. Com fortes indícios de práticas criminosas na cidade, a Comarca de Epitaciolândia decretou a prisão dos envolvidos.

Ambos serão encaminhados ao Presídio Francisco de Oliveira Conde em Rio Branco.

 

Fonte: https://www.oaltoacre.com

Cruzeiro do Sul

Após discussão, homem alega que tentou salvar irmão de suicídio; polícia descarta

Juruá em Tempo, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Antônio Marcos Nogueira, de 34 anos, foi morto pelo próprio irmão com uma facada, durante uma bebedeira, próximo a ‘Marcenaria dos Periquitos’, no início da noite da última terça-feira, 18. Na manhã desta quarta-feira, 19, a Polícia Militar informou que os dois tinham passagens pela polícia, e o acusado, Antônio José Nogueira dos Santos, de 31 anos, utiliza ainda tornozeleira.

Durante o recolhimento das informações sobre o crime, a PM informou ainda que o acusado tentou ludibriar os agentes de segurança, contando que ‘havia tentando salvar o irmão de um suicídio’. Versão essa que foi totalmente descartada pela polícia, já que a vítima recebeu uma perfuração na proximidade do rim.

O crime aconteceu após os dois passarem o dia ingerindo bebida alcoólica, e após uma discussão, um dos irmãos acabou desferindo um golpe de arma branca. Durante a briga, o acusado ainda foi ferido com alguns cortes, que o mesmo alegava ser de arma branca. Após o crime, ele foi encaminhado ao Pronto Socorro do Hospital do Juruá, e posteriormente à Delegacia Geral para os procedimento cabíveis ao caso.

Continue lendo

Assis Brasil

Cerca de 60 produtores de borracha devem receber R$ 1,4 por quilo produzido no interior do Acre

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Cerca de 60 produtores de borracha licenciados da cidade de Assis Brasil, no interior do Acre, vão receber R$ 1,4 por quilo produzido. A lei que dispõe sobre a contribuição econômica para os trabalhadores foi publicada na edição desta segunda-feira (17) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Conforme a publicação, o benefício tem o objetivo de incentivar a comercialização da produção local. A lei determina ainda que a prefeitura tem um prazo de 30 dias para decidir as condições operacionais para o pagamento e controle da subvenção.

O G1 entrou em contato com o prefeito da cidade, Antônio Barbosa de Sousa, para saber o impacto financeiro do benefício ao município, mas não obteve sucesso.

O presidente da Associação dos Moradores e Produtores da Reserva Extrativista Chico Mendes em Assis Brasil (Amopreab), José de Araújo, disse que a lei que beneficia os produtores já existia desde 2009, porém destinava o recurso apenas a quem produzia folha defumada líquida.

“Na verdade, essa lei está sendo publicada agora, mas existe desde 2009, em que foi aprovado o pagamento de R$ 0,70 a cada quilo, em 2012 tivemos alteração no valor para R$ 1,4, só que ela era específica para produção de folha defumada líquida, que era um outro produto que a gente trabalhava. Agora, a lei vai beneficiar a produção de quilo de borracha produzida, seja em forma de folha, de bola defumada ou prancha. Em qualquer forma agora vai ser pago”, explicou o presidente da associação.

Araújo afirmou ainda que, mesmo já havendo a lei, os produtores estão sem receber o benefício desde 2014. “O que deixa a gente triste é que é uma lei que existe desde 2009, mas temos pendência da prefeitura de 2014 até ontem”, concluiu.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco