NOSSAS REDES

BRASIL

Receita Federal apreende quase uma tonelada de cocaína no Porto de Paranaguá

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A droga estava escondida em meio a uma carga de feijão que iria para a Espanha.

Na manhã do dia 29 de junho, após ações de rotina, a Seção de Vigilância e Controle Aduaneiro (Savig) da Alfândega de Receita Federal em Paranaguá apreendeu 857 kg de cocaína que estavam ocultos em um contêiner com destino o porto de Algeciras, na Espanha.

A fiscalização desconfiou de sinais de adulteração de cargas em razão de haver feijões espalhados pelo chão em uma área no Terminal de Contêineres no Porto de Paranaguá. Através de pesquisa nos sistemas informatizados localizou e escaneou alguns contêineres que continham carregamento de feijão para exportação.

Para um destes contêineres a suspeita de contaminação com droga se confirmou. Após sua abertura, constatou-se que os tabletes de cocaína estavam próximos à porta do contêiner, o que indica o uso do método rip-on/rip-off, ou seja, inserção da droga clandestinamente no contêiner pouco antes do embarque à revelia do dono da carga.

A droga foi avaliada em cerca de R$ 40 milhões, sendo que no mercado consumidor pode render aproximadamente R$ 120 milhões. Somente no mês de junho ocorreram três apreensões de cocaína no porto de Paranaguá, totalizando 2.128 kg da droga.

A droga foi encaminhada para a Polícia Federal que seguirá com as investigações.

Outras informações poderão ser obtidas com o delegado adjunto da Alfândega da Receita Federal em Paranaguá, auditor-fiscal, Luciano do Carmo Andreoli, pelo telefone (41) 3420-4700. Por Receita Federal.

Clique AQUI e veja o vídeo sobre as apreensões

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Dia C: Sicoob Acre entrega mais de dois mil kits em comunidades carentes da capital e interior do Estado

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Apesar da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no estado, a Cooperativa de Créditos e Investimentos do Acre (Sicoob Acre) participou neste sábado, 4, do Dia de Cooperar, ou Dia C, atividade desenvolvida pela Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB). Direcionada em ações de combate à doença neste período, a instituição financeira entregou de forma gratuita mais de dois mil kits de higiene e proteção, com máscaras e álcool em comunidades carentes da capital e interior.

Celebrada sempre no segundo sábado de julho, a data este ano tem como tema “Atitude simples movem o mundo” realizada nos 26 estados brasileiros, além do Distrito Federal. No estado, a ação do Sicoob Acre atendeu diversos bairros de Rio Branco, Acrelândia, Brasileia e Cruzeiro do Sul. Para evitar aglomerações, as entregas foram feitas pelos próprios colaboradores da entidade de forma individual nos bairros em que eles moram e os próximos.

O Dia C é marcado por diversas ações focadas na responsabilidade social em áreas da saúde, educação, lazer e meio ambiente promovidas pelos sete ramos de cooperativismo atuantes no país, incluindo o cooperativismo de crédito. A ideia é transformar a realidade social de milhares de comunidades por meio da prestação de serviços. Neste ano, as iniciativas já praticadas pelo Sicoob Acre foram ligadas ao novo coronavírus com estímulo a continuidade delas mesmo após o evento.

Presidente do Sicoob Acre, José Generoso explica que duas etapas foram desenvolvidas. “Cooperação Vem à Casa” e “Pilares e Atuação com o Compromisso Social” reuniram todas as cooperativas do estado para desenvolver iniciativas como arrecadações de alimentos e doações financeiras para atender pessoas carentes, além de ajudar instituições do ramo que tenham sido afetadas e correm risco de extintas com direcionamento para os colaboradores e seus familiares.

“O maior compromisso do Sicoob Acre não é o lucro, mas sim ofertar um retorno social positivo e concreto nas comunidades onde estamos inseridos. Neste ano, distribuímos kits de proteção com álcool em gel e máscaras. Também ofertamos orientações de como prevenir a doença em casa e outros ambientes. Abraçamos a causa do Dia C desde a primeira edição como forma de contribuir com a população, isso me deixa muito realizado e feliz”, relata Generoso.

Continue lendo

BRASIL

826.866 pessoas já se curaram do coronavírus desde o início da pandemia no Brasil.

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Os dados atualizados divulgados hoje à noite pelo Ministério da Saúde indicam que 826.866 pessoas já se curaram do coronavírus desde o início da pandemia no Brasil.

Em breve publicaremos novos dados.

Fonte Ministério da saúde:
https://saude.gov.br

Continue lendo

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias