NOSSAS REDES

ACRE

Márcio Bittar pede fim do fundo de campanha depois de receber mais de R$ 1,5 milhão em recursos durante eleições

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Depois de eleito e ter feito sua campanha com apoio do aporte vindo do Fundo Eleitoral, o senador Márcio Bittar (MDB) parece está cuspindo no prato que comeu e, em uma de suas primeiras ações no Senado Federal, apresentou a PL 748/2019, propondo a extinção do Fundo Especial de Financiamento de Campanha.

A alegação de Márcio Bittar para a proposição é a de que o dinheiro público faz falta aos mais necessitados. Mas, ao que tudo indica, ele só percebeu isso depois que conquistou uma vaga no parlamento, já que o portal de Divulgação de Candidaturas e Contas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que Bittar recebeu R$ 1,5 milhão da reserva partidária.

Além de propor a extinção do fundo, Bittar quer mudanças também na cota de 30% de reserva de candidaturas e recursos para mulheres, colocando em risco a representatividade feminina na política nacional.

A reserva foi criada em 2017, pelo Congresso Nacional, em resposta a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) com intuito de proibir o financiamento privado de campanha.

Comentários

Comente aqui

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat