NOSSAS REDES

ACRE

“Vamos abrir o comércio. Mas não vamos abrir de qualquer jeito”, diz Zequinha Lima em reunião

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Em reunião com representantes do comércio, das igrejas e classes dos taxistas, mototaxistas e do transporte, o prefeito Zequinha Lima reafirmou a decisão da gestão de abrir o comércio, também aos fins de semana. O encontro aconteceu na manhã dessa quinta-feira, 22, no Centro de Iniciação ao Esporte (CIE).

O principal argumento do prefeito, para defender a abertura, é a redução do número de novos casos, de óbitos e, também, o baixo número de cruzeirenses na UTI.

“Quando fiz o gesto de anunciar a abertura, não foi por política. Foi baseado nos números e nos dados que temos. Cruzeiro do Sul, pelas próprias regras do comitê da Covid-19, tem total condição de sair da faixa vermelha” . E seguiu: “Juntos, nós conseguimos reduzir os casos! A sociedade entendeu e ajudou. E agora, não é justo que estejamos na mesma faixa que cidades que estão com sistema de saúde a beira do colapso. É preciso analisar individualmente os municípios, sob pena de aumentar ainda mais a miséria e o desemprego”, disse o gestor”. E falou também: “Vamos abrir o comércio, mas nunca faríamos isso de qualquer jeito. A pandemia não acabou e nada é mais importante que a vida. Por isso, vamos redobrar os cuidados sanitários e desenvolver uma forte campanha educativa para auxiliar nossa população. A luta contra a Covid-19 segue sendo prioridade e temos certeza que a flexibilização é apenas reflexo dos números que temos. Em momento nenhum vamos desrespeitar isso. Tanto que estamos conversando bastante com o governo, com o judiciário e com os comerciantes, trabalhamos sempre com o diálogo, finalizou Zequinha Lima”.

Para o presidente da Associação Comercial do Juruá, Luiz Cunha, existem duas “guerras” sendo travadas: “Estamos travando duas guerras, uma contra a Covid-19 e outra contra a fome e a miséria. Por isso, temos que ter equilíbrio na hora de impor restrições. E se os números estão melhorando, precisamos pensar no comércio e nas pessoas que tanto precisam”. E continuou: “Queria parabenizar o prefeito Zequinha, por encarar a realidade de frente e chamar para o diálogo”, disse Cunha.

Para o bispo de Cruzeiro do Sul, Dom Flávio Giovenale, as duas lutas citadas por Luiz Cunha, se resumem em uma só: “É verdade, temos duas lutas. Mas elas se resumem em uma coisa só: a vida!” E o Bispo seguiu: “Me parece que não estão considerando a melhora que tivemos aqui em Cruzeiro do Sul. Eu penso que à cidade deve fazer uma abertura sim, mas com muito cuidado para que não aconteça uma terceira onda. Os cuidados têm que ser ainda maiores, se abrirmos o comércio” E finalizou: “Nota 10 para o trabalho do prefeito. Só peço que a gente não se descuide. Podemos abrir, mas com muito cuidado”. Disse Dom Flávio.

Para o pastor Carlos Mariano, as igrejas precisam reabrir, pois são um reforço espiritual para a população: “Parabéns ao prefeito pela iniciativa. Nós das igrejas, somos a favor de todos os cuidados para prevenir contra a Covid-19, mas devemos abrir para cuidar das pessoas. A igreja é um pronto-socorro espiritual e ajuda em questões importantes junto à sociedade, ainda mais nesse momento tão complicado”, disse o pastor.

Dados COVID-19 de 21 de março a 21 de abril

Casos positivos

Dia 21 de março – 20 casos positivos

Pico ocorreu no dia 23 de março com 48 casos positivos

Dia 18 de abril- nenhum caso registrado

Dia 21 de abril – 08 positivos

Internações clínica médica

-Internações de todos os municípios no dia 21 de março- 51 pacientes na clínica médica

-Pacientes de Cruzeiro do Sul na mesma data – 25 pessoas

-Internações dos municípios do Juruá dia 21 de abril- 42 pacientes

-Pacientes de Cruzeiro do Sul- 19 internados

Internações em UTI

-Pacientes em UTI de todos os municípios do Juruá 21 de março – 19 pacientes

– Internações de Cruzeiro do Sul – 07 pessoas

-Pacientes em UTI geral dia 21 de abril – 14 internados

-internações de Cruzeiro do Sul – 03 pacientes

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat