NOSSAS REDES

ACRE

Coronavírus: Ufac decide fechar os portões aos finais de semana para evitar aglomerações

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

UFAC suspendeu atividades acadêmicas por 15 dias e orienta trabalho remoto (‘home office’) a técnico-administrativos.

Um dos pontos mais procurados pelos acreanos aos finais de semana também foi fechado. A Universidade Federal do Acre (Ufac) anunciou, em comunicado oficial, na tarde desta sexta-feira, 20, que devido ao surto do novo Coronavírus (Covid-19) irá fechar as portas aos finais de semana para evitar aglomerações no Campus.

O local geralmente é usado aos finais de semana para fotos de chá de bebês, formaturas, e também para prática de esportes.

Em Nota, a Prefeitura do Campus (Prefcam) afirmou que a medida vale a partir deste sábado, 21, e seguirá enquanto durar a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas, conforme comunicado da Reitoria, considerando a pandemia da covid-19.

“A medida tem por objetivo proteger a população que intensifica a utilização do campus-sede como espaço de lazer sobretudo nos fins de semana, evitando possíveis contágios ocasionados pelo coronavírus. Será autorizada a entrada somente nos casos de serviço de limpeza e conservação predial, manutenção predial, execução de obra e servidores da Ufac de sobreaviso”, informou em Nota. Por Ac24horas.

Comitê da Ufac elabora protocolo de contingência para coronavírus.

O Comitê de Prevenção e Contenção do coronavírus (covid-19) no âmbito da Ufac reuniu-se na noite dessa segunda-feira, 16, para elaborar um protocolo com medidas práticas recomendadas à comunidade acadêmica que envolvem mudança de hábitos no dia a dia da instituição. O objetivo é evitar a propagação da doença no Estado. 

O protocolo foi elaborado por médicos e professores do curso de Medicina; abrange as três fases epidemiológicas de contágio e segue recomendações do Ministério da Saúde e do Ministério da Educação. O comitê é formado por profissionais da saúde e pró-reitores da Ufac e foi criado na última sexta-feira, 13, por decreto da Reitoria.

Segundo a reitora Guida Aquino a intenção é “achatar a curva” de infectados, evitando um pico que leve muitos doentes ao sistema de saúde público do Acre. “Essa é uma medida preventiva que visa ao cuidado com toda a comunidade acadêmica, nossos estudantes, professores, servidores técnico-administrativos e terceirizados”, disse. “Mesmo estando em uma fase epidemiológica sem casos confirmados, estamos nos antecipando para que possamos superar esse surto de forma tranquila, sem estressar o sistema de saúde.”

Entre as recomendações do protocolo estão medidas práticas que sugerem afastamento social, como banir o aperto de mão e abraços, sugerindo trocar por outro cumprimento e medidas de “etiqueta respiratória” com regras ao tossir e espirrar. Lavar as mãos com água e sabão ou álcool em gel também é recomendado.

Reitoria da Ufac publicou comunicado pelo qual divulga suspenção das atividades acadêmicas por 15 dias e orienta trabalho remoto (“home office”) a técnico-administrativos; o protocolo de contingência segundo as fases epidemiológicas também consta no comunicado.

Participaram da elaboração do protocolo o presidente do comitê, Fernando de Assis; o coordenador do curso de Medicina da Ufac, Mario Jorge Ferreira da Silva; o professor do curso de Medicina, Odilson Silvestre; e o médico da instituição e também professor do curso de Medicina, José Luna. Por UFAC.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat