NOSSAS REDES

ACRE

Exército faz operação nas fronteiras em busca de rotas de traficantes no interior do Acre

PUBLICADO

em

Em mais uma etapa da operação Ajuricaba, homens do Exército fiscalizam a região da fronteira com o Peru em cinco municípios do interior do Acre. Além de mapear as rotas de entrada de drogas, as guarnições tentam evitar outros crimes fronteiriços.

A operação já está em andamento há mais de três meses e se concentra nos municípios de Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Porto Walter, Rodrigues Alves e Marechal Thaumaturgo.

Equipes do 61º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS) percorrerem os rios e fazem incursões nas trilhas nas áreas de floresta, que são usadas por grupos criminosos que trazem droga do país vizinho.

“A gente procura fazer o monitoramento nas principais vias de acesso. Principalmente, na parte sul do rios Juruá e Amônia e na parte oeste do rio Moa e Azul com o patrulhamento e reconhecimento de alguns pontos”, afirmou o comandante do BIS, tenente-coronel Eduardo Lemos.

As equipes do Exército também fazem barreiras nas estradas e fazem revistas em veículos. Até o momento não houve apreensões e ninguém foi preso. Na primeira etapa da operação, um homem foi flagrado com droga e encaminhado para a PF.

Durante a operação, equipes do Exército também promovem ações de saúde para moradores de comunidades rurais e ribeirinhas. Nesta terça-feira (18), uma equipe de profissionais atendeu pacientes na comunidade Praia Grande.

“É muito importante a vinda dessa equipe aqui, porque se não a gente tem que ir para a cidade que, além de distante, muitas vezes não temos um bom atendimento”, disse o aposentado João Ferreira.

De acordo com o comandante do batalhão, a operação Ajuricaba, que teve início no mês de abril, não tem data para se encerrar.

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS

WhatsApp chat