NOSSAS REDES

Segurança Pública

Exército faz operação nas fronteiras em busca de rotas de traficantes no interior do Acre

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Em mais uma etapa da operação Ajuricaba, homens do Exército fiscalizam a região da fronteira com o Peru em cinco municípios do interior do Acre. Além de mapear as rotas de entrada de drogas, as guarnições tentam evitar outros crimes fronteiriços.

A operação já está em andamento há mais de três meses e se concentra nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Porto Walter, Rodrigues Alves e Marechal Thaumaturgo.

Equipes do 61º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) percorrerem os rios e fazem incursões nas trilhas nas áreas de floresta, que são usadas por grupos criminosos que trazem droga do país vizinho.

“A gente procura fazer o monitoramento nas principais vias de acesso. Principalmente, na parte sul do rios Juruá e Amônia e na parte oeste do rio Moa e Azul com o patrulhamento e reconhecimento de alguns pontos”, afirmou o comandante do BIS, tenente-coronel Eduardo Lemos.

As equipes do Exército também fazem barreiras nas estradas e fazem revistas em veículos. Até o momento não houve apreensões e ninguém foi preso. Na primeira etapa da operação, um homem foi flagrado com droga e encaminhado para a PF.

Durante a operação, equipes do Exército também promovem ações de saúde para moradores de comunidades rurais e ribeirinhas. Nesta terça-feira (18), uma equipe de profissionais atendeu pacientes na comunidade Praia Grande.

“É muito importante a vinda dessa equipe aqui, porque se não a gente tem que ir para a cidade que, além de distante, muitas vezes não temos um bom atendimento”, disse o aposentado João Ferreira.

De acordo com o comandante do batalhão, a operação Ajuricaba, que teve início no mês de abril, não tem data para se encerrar.

CRIME

Homem de 55 anos é morto durante assalto no interior do Acre

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Raimundo Nonato Pessoa, de 55 anos, foi morto com um tiro de escopeta nas costas durante um assalto, na noite deste domingo (14), em sua propriedade no quilômetro 59 da BR-317, na zona rural de Brasileia, no interior do Acre.

Os criminosos saíram do local levando duas caminhonetes, uma espingarda e R$ 10 mil da vítima.

Conforme informações da Polícia Militar do Acre (PM-AC), quatro homens invadiram o local onde estava a vítima fatal e mais cinco pessoas. Após pegar o dinheiro, os criminosos atiraram contra Pessoa e estilhaços do tiro ainda feriram uma mulher nas costas.

O tenente José Carlos Mendonça, que atendeu a ocorrência, informou que quando a equipe chegou ao local, Pessoa já estava sem vida. A mulher foi socorrida e levada para o hospital da cidade. As outras quatro pessoas que estavam no local no momento do crime não foram feridas.

Prisões e dinheiro recuperado

Quatro homens foram presos em flagrante e um adolescente apreendido suspeitos de participação no crime. Com eles, a polícia encontrou cerca de R$ 12 mil e uma escopeta, que teria sido usada no latrocínio.

“Conseguimos pegar todos os infratores envolvidos e recuperar cerca de R$ 12 mil. Eles já estavam espalhados na cidade de Brasileia em suas casas, daí pegamos um que foi entregando os demais. O grupo foi levado para a delegacia de Polícia Civil. Ainda estamos fazendo as buscas pelos veículos”, informou Mendonça.

Um dos mandantes está preso na Bolívia

Ao G1, o delegado responsável pelo caso, Frederico Tostes, informou que dois homens teriam sido os mandantes do crime e quatro foram os executores. Dos suspeitos, os quatro executores foram localizados, assim como um dos mandantes. Um outro mandante está preso na Bolívia.

“Foram dois autores mentores e quatro executores. Todos eles foram flagranteados e um dos mentores está na penitenciária da Bolívia. Na verdade, foi tudo solucionado. Eles foram lá para roubar as caminhonetes e, por acaso, quando chegaram estava sendo feita a negociação de gado, em que a vítima estava fazendo um pagamento de R$ 10 mil referente à compra de 22 cabeças de gados”, contou o delegado.

Pessoa acabou sendo atingido por um tiro, segundo o delegado, porque ao ver os criminosos, correu para dentro de casa para tentar se defender.

“No momento em que os quatro autores chegaram assustando o pessoal que estava na varanda, dando tiros para o alto, a vítima tentou correr para dentro de casa para pegar a arma, mas recebeu o tiro pelas costas e faleceu. Então, a vítima realmente, tentou reagir”, afirmou Tostes.

Continue lendo

ACRE

Filho de Jornalista Ivan de Carvalho é executado com três tiros na cabeça, no João Eduardo

Ac24horas, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O filho do jornalista da Rádio Difusora Acreana Ivan de Carvalho, o jovem Loamim Leite da Silva, de 18 anos, foi executado com três tiros no final da manhã deste domingo (14) em um bar localizado na rua da Hosana, no bairro João Eduardo, em Rio Branco.
De acordo com informações do próprio pai, Luamir havia acabado de chegar no bar onde era acostumado a jogar sinuca com os amigos, quando dois homens não identificados chegaram ao local em uma motocicleta. Um deles entrou no estabelecimento de posse de uma arma de fogo, rendeu e mandou todos os clientes deitarem no chão e deu efetuou três tiros na cabeça de Loamim. O criminoso fugiu do local, tomando rumo ignorado. Os outros clientes saíram ilesos.
A ambulância do Samu foi acionada e ao chegar no local nada pode fazer pelo jovem que já se encontrava morto.
A área foi isolada pelo Policiais Militares do 3° Batalhão até a chegada dos peritos em criminalística.
O corpo de Loamim foi conduzido ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos e em seguida será liberado aos familiares para o velório.
O jornalista Ivan de Carvalho informou a reportagem do ac24horas, que o filho era trabalhador, não tinha inimigo e nem envolvimento com facção criminosa

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )