NOSSAS REDES

ACRE

No Acre, detentos fazem greve de fome em seis presídios e exigem visita íntima a cada 15 dias

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Apenados em presídio de segurança máxima pedem acesso a televisão, rádio e ventilador. Iapen-AC diz que suspensão de visita e de ‘amigas’ e transferência de presos motivaram protesto.

Foto: Detentos fazem greve de fome em seis presídios e exigem visita íntima a cada 15 dias (Foto: Quésia Melo).

Detentos de seis presídios do Acre iniciaram, nesta segunda-feira (13), uma greve de fome. Os apenados exigem um tempo maior durante as visitas de familiares, visitas íntimas a cada 15 dias e a volta da visita de ‘amigas’ que ocorriam todos os finais de semana e agora são liberadas apenas uma vez por mês. As detentas também exigem que possam receber a visita dos maridos.

Além disso, os chefes de facções que cumprem pena no Regime Disciplinar Diferenciado (RDD) no Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro, em Rio Branco, também pedem acesso a televisão, rádio e ventilador. As informações foram confirmadas pelo diretor-presidente do Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen-AC), Aberson Carvalho.

“Todos os atendimentos que são feitos a eles [presos] estão dentro das determinações exigidas pela Vara de Execuções Penais. Alguns chefes de facções foram transferidos para o presídio de segurança máxima e esse é o principal fator que ocasionou isso e também a suspensão da visita das ‘amigas’. Essas amigas são pessoas indicadas que eles têm uma relação e não é para ser uma visita íntima, mas quando suspendemos acabou gerando todos esses efeitos”, explica Carvalho.

Os apenados também reclamam das medidas estabelecidas pelo Iapen-AC como a transferência de chefes de facções para o RDD, permuta de presos entre unidades que já têm novas vagas disponíveis após reformas, além das constantes revistas realizadas nas unidades por agentes penitenciários.

Presos também decidiram fazer greve de fome no presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul  (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)

Presos também decidiram fazer greve de fome no presídio Manoel Neri, em Cruzeiro do Sul (Foto: Adelcimar Carvalho/G1)

Além do Antônio Amaro, a greve de fome também foi deflagrada nas unidades Francisco d’Oliveira Conde e Unidade Feminina, em Rio Branco. No interior, os detentos também aderiram ao protesto no Presídio Evaristo de Moraes, em Sena Madureira, Moacir Prado, em Tarauacá e Manoel Néri, em Cruzeiro do Sul.

A Unidade Prisional 4, em Rio Branco, Unidade Prisional de Feijó e Unidade Prisional do Quinari (UPQ), no município de Senador Guiomard, não aderiram ao protesto.

Ainda conforme Carvalho, os presos também solicitam que a parte de visita dos filhos seja de 15 em 15 dias, que também é uma vez por mês.

“Então, estamos falando mais especificamente de três coisas, os chefes de facções cumprindo pena na segurança máxima, situação da visita das ‘amigas’ e implantação de procedimentos como as revistas nas unidades. Estamos cientes de que os direitos deles estão sendo cumpridos. Porém, não podemos ficar a mercê de reeducandos que precisam cumprir as penas, é claro, respeitando a legislação vigente”, finaliza. G1Ac.

ACRE

Tentativa de assalto deixa um morto e outro ferido no Belo Jardim

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na noite desta segunda-feira (19) uma tentativa de assalto no bairro Belo Jardim deixou um criminoso morto e outro ferido.

Um dos suspeitos era Anderson Ferreira da Silva que foi alvejado na região do tórax e morreu ainda no local. O outro, um menor identificado como W.A.L levou um tiro na coxa esquerda e foi encaminhado para o Pronto Socorro de Rio Branco.

A vítima da tentativa de assalto que reagiu e baleou os assaltantes não teve sua identidade revelada por motivos investigatórios e logo foi encaminhado à delegacia onde prestará depoimento sobre o ocorrido.

DIARIO DO ACRE

Continue lendo

ACRE

Mercado na cidade de Cobija na Bolívia pega fogo no inicio da manhã

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na manhã desta segunda feira dia 19, por volta das 6h aconteceu um incêndio de grandes proporções na cidade de Cobija Bolívia, Na Av. 9 de Fevereiro onde acontece a feira municipal aos sábados e são lojas bem próximo uma das outras.

Devido a rápida propagação do fogo as autoridades boliviana pediram apoio aos Bombeiros do 5° Batalhão CBMAC no Alto Acre que de imediato foi autorizado pelo comandante uma guarnição para prestar apoio aos Bombeiros bolivianos os quais também já deram apoio ao Brasil quando teve um incêndio na Palhoça e uma outra vez em uma Residência. Com a rápida atuação dos Bombeiros bolivianos e brasileiro foi possível debelar o incêndio, foram 5 lojas atingidas pelo fogo.

ECOACRE

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?