NOSSAS REDES

Acrelândia

Asmac e Adepol se reúnem em Acrelândia

Avatar

PUBLICADO

em

Asmac e Adepol se reúnem em Acrelândia e buscam o fortalecimento dos laços institucionais do Judiciário e da Polícia naquele município.

Representantes da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac) e da Associação dos Delegados da Polícia Civil (Adepol) se reuniram com a titular da Vara Única da Comarca de Acrelândia, Kamylla Acioli Lins e Silva, e com o delegado Carlos Bayma, na tarde de quarta-feira (13/06). O objetivo do encontro foi debater a divulgação de informação equivocada que acabou chegando até a imprensa sobre o relaxamento da prisão de uma mulher que supostamente seria investigada, no dia 30 de maio.

O delegado Bayma aproveitou para informar que na época dos fatos não havia falado com a imprensa sobre o caso e que a fala creditada a ele não era verdadeira. A mulher não constava entre os investigados e, também, não havia prova que justificasse a prisão dela.

Segundo o presidente da Asmac, o juiz Luís Camolez, o momento do encontro foi oportuno para estreitar os laços entre as instituições daquele município, proporcionando um trabalho conjunto, buscando a Justiça para a população.

“É um momento oportuno para que haja o estreitamento dos laços entre as instituições no município, beneficiando os cidadãos de Acrelândia. A Polícia Civil faz um trabalho importante de investigação para levar os verdadeiros acusados a Justiça, beneficiando a população. A juíza Kamylla também tem feito um excelente trabalho, ela tem se desdobrado em prol da comunidade, apurando crimes de vulto, se mostrando sempre disposta em atender a comunidade”, afirmou Camolez.

A diretora de prerrogativas da Asmac, a juíza Zenair Bueno, disse acreditar que apenas a união pode resultar em um trabalho positivo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Acredito que o delegado e a magistrada atuaram para que cumprir com a legislação”, afirmou Bueno.

O presidente da Adepol, Cleylton Videira, também afirmou que o delegado Bayma atuou como prevê a legislação.

“Um encontro como este é muito importante para buscar o entendimento e a eficiência necessária nas investigações”, afirmou o representante da Associação dos Delegados.

O delegado Bayma afirmou estar à disposição para atuar da melhor forma para buscar o entendimento entre as instituições.

“A Polícia Civil está a disposição para atuar. Mais uma vez desconheço a pessoa que veiculou a notícia, pois não concedi entrevista”, finalizou Bayma. Por Assessoria.

Comentários

Comente aqui

Acrelândia

Polícia de Acrelândia recupera moto roubada,um suspeito foi detido

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Após denúncia anônima a Equipe de Investigações da polícia Civil de Acrelândia sob o comando do Apc MÁRIO JORGE em conjunto com a Polícia Militar, prenderam em flagrante delito o nacional MANOEL CARIN RIBEIRO BARROS, que estava com a posse de uma motocicleta Factor de cor branca com restrição de roubo

O flagrante aconteceu na manhã desta terça-feira em Acrelândia, ao receber a denúncia os policias foram rápido para conseguir terem excedo na abordagem contra o suspeito.
A motocicleta foi roubada no dia 05 deste mês na Vila Acre em Rio Branco. O suspeito de praticar o delito está agora a disposição da justiça, na audiência de custódia a justiça irá se pronunciar se mantêm o suspeito preso ou decide por sua soltura

ACRELANDIA NEWS

Continue lendo

ACRE

Agricultor é executado a tiros na linha 7 zona rural de Acrelândia

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A polícia registrou uma Homicídio ocorrido na manhã desta quinta-feira 09, por volta das 11h30m no km 16 da linha 7 em Acrelândia zona rural.
Segundo informações repassada por testemunhas, três elementos não identificados invadiram a residência onde se encontrava o nacional Felipe paulino nogueira Moreira de Souza,juntamente com sua esposa e uma filha menor, os bandidos executaram a vítima com vários tiros.
 No local do homicídio a polícia recolheu 12 cápsulas de pistola 9mm, segundo informações Felipe não tinha passagem pela polícia e tinha retornado do estado do Paraná há 4 dias. O irmão de Felipe, conhecido por Ociclei Nogueira, tem várias passagens pela polícia e Residia no local, mas havia deixado a propriedade alguns meses após sobreviver uma tentativa de homicídio onde foi alvejado por 5 disparos.
A Polícia trabalha com a hipóteses até o momento que os bandidos executaram a pessoa errada, já que suspeita que Ociclei seria o alvo dos homicidas.
Segundo informações repassada para a policia, a vitima reagiu e tentou pegar a arma de um dos bandidos. A polícia isolou o local até a chagada do IML para o resgate do corpo da vítima

Acrelândia News

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco