NOSSAS REDES

ACRE

Pesquisa aponta quase 29% dos jovens no Acre não trabalham e nem estudam

G1, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

De acordo com a Pnad divulgada na manhã desta quarta-feira (19), mais da metade dos acreanos de 25 anos ou mais ainda não concluiu a educação básica.

Quase 29% dos jovens do Acre, entre 15 a 29 anos, não trabalham e nem estudam, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) de 2018, divulgados nesta quarta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No Brasil, a média de pessoas nesta condição é de 23%. Nos dois casos, o índice se manteve estável em relação à pesquisa anterior, de 2017.

O problema é maior entre as mulheres. De acordo com a pesquisa, 36,8% das mulheres jovens do estado não têm emprego e não estão estudando. Entre os homens, a proporção é de 21,1%.

Educação básica

A pesquisa aponta que 58,8% dos acreanos de 25 anos ou mais ainda não concluiu a educação básica. O ciclo básico de aprendizagem termina quando o estudante se forma no ensino médio.

Em 2017, o percentual de acreanos nessa faixa etária sem educação básica era de 59,4%. Com isso, a pesquisa de 2018 aponta uma queda de 0,6 pontos percentuais (p.p.) neste índice.

Ainda de acordo com o IBGE, as pessoas com mais de 25 anos no Acre estudaram, em média, ao longo de 8,2 anos. Só 11,7% da população acreana na mesma faixa etária concluíram o ensino superior.

O número de acreanos de 15 anos ou mais que não sabem ler ou escrever se manteve em 2018, comparado ao ano anterior e registrou uma taxa de 12,1%.

Crianças na escola

Em relação aos públicos ainda em fase escolar, a Pnad aponta que 34,2% das crianças de 0 a 3 anos do estado estavam na escola em 2018 e que 92,4% das crianças de 4 a 5 anos estavam matriculadas no ano passado.

Entre o público de 6 a 14 anos, o índice de matriculados era de 98,2%. Dos adolescentes de 15 a 17 anos, 82,6% estavam na escola em 2018.

Taxa de escolarização por faixa de idade no Acre (%)
20,120,178,678,698,298,282,682,633330 a 3 anos4 e 5 anos6 a 14 anos15 a 17 anos18 a 24 anos0100255075125

4 e 5 anos
78,6
Fonte: IBGE, Diretoria de Pesquisas, Coordenação de Trabalho e Rendimento, Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua 2016/2018

Dados nacionais

A pesquisa mostra que 52,6% dos brasileiros de 25 anos ou mais não concluíram o mínimo de estudo esperado. A maior parte, 33,1%, não terminou nem o ensino fundamental. Outros 6,9% não têm instrução alguma, 8,1% têm o fundamental completo e 4,5% têm o ensino médio incompleto.

Na outra ponta, a da escolaridade completa, só 16,5% da população acima de 25 anos concluiu o ensino superior.

Os dados do IBGE apontam que a taxa de escolarização está acima de 90% entre a população de 4 a 14 anos, mas começa a cair entre aqueles que tem 15 anos ou mais.

O número de brasileiros de 15 anos ou mais que não sabem ler ou escrever um bilhete simples caiu 1,73% em 2018, comparado ao ano anterior, mas ainda soma 11,3 milhões de brasileiros analfabetos ou 6,8% da população.

ACRE

Motociclista morre ao ter cabeça esmagada por caminhonete em Rio Branco

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dois homens foram atropelados por uma caminhonete, neste fim de semana, em Rio Branco. Eldenir de Abreu, de 33 anos, morreu no local após ter a cabeça esmagada por uma das rodas do veículo.

A outra vítima, Amarildo Silva França, de 50 anos, teve ferimentos leves, de acordo com a polícia.

Segundo informou o comandante da Batalhão de Trânsito, tenente-coronel Roberto Marcos da Silva, o motorista do carro não foi identificado.

“O que aconteceu é que os indícios são de que uma caminhonete teria batido nos dois motociclistas que estavam na via, no sentido Centro, bairro Vila Ivonete. No momento do acidente, uma das rodas da caminhonete passou sobre a cabeça do rapaz, quando ele caiu no chão após o impacto”, disse.

As motocicletas estavam em movimento e seguiam na mesma direção que a caminhonete, de acordo com as informações da polícia.

O comandante explicou que foi feito um boletim de ocorrência e que a polícia deve investigar o caso e chegar a uma possível autoria do crime.

“Ali aconteceu um crime. Ocorreu um homicídio, a priori, na modalidade culposo, diferente da vontade de matar. A pessoa atropelou sem querer”, afirmou Silva.

Continue lendo

ACRE

Motociclista cai em cratera e fica ferido, em Vila Campinas

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na noite desse domingo (14) um motociclista acabou caindo numa cratera que fica na rua Itaquatiara, no Distrito de Vila Campinas, que fica cerca de 60 quilômetros de Rio Branco.

De acordo com a autonomia Euná da Silva, há meses eles buscam auxilio do Poder Público , mas até o momento, nada foi feito. “É uma situação difícil , já pedimos ajuda do prefeito, do secretário de obras. Enviamos vídeos, fotos… e até agora nada. Estamos abandonados.”

A moradora relatou ainda que a cratera fica na rua da escola São Luiz Gonzaga, o que gera risco para os estudantes que precisam passar pelo local.

Por telefone, falamos com o assessor da prefeitura de Plácido de Castro, responsável pelo Distrito, que ficou de dar um retorno sobre o caso ainda hoje.

AGAZETA.NET

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp OLÁ INTERNAUTA! : )