NOSSAS REDES

ACRE

Estatal de camisinha retomará produção, diz governo do Acre

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Retorno das atividades ocorreu após acordo com Ministério da Saúde.

O governo do Acre anunciou a retomada da produção na fábrica estatal de camisinha de Xapuri, que estava parada desde junho.

Segundo a gestão Tião Viana (PT), a volta das operações foi decidida após conversas sobre o valor da produção e o processo de entrega.

O preço pago pelo Ministério da Saúde, de R$ 0,14 por preservativo, era apontado como insuficiente para cobrir os custos da fábrica.

Agora, a pasta diz estar avaliando as informações de custo de produção para dar andamento ao processo de compra dos preservativos.

De acordo com o governo acriano, a Natex está com 5,5 milhões de camisinhas prontas para serem entregues e pode fabricar mais 48 milhões para atender a demanda.

Com isso, chegará a cerca de 20% do mercado de camisinhas distribuídas no SUS, principalmente aos estados da região Norte, a Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Em nota, o Ministério da Saúde disse que “a aquisição de qualquer medicamento ou insumos, como os preservativos, visa garantir o desenvolvimento nacional”, em atendimento ao artigo 3º da Constituição.

“Além disso, o processo busca o melhor custo e benefício, avaliação de preço de mercado, concorrência entre fabricantes, disponibilidade de fornecimento, qualidade do produto, além do custo do produto pela fábrica”, disse o ministério.

HISTÓRICO

Com o nome de Natex, a fábrica foi inaugurada em 2008 com investimentos do Ministério da Saúde, na gestão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do então governador Jorge Viana (PT). A administração ficou a cargo da Fundação de Tecnologia do Estado do Acre.

Localizada na terra do líder ambientalista Chico Mendes, a fábrica foi pioneira por utilizar látex de seringueiras nativas. A ideia é que ela gerasse renda à comunidade local, ao mesmo tempo em que abastecesse o programa nacional de distribuição de camisinhas.

O Ministério da Saúde comprometeu-se a comprar toda a produção, com capacidade anual de 100 milhões de preservativos (quase um quarto do total distribuído ao ano no país), o que por algum tempo de fato ocorreu. A quantidade adquirida, porém, despencou em meio a dificuldades financeiras do estado e a uma nova dinâmica na produção de matéria-prima.

Segundo a pasta, o contrato para o período de 2015 e 2016 previu 100 milhões de camisinhas. Já a compra mais recente, para fornecimento até 2017, foi de 41 milhões de unidades.

Em 2016, diante da crise financeira, o governo do Acre tentou privatizar a estatal, mas não houve interessados.

Neste ano, além da questão financeira, outro problema surgiu: a disponibilidade de látex nativo. Sem vender para a indústria, os seringueiros encontraram outro cliente que comprava a borracha sólida, menos trabalhosa para extrair do que o látex. Por Angela Pinho. Folha SP.

Acreanidades

FOTOS: Em Tarauacá, Secretaria de Assistência Social realiza atividades de entretenimento

SECRETARIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL REALIZA RUA DE LAZER EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DE TARAUACÁ

Nesta quarta-feira, 24, data comemorativa do aniversário de Tarauacá, continuam as atividades em comemoração aos 106 anos de Tk.

Hoje a Secretaria de Assistência Social está realizando, em beneficio às crianças, uma Rua de lazer. A atividade visa proporcionar à garotada muita diversão durante a comemoração de aniversário do município. 

As inscrições para a corrida Mirim e Juvenil iniciam a partir das 15h00min.

A Rua de Lazer conta com brinquedos inflamável, tipo pula-pula, centopéia, tobogã, e muitas outras brincadeiras, como corrida do saco, amarelinha, estourando o balão, cabra-cega, entre outras. 

Também será distribuído para as crianças um lanche, e será ofertada uma mini oficina de artesanato pelo Projeto Mulheres que Fazem.

Para a Secretária Deise Figueiredo, “esse momento é importante para as nossas crianças e mostra o carinho que temos com cada um”, disse a Secretária.

Continue lendo

ACRE

Em poucas horas, 13 pessoas já foram presas durante Operação Tiradentes no Acre

Lilia Camargo/ASCOM SEJUSP, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No final da tarde desta quarta-feira (24), a Polícia Militar divulgou os resultados parciais das ações realizadas pela instituição, durante a operação nacional “Tiradentes” deflagrada juntamente com o Corpo de Bombeiros em todos os municípios do Acre.

Iniciada nas primeiras horas da manhã, ela tem duração de 24 horas e até o final da tarde, já havia logrado êxito em prender treze pessoas consideradas em conflito com a lei.

A operação contou com o suporte de aproximadamente 500 homens nas ruas em todo o estado, incluindo o Corpo de Bombeiros e também teve o apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), com a utilização do helicóptero Harpia 01.

O resultado parcial informa que até as 17h, foram abordadas 1.748 pessoas a pé ou durante a utilização de veículo. Cento e quarenta e quatro ações educativas foram realizadas no trânsito. Outras 59 ações repressivas foram utilizadas e resultaram na prisão de onze suspeitos em flagrante e dois mediante cumprimento de mandado judicial.

Duas apreensões de arma de fogo foram registradas e pouco mais de 1kg de material entorpecente entre maconha e cocaína, além dos autos de infração de trânsito que geraram 72 ocorrências e remoção de 19 veículos ao pátio por irregularidade.

A operação continua até as 7h da manhã de quinta-feira (25), e os resultados oficiais a nível nacional, serão divulgados durante coletiva de imprensa no Comando Geral da Polícia Militar. Os resultados das ações geradas pelo Corpo de Bombeiros também serão divulgados pela instituição.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco