NOSSAS REDES

CAPA

VÍDEO: Temer, no STB, é entrevistado por Silvio Santos.

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na foto acima, Presidente Michel Temer vai ao Programa Silvio Santos, no SBT, para defender a Reforma da Previdência.

Veja o vídeo a partir de 4:40.

Continuando seu esforço para aprovar a reforma da Previdência, o presidente Michel Temer (PMDB) afirmou, em entrevista gravada e exibida pelo Programa Silvio Santos, no SBT, que a mudança nas aposentadorias “não prejudica os mais pobres”. “Só quem ganha 15, 30, 40.000 reais que vai ter alguma consequência”, disse o presidente, que enfatizou o período de adaptação, que só deve estabelecer a idade mínima de 65 anos daqui a duas décadas

Ao longo de cerca de vinte minutos de participação de Temer, Silvio Santos e o peemedebista se alternaram em defesas enfáticas da Reforma. O dono do SBT ressaltou a argumentação do governo de que, se a proposta apresentada à Câmara não for aprovada, “em dois ou três anos” o governo poderá não conseguir mais arcar com a folha de pagamento.

“Nós não podemos mexer no dinheiro da Previdência. Se nós não aprovarmos a Reforma, e isso não é piada, daqui dois ou três anos o governo não terá mais dinheiro para pagar as aposentadorias”. Temer citou os casos de países europeus, como Grécia e Portugal, e disse que a reforma pode ameaçar “30 ou 40% dos vencimentos dos funcionários públicos”.

Silvio Santos comparou a presença do presidente em seu programa a outros momentos “históricos”, como o confisco das poupanças no governo Collor e a Unidade Real de Valor (URV), medida inicial do Plano Real nos anos 1990. Dizendo que Temer “foi obrigado a ser presidente” após o impeachment de Dilma Rousseff (PT), o apresentador o questionou sobre a expectativa para a atuação dos deputados durante a votação.

O presidente disse que “hoje há uma compreensão na sociedade” para a importância da reforma e que “os deputados têm consciência disso e pensam no país”. Temer disse que espera que “as colegas de trabalho”, como o dono do SBT chama as mulheres que comparecem ao seu programa, ajudem a “sensibilizar” os parlamentares para que as mudanças na Previdência sejam aprovadas.

“Eu penso em deixar um legado histórico. Quero que as pessoas pensem no futuro que aquele presidente reformou o Brasil”, concluiu. Ele ainda fez uma piada e repetiu um gesto do apresentador, dando a Silvio Santos uma nota de 50 reais, como este faz com seu auditório.

Campanha

Nas últimas semanas, o presidente se engajou em um esforço para popularizar a reforma da Previdência e reduzir a resistência entre deputados. Neste sábado, uma entrevista com Temer foi uma das principais atrações da estreia do novo programa do apresentador Amaury Júnior na Band.

Durante a conversa, que versou sobre temas da vida pessoal do peemedebista, ele disse ter expectativa de que a reforma será aprovada pela Câmara em fevereiro e negou que possa ser candidato à reeleição nas eleições de 2018. Depois da entrevista para Silvio Santos, Temer irá a dois programas populares nesta segunda-feira: pela manhã, estará na Rádio Bandeirantes com o jornalista José Luiz Datena. À noite, volta ao SBT para participar do Programa do Ratinho.

Comentários

Comente aqui

CAPA

Lei da focinheira continua não sendo cumprida em Tarauacá

José Gomes - Da Amazônia para o Mundo.

PUBLICADO

em

Em todos lugares é normal que as pessoas levem seus bichinhos de estimação para passear, ou até mesmo para fazer-lhes companhia em uma leve caminhada no final de tarde, entretanto, tem que haver algumas precauções, principalmente, em relação a cães de raças considerados imprevisíveis; como Doberman, Pit Bull, Rottweiler entre outros.

No ano de 2014  uma Lei Municipal, de autoria do Ex-Vereador Marlindo Pinheiro foi sancionado pelo então prefeito Rodrigo Damasceno que proíbe esses animais de circularem nas vias públicas do município sem o uso da focinheira. Infelizmente poucas pessoas têm consciência e cumprem a Lei Municipal.

É só ir a Avenida Tancredo Neves por volta das 17h em diante, horário em que os cidadãos saem  para fazerem suas caminhadas que, é possível  ver vários garotos andando livremente com seus cães sem o uso da focinheira, colocando em risco a vida de quem trafega na calçada da referida avenida.   

Até o momento não foi definido pelo o poder público qual órgão é responsável pela fiscalização da lei municipal que é descumprida diariamente.

 

Continue lendo

CAPA

Senador americano comemora cancelamento de Bolsonaro: “O ódio não tem lugar em Nova Iorque”

Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O senador democrata americano, Brad Hoylman‏, comemorou, na noite desta sexta-feira (3), através de sua conta do Twitter, a desistência do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) em ir à cidade de Nova Iorque receber o prêmio de ‘Personalidade do Ano’: “O ódio não tem lugar em Nova Iorque”, escreveu o senador.

“VITÓRIA: Enfrentamos o presidente homofóbico do Brasil Jair Bolsonaro e vencemos. De acordo com as notícias vindas do Brasil, ele se retirou do evento no Marriott Marquis e cancelou sua viagem aos EUA. O ódio não tem lugar em Nova York.”

Inúmeros protestos

Depois de inúmeras polêmicas, o presidente Jair Bolsonaro decidiu, nesta sexta-feira (3), cancelar sua viagem a Nova Iorque para participar de um evento da Câmara de Comércio Brasil-EUA em que seria homenageado.

O evento está previsto para acontecer no dia 14 de maio.

A decisão de Bolsonaro vem após uma intensa campanha contra sua presença na cidade. Tudo começou quando o Museu Americano de História Natural desistiu de emprestar sua sede para o jantar após receber críticas da comunidade acadêmica.

Na sequência, o prefeito de Nova Iorque, Bill de Blasio, do Partido Democrata, disse que Bolsonaro não era bem vindo à cidade e o chamou de racista, homofóbico e destrutivo. A fala do prefeito veio quase que ao mesmo tempo do anuncio do restaurante de luxo Cipriani Hall, sondado pelos organizadores do evento como segunda opção, se recusando a sediar a homenagem.

Nesta semana, o senador democrata Brad Holyman promoveu um abaixo assinado e subiu a tag #CancelBolsonaro no Twitter para buscar adesão ao boicote da homenagem ao “homofóbico notório”.

INFORMAÇÕES REVISTA FORUM

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias