NOSSAS REDES

Cruzeiro do Sul

Ministério Público do Acre conhece soluções e ações da ONG CBCN sobre problemas dos lixões

Agência de Notícias do MPAC, via Acrenoticias.com

PUBLICADO

em

‘Se der certo, promete resolver os problemas dos lixões no Juruá e região’, diz representante do MP sobre ONG CBC. 

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), por meio do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural e Habitação e Urbanismo (Caop/Maphu), conheceu na ultima quinta-feira, 28, no município de Cruzeiro do Sul, um plano de redução de resíduos sólidos que promete gerar energia elétrica sustentável.

A iniciativa está sendo desenvolvida pela Prefeitura de Cruzeiro do Sul juntamente com o Centro Brasileiro para Conservação da Natureza e Desenvolvimento Sustentável (CBCN), ONG responsável pela coleta de lixo no município. Na oportunidade, o projeto foi apresentado, também, para os gestores municipais de Marechal Thaumaturgo, Mâncio Lima, Tarauacá e Rodrigues Alves.

 

A ação é fruto de trabalho realizado pelo projeto Cidades Saneadas, coordenado pelo Caop/Maphu e desenvolvido desde 2017, época em que firmou um termo de acompanhamento para o encerramento do lixão em Cruzeiro do Sul, o que motivou o município a buscar novas formas de fazer a gestão adequada de resíduos.

Segundo a chefe do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e Cultural e Habitação e Urbanismo (Caop/Maphu), Vângela do Nascimento, o MP Estadual, durante a reunião, fez vários questionamentos no sentido de tentar verificar a relação custo benefício e o sucesso da iniciativa.

“O Ministério Público vai continuar pesquisando e buscando mais informações seguras possíveis, porque é algo novo e diferente que, se der certo, promete resolver os problemas dos lixões no Juruá e região”, finalizou.

Com informações da Prefeitura de Cruzeiro do Sul.

Cruzeiro do Sul

Mutirão vai julgar mais de 620 processos relacionadas à violência contra a mulher no AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais de 620 audiências de processos relacionados à violência contra a mulher devem ocorrer durante a 14ª Semana Justiça pela Paz em Casa da Justiça do Acre. Há julgamentos marcados para Rio Branco, Xapuri, Tarauacá e Cruzeiro do Sul com casos de feminicídios.

A abertura da campanha ocorreu nesta sexta-feira (16) com representantes do sistema de Justiça e a população, no Centro Cultural do Tribunal de Justiça do Acre (TJ-AC), em Rio Branco.

O mutirão começa nesta segunda-feira (19) e se estende até a sexta (23). Do total de audiências, 317 vão ser julgadas na Vara de Proteção à Mulher da Comarca de Rio Branco. A Justiça destacou sete juízes para atuarem durante a semana.

Entre a programação, devem ser realizados oito júris de casos de feminicídios praticados em Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Xapuri e Tarauacá. As equipes devem ainda fazer palestradas em escolas e faculdades com o Projeto Conscientização pelo Enfrentamento à Violência Doméstica.

O objetivo da campanha é ampliar e efetivar os atendimentos da Lei Maria da Penha. A ação é do Conselho Nacional de Justiça realizada em todo país. Em 2019, esta é a segunda vez a que a Justiça acreana promove o mutirão de audiências.

Há ainda uma terceira ação marcada para ocorrer em novembro deste ano.

Continue lendo

CRIME

POLÍCIA MILITAR RECUPERA MAIS UMA MOTO ROUBADA NO VALE DO JURUÁ

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Polícia Militar, através do 6°BPM, no fim da tarde deste sábado (18), quando em patrulhamento no Ramal São Luiz avistou dois veículos saindo de um caminho na mata, ao verificarem encontraram alguns pertences jogados pelo chão, e adentrando até o fim do ramal onde encontrou uma moto escondida que pesava sobre ela a restrição de roubo. Tendo o apoia das demais guarnições de serviço. (GIRO, Trânsito…).

Polícia Militar nossa família serve sua família!

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?