NOSSAS REDES

ACRE

Acre é chamado pelo governo federal para propor ações contra crise migratória na fronteira

PUBLICADO

em

O Estado do Acre já foi provocado pelo Ministério das Relações Exteriores a apresentar demandas relacionadas à crise migratória de haitianos acampados na ponte binacional em Assis Brasil.

A garantia foi dada na manhã desta quarta-feira, 17, pelo secretário de justiça e segurança pública, coronel Paulo Cézar. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Justiça (Sejusp), a rota por Assis Brasil é uma escolha de coiotes devido as condições geográficas propícias ao tráfego. “Primeira missão é a de inibir a rota do tráfico de pessoas por Assis Brasil”, comentou o secretário.

Para o coronel, a reunião com o ministro das relações exteriores e dois diplomatas serviu para sensibilizar a União para o apoio da questão alfandegária e migratória e efetivo da Policia Federal Rodoviária, o Exército Brasileiro pode ocorrer com o aumento da tensão na fronteira.

“As questões diplomáticas foram amplamente discutidas. O Peru passa por situação difícil politicamente, isso dificulta as relações, tem a questão sanitária que precisa ser observada, o Estado está se mobilizando para amenizar as condições que estão ao seu alcance” concluiu Paulo Cézar.

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat