NOSSAS REDES

ACRE

URGENTE: Em Tarauacá, polícia prende ladrões ‘especializados’ no crime de abigeato; entenda

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

CRIMINOSOS FURTAVAM GADO DOS PRODUTORES, MATAVAM E COMERCIALIZAVAM NA CIDADE.

A prática criminosa ocorria no município de Tarauacá, interior do Acre.

Policiais Militares receberam um telefona de um pequeno produtor rural do Seringal Estirão da Cruz no Rio Tarauacá, dando conta de que criminosos estavam atirando e abatendo gado de sua propriedade. 
.
Antônio José (46 anos), contou à polícia que ao chegar do trabalho em sua colônia, encontrou sua residência arrombada e que vários bens de sua propriedade haviam sido furtados. Em seguida ouviu tiros e foi se socorrer na casa de um vizinho.
.
Logo observou que se tratava dos “piratas do rio” que estariam aterrorizando os ribeirinhos, matando gado, transportando em barcos e comercializando na cidade. Era por volta das 21 horas desta quinta feira quando Antônio decidiu descer até a cidade para mobilizar ajuda.
.
https://i2.wp.com/4.bp.blogspot.com/-2ZhiRpM7av8/XJ5PUmndgcI/AAAAAAAB2NA/-V85VgAW9xAiSV3sU9CE60kzwQwfQpDDwCEwYBhgL/s1600/piratassss.jpg?resize=740%2C556&ssl=1
.
A policia Militar montou uma campana às margens do Rio Tarauacá, na regão do pontão Petromelo e depois de mais de duas horas de espera, prendeu em flagrante os membros da quadrilha com a mão “na massa”.  
.
https://i1.wp.com/3.bp.blogspot.com/-yfPzlBiTrI4/XJ5PUiwCXHI/AAAAAAAB2NM/lx2ovIb3LBofpeHbgBXdq_qUrxV5RDBrACEwYBhgL/s1600/pitatalalalal.jpg?resize=740%2C556&ssl=1
.
Os “piratas” se deslocavam até a cidade para comercializar a carne, quando foram surpreendidos pela polícia. Alguns quiseram correr, mais, não escaparam do cerco e foram presos. No interior do barco e nas residências dos acusados, os “homens da lei” encontraram o material usado no abate dos animais além de armas de fogo, terçados, motor serra, motores de rabeta, etc.
.
Os “piratas” foram identificados como Uires do Nascimento Gomes, 18 anos, José Carlos Santos, 18 anos, Maikon de Lima, 28 nos e Neirivania de Lima, 22 anos. Um deles contou à polícia que a carne seria vendida para o proprietário de um açougue no Bairro da Praia. Muito produtores, vítimas desse grupo estavam vivendo com muito medo dessa ação criminosa. 
.
https://i0.wp.com/2.bp.blogspot.com/-laXAUStGox0/XJ5Pg8mEL4I/AAAAAAAB2NI/LvZDFbOaksoQjRg5BnJD1dhfNLqZAcugQCLcBGAs/s1600/piratas.jpg?resize=740%2C556&ssl=1
.
Todos foram entregues na Delegacia de Polícia do Município e estão sendo interrogados pela equipe do delegado Valdinei.
.
O QUE É O CRIME DE ABIGEATO
.
Abigeato é uma espécie de crime de furto que envolve a subtração de animais, principalmente domesticados, como animais de carga e animais para abate, no campo e fazendas. A captura de animais selvagens normalmente não é associada com o mesmo tipo penal.
.
Em outras palavras, é crime de furtos envolvendo animais do campo, destacando entre esses o gado. Tem por característica o fato de ser sempre praticado durante o período noturno, haja vista que a escuridão ou a pouca vigilância acaba por facilitar a execução do delito e também tornar difícil a identificação do agente praticante.
.
Por Acre.com.br, com informações do BlogdoAccioly.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat