NOSSAS REDES

ACRE

Comerciantes de Cruzeiro do Sul esperam vender 50 mil quilos de peixe durante a Semana Santa

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na segunda maior cidade do Acre, o peixe é o alimento mais consumido durante o período da Semana Santa e os comerciantes se preparam para vender mais de 50 mil quilos de pescado nesse período. Para isso, os barcos pesqueiros, que desde de fevereiro viajam para cidades do Amazonas para abastecer o mercado, já começaram a chegar com várias espécies. Neste sábado pela manhã, uma embarcação com mais de 10 mil quilos de peixe chegou da cidade de Eirunepé (AM) com matrinxã, piau, pacu, surubim e outras espécies “Vai ter muito peixe para todo mundo nesse período. Além desse batelão, que chegou agora, já tinha chegado ontem um barco com paco e curimatã e ainda vai chegar mais. Não vai faltar peixe durante a Semana Santa”, garante o comerciante João Xavier Correia. Religiosidade A tradição de evitar a carne vermelha nesse período leva os consumidores a ter como base de sua alimentação o pescado. Com isso, alguns vão ao mercado com antecedência para procurar o peixe de qualidade e pesquisar o melhor preço, como é o caso do aposentado Roberto Holanda. “Peixe é não só na Semana Santa, mas como sempre procuro manter as tradições. Nesse período, no máximo que como é um frango e me alimento com minha família, principalmente, de peixe”, disse Holanda. Segundo o presidente da Associação dos Vendedores de peixe de Cruzeiro do Sul, Valdeci Santos, a maior parte do pescado que chega ao mercado é capturada nos rios da região. Outra parte é produzida por piscicultores. Ele afirma que a meta é alcançar o mesmo o volume de vendas do ano passado, quando foram comercializadas 51 toneladas. “O rio deu bastante água e esse ano temos uma maior quantidade de peixe chegando. Ainda estamos aguardando umas quatro embarcações carregadas e a população não deve se preocupar que vai ter bastante peixe”, garante. Com o aumento da oferta, o preço do produto já apresenta redução. Espécies, como piau e pacu, que custavam em média R$ 13 o quilo, estão sendo comercializadas a R$ 10. Mesmo assim, os vendedores reclamam que as vendas ainda estão baixas, mas acreditam que a procura dos consumidores deve aumentar já na segunda-feira (15). 

ACRE

Polícia Civil deflagra “Operação Mirante” em Rio Branco

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais de 30 quilos de drogas apreendidos durante a ação
A Polícia Civil deflagrou manhã desta quinta-feira (25) a “Operação Mirante”, implementada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes. Ao todo, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão, com 16 pessoas presas por tráfico e organização criminosa em Rio Branco.
De acordo com a polícia, cerca de 90 agentes trabalharam na operação que culminou na apreensão de 30 quilos de maconha e três quilos de cocaína pura, além de 64 pacotes de uma droga rara: o Skank. Muito consumida no centro-sul e sudeste do país, o Skank possui o princípio ativo da maconha.
Ainda durante a ação, os agentes conseguiram apreender 3 armas de fogo, munição, celulares, mais de 2 mil reais em espécie, balança de precisão e material para embalagem da droga.

INFORMAÇÕES DE Agazeta.net

Continue lendo

ACRE

Com todo efetivo nas ruas, operação da PM prende seis e apreende armas em cidades do AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na Operação Tiradentes, realizada durante 24 horas em cindo cidades do interior do Acre, a PM fez mais de 700 abordagens e 16 ocorrências. Na ação, que encerrou na manhã desta quinta-feira (25), os policiais apreenderam duas armas de fogo e conduziram seis pessoas para a delegacia.

A ação, realizada pelo 6º Batalhão da Polícia Militar (6ºBPM), foi realizada nas cidades de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. A operação faz parte de uma operação que marca o aniversário da Polícia Militar no Brasil. Nos cinco municípios acreanos, todo o efetivo da PM local foi empregado para combater as ações criminosas.

Foram 24 horas de abordagens em bares, ruas e em locais de alto índice de violência. As ações também se estenderam para comunidades rurais e ribeirinhas. Nas abordagens a motoristas, dois condutores foram levados para a delegacia ao serem flagrados dirigindo sem habilitação.

Por meio de informações anônimas, dois homens foram presos depois de serem encontrados com armas de fogo, uma delas de fabricação caseira. Ainda na operação, os policiais cumpriram um mandado de prisão e outro homem foi preso em flagrante depois de praticar um furto.

Todas as ocorrências foram registradas apenas em Cruzeiro do Sul. Nas outras cidades não houve nenhuma prisão e a operação ocorreu sem o registro de casos de violência.

Além das ações repressivas, os policiais também ministraram palestras nas escolas e promoveram atividades de orientação nas ruas das cinco cidades.

“Nossa avaliação é bem positiva. A operação nos deu a consciência do potencial que o batalhão tem com o emprego de todo seu efetivo e tornou o dia bem mais tranquilo nessas cidades com as ações preventivas e de repressão à criminalidade. Considerando que conseguimos evitar qualquer ocorrência de natureza mais grave nesse período”, avalia o representante do comando do 6º BPM, aspirante Robson Belo.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco