NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Erosão muda trecho do Rio Juruá e navegações têm dificuldades de abastecer cidades no AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Um atalho provocado pela erosão em um trecho do Rio Juruá reduziu a extensão entre as cidades de Cruzeiro do Sul e Porto Walter, mas está impossibilitando a navegação de embarcações de grande porte e compromete o abastecimento de duas cidades do interior do Acre.

No local, depois que a erosão eliminou pelo menos cinco curvas do manancial, se formou uma forte de correnteza que inviabiliza a passagem de embarcações com cargas. Na terça (14), o rio estava com 6,63 metros, segundo o Corpo de Bombeiros.

Depois de cinco cheias em um período de menos de 6 meses, o rio formou um novo canal na altura do seringal Simpatia, a duas horas de Porto Walter, eliminando as curvas que davam uma extensão de mais de cinco quilômetros.

Com o leito em linha reta, o trecho da viagem diminuiu e a força da água dificulta a navegação.

Por conta disso, a maioria das balsas que abastecem as cidades de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo com diversos tipos de produtos suspenderam as operações e aquelas que tentam seguir em atividades, às vezes, não conseguem passar pelo local.

Uma empresa de construção que faz obras de calçamento de ruas na cidade de Porto Walter está há mais de uma semana tentando chegar ao município com uma balsa carregada com 160 milheiros de tijolos, mas não consegue ultrapassar o obstáculo.

“Já colocamos dois rebocadores com mais dois motores e não conseguimos passar. A correnteza está muito forte. Estamos esperando para ver se o rio sobe mais um pouco para ver se dá para a gente subir”, disse Cartejane Santos, representante da empresa.

Com a mudança de canal do rio, os navegantes temem que, se o manancial baixar ainda mais o nível, a navegação fique impraticável até para as embarcações de médio porte e as duas cidades que tem o rio como principal via de acesso fiquem isoladas.

“Ainda vai secar bastante e pelas voltas a gente não anda mais. Situação ainda vai se complicar muito porque onde abriu era um lago muito pequeno e estreito. As balsas grandes já não passam mais e a tendência é que com a vazante, nem batelões consigam passar o que pode provocar o desabastecimento dessas duas cidades até mesmo de alimentos”, alerta o comandante de uma embarcação, Elinaldo Correia

Cruzeiro do Sul

Explosão do barco em Cruzeiro do Sul completa um mês

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O delegado Lindomar Ventura, que investiga a explosão do barco ocorrida no dia 7 de junho, no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, disse que vai pedir mais prazo para conclusão do Inquérito Policial e o envio para o Ministério Público Estadual. Dos 18 feridos, 5 morreram, 3 permanecem internados e os demais tiveram alta.
Para o delegado, agora que os os feridos no incêndio estão tendo alta médica em Brasília e Goiânia e voltando para casa no Acre, ” ouvir todos os sobreviventes é fundamental para esclarecer os fatos”, cita ele, sem dar nova data para a conclusão do Inquérito.
Até agora o delegado já ouviu mais de 15 pessoas que estavam no local da explosão ou que tenham algum tipo de envolvimento no acidente e pretende escutar o máximo de sobreviventes da tragédia.
Ventura já concluiu que a explosão ocorreu enquanto o barco, com os passageiros dentro, era abastecido com 5 mil litros de combustível e que na hora houve o manuseio inadequado de uma bateria, o que produziu as faíscas que causaram a explosão.
O delegado também recebeu denúncia de que o verdadeiro dono do combustível seria um vereador de Marechal Thaumaturgo, Amadeus do PT.

Continue lendo

Cruzeiro do Sul

Empréstimo da prefeitura de Cruzeiro viabilizará obras essenciais no verão

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O prefeito de Cruzeiro do Sul Ilderlei Cordeiro (PP) garante que o empréstimo que conseguiu de R$ 15,5 milhões junto a Caixa Econômica Federal será totalmente investido na infraestrutura de Cruzeiro do Sul.

“Com esse recurso vamos solucionar o problema de 100 quilômetros de ruas da cidade. Todos os meses gastamos em torno de R$ 200 mil reais com o serviço de tapa-buracos. Tem lugares que em menos de um mês tem que ser refeita a pavimentação. É dinheiro jogado fora. Com esse projeto faremos um recapeamento definitivo nas ruas que demorarão anos para serem refeitos. Quem ganha com isso é a população. Isso vai melhorar a trafegabilidade na cidade,” destacou o prefeito.

Ele ainda argumenta que o pagamento do empréstimo não irá onerar os cofres do município. “As parcelas que vamos pagar do empréstimo são quase as mesmas que gastamos todos os meses com o serviço de tapa-buraco que não resolve o problema,” disse ele.

Questão política

Para fazer o empréstimo o prefeito Ilderlei precisa dos votos da maioria dos vereadores da Câmara Municipal. Ele alega que os seus adversários políticos estão politizando uma questão técnica que beneficiará a população. Mesmo porque as obras de infraestrutura precisam ser realizas ainda no verão de 2019.

“Se tem algum vereador que esteja sendo pressionado por políticos que se acham os donos dos mandatos dos vereadores é melhor refletir. Porque estará votando contra as melhorias do nosso município. Isso é um engano muito grande porque não estão preocupados com o melhor para o nosso município. O importante é deixar as nossas ruas transitáveis para a população,” desabafou.

Ilderlei atribui às desavenças com o ex-prefeito um posicionamento político que afeta alguns vereadores que podem votar contra obras essenciais para Cruzeiro do Sul.

“Se o ex-prefeito não conseguiu achar solução para os problemas das ruas da cidade na sua gestão eu achei na minha. Com obras de pavimentação de excelente qualidade e com bons preços que nos permitirão fazer muito mais com pouco. Por isso peço o financiamento com a consciência tranquila de estar fazendo o melhor para a população de Cruzeiro do Sul,” concluiu Ilderlei.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )