NOSSAS REDES

ACRE

Motoristas de ônibus irão parar 100% nesta segunda (14) a favor do repasse de 2,4 milhões da prefeitura

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os trabalhadores afirmam que o dinheiro é para pagar salários, férias e 13° atrasados
Todos os motoristas de ônibus que trabalham para as três empresas de transporte coletivo que atuam em Rio Branco (Floresta, Via Verde e São Judas) vão cruzar os braços nesta segunda-feira, 14, em protesto pelo repasse de 2,4 milhões que vem tentando ser feito pela prefeitura da capital acreana. A informação foi confirmada pelos funcionários ao ac24horas e nenhum carro deve sair da garagem a partir das 4h40 de amanhã.

Os trabalhadores criticam a suposta “quebra de braço” que vem sendo tomada pelos vereadores da Câmara de Rio Branco em desfavor da prefeita Socorro Neri, indo contra o Projeto de Lei que tenta encaminhar o montante às empresas.

Ocorre que, o dinheiro que, segundo os motoristas, os vereadores não querem liberar, servirá, na verdade, para quitar dívidas das empresas de transporte coletivo junto aos funcionários. “Esse dinheiro é o subsídio escolar da passagem de R$ 1 real dos estudantes. Já tem aval dos órgãos fiscalizadores, mas os vereadores estão tentando impedir só para ir contra a prefeita”, disse um dos funcionários, que prefere não se identificar.

O protesto que promete parar 100% foi pensado pelos próprios motoristas, sem contato com o sindicato da categoria. “Temos férias, salários vencidos e 13° salário nem ouvimos falar. É para isso que esses 2,4 milhões vão servir. Tem empresa devendo dois meses já de salário, e essa quebra de braço só prejudica o funcionário. Nós que vamos estar sem dinheiro, nossos filhos que vão ficar sem nada no Natal”, completa.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat