NOSSAS REDES

Rodrigues Alves

Agência de transporte fiscaliza balsas em Rodrigues Alves

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nesta quinta-feira, 20, técnicos da Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ e equipe da Agência Fluvial da Marinha, realizaram operação de fiscalização nas balsas particulares que fazem a travessia no Rio Juruá, dos veículos que vão para Rodrigues Alves.

Cinco balsas que não têm autorização da Agência foram proibidas de continuar a operação de travessia, para a qual, cobram R$ 3 de moto R$ 10 de carros pequenos e R$ 20 de caminhonetes.

Todo balseiro precisa ter identificação, autorização da Marinha e da ANTAQ, ser Micro Empreendedor Individual – MEI, com registro no Sebrae e as balsas devem ter coletes salva vidas, tabela de preços e os horários das travessias.

O técnico da ANTAQ, Dorivaldo Gomes, cita que o objetivo da Agência é garantir a segurança e conforto dos usuários, bem como regularidade e modicidade dos fretes.

Atualmente 24 balsas fazem a travessia, número maior que a necessidade. Antônio de Souza, que está regular aprovou a operação. Já Willian da Silva, vai ter que parar de atuar na travessia. ” Agora vou correr atrás da papelada para não ficar no prejuízo’.

A técnica em laboratório, Júlia Santos, que usa as balsas diariamente, acredita que agora ” todas estão dentro do padrão de segurança para nós passageiros”.

Balsa do governo que faz a travessia gratuita pode ser proibida de funcionar

Uma balsa paga pelo governo do Estado, que faz a travessia de veículos gratuitamente das 6 a meia noite no Rio Juruá, poderá parar. A embarcação leva até 7 veículos em cada travessia.

Tramita na ANTAQ um Processo Administrativo, iniciado à partir de denúncia feita à ouvidoria da Agência, que pode resultar na proibição da oferta da travessia gratuita das motos e carros. Dorivaldo, diz que a gratuidade atrapalha a livre concorrência do serviço da travessia para os balseiros particulares.

“Antes da construção da Ponte da União, na chegada de Cruzeiro do Sul, fazia sentido o governo do Acre atravessar os carros, mas já faz tempo que não há justificativa para a continuidade. A ANTAQ tem como missão, assegurar à sociedade a adequada prestação de serviços de transporte aquaviário e de exploração da infraestrutura portuária e hidroviária, garantindo condições de competitividade e harmonizando os interesses público e privado”.

Os usuários da travessia gratuita, esperam que a ANTAQ não paralise as atividades da balsa maior. “Acabar pra quê esse serviço gratuito?”.

CRIME

Polícia Civil prende mais dois participantes de homicídio em Rodrigues Alves 

Juruá Online, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Polícia Civil prendeu nesta sexta-feira (16), os últimos dois participantes do homicídio do jovem Eugênio Coelho, de 22 anos, que foi encontrado morto no dia 24 de Julho, no Ramal do Bigode, em Rodrigues Alves.
O delegado José Obetânio disse que as prisões elucidam três crimes cometidos no último mês. “Nós realizamos duas prisões de dois acusados de participar do homicídio cometido em Rodrigues Alves”, disse.
Obetânio conta que foram 15 prisões de participantes em três homicídios. “Estamos pondo fim num trabalho de investigação da Polícia Civil corroborado com a Polícia Militar e prender criminosos que aterrorizavam a população”, afirmou.

Crimes

O primeiro homicídio foi de Eugênio Coelho da Silva, de 22 anos, que foi encontrado morto no dia 24 de Julho. O jovem levou vários tiros e facadas.

O segundo homicídio foi no dia 28 de Julho quando José Fernando Silva, de 19 anos, foi morto na zona rural de Rodrigues Alves com várias facadas. Segundo a família, o jovem estava em um jogo de futebol quando se desentendeu com outro homem.

O último homicídio foi de Francisco Souza de Holanda, conhecido como macaquinho, o corpo foi encontrado em Rodrigues Alves na tarde no dia 30. Holanda estava há poucos dias no município. O corpo foi encontrado com ferimentos de golpes de terçado e carbonizado

Continue lendo

ACRE

Após 1 semana em coma, menina baleada na cabeça durante abate de boi no AC sai da UTI

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A menina Francisca Jaqueline Almeida, de 10 anos, deixou a Unidade de Terapia Intensa (UTI) do Hospital da Criança, em Rio Branco, após uma semana em coma. Ela foi atingida acidentalmente por um tiro, quando o primo matava um boi, no sábado (27), na zona rural de Rodrigues Alves, no interior do Acre.

Francisca deixou a UTI e foi para um leito do hospital neste domingo (4). Ao G1, a mãe da menina, Maria Paulina falou do alívio em ver a filha acordada e consciente. Ela contou que ainda não há previsão para que Francisca deixe o hospital.

“Ela está melhor, saiu da UTI e veio para o leito. Está falando. Não falaram ainda quando ela vai sair”, resumiu.

Maria revelou que a filha está com dificuldades para mexer a perna e o braço direito. Porém, ela não soube detalhar se essa dificuldade tem relação com alguma sequela.

“Ela mexe pouco, movimenta menos que o outro [lado]. A bala atingiu ela do lado direito. Está com dor de cabeça, mas está bem. Agora estou aliviada, ela conversa comigo”, comemorou.

Primo ainda não foi ouvido

O delegado responsável pelas investigações, Obetâneo dos Santos, explicou que ainda não ouviu o primo que atirou Francisca. O depoimento do rapaz está marcado para a próxima terça-feira (6).

“A semana foi muito corrida, mas minha pretensão é ouvi-lo na terça. Tiveram dois homicídios [no município de Rodrigues Alves] e dei prioridade para eles. Ele manifestou o desejo de se apresentar”, relatou

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp WhatsApp Notícias