NOSSAS REDES

BRASIL

Xiaomi vai abrir nova loja e estuda fabricação no País

Redação do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Dois meses depois de abrir sua primeira loja física no Brasil – que recebeu 5 mil fãs durante a inauguração -, a fabricante chinesa de smartphones e eletrônicos Xiaomi segue com planos de expansão no País. A empresa aumentará o portfólio de produtos, promete uma nova loja até o fim do ano e cogita até mesmo abrir uma fábrica de smartphones nacional.

Ainda não há data para a inauguração da nova loja, mas a empresa afirma que ela sairá do papel até o fim do ano. “Há intenção em expandir a operação de lojas físicas no Brasil e até o fim do ano teremos uma nova loja”, diz Luciano Barbosa, diretor de produtos da Xiaomi no Brasil, em entrevista ao Estado.

Foi a primeira vez que o executivo falou com a imprensa – ele não revelou onde o segundo ponto de venda será instalada. Pode, inclusive, ficar fora do Estado de São Paulo. “Existe demanda muito maior do que é suportado em uma loja. Temos intenção de aumentar ainda mais a quantidade de unidades.”

Atualmente, a única loja física da Xiaomi no País fica no Shopping Ibirapuera, em São Paulo. Desde sua inauguração, em 1.º de junho, a movimentação de fãs, especialmente nos finais de semana, é alta. A administração do shopping exige que a marca organize filas para que os clientes da marca visitem o espaço.

Para Carlos Rafael Neves, professor de tecnologia da ESPM, o boca a boca é responsável pelo grande movimento. “Esse tipo de loja vende mais que um produto: vende um conceito e atesta capacidade técnica”, afirma.

Mais celulares. Antes de abrir a nova loja, porém, a Xiaomi aumentará o portfólio de produtos disponíveis para os consumidores do País. Neste mês, a fabricante vai trazer três novos smartphones ao País: o Mi 9T, o Mi A3, e também o Redmi 7A – modelo com custo menor, que deve agradar o brasileiro. Ainda em agosto está confirmada a chegada da pulseira inteligente Mi Band 4.

Em setembro, a marca está programando lançar uma linha de lâmpadas inteligentes. O objetivo é ampliar o portfólio para 200 produtos até o fim do ano – a empresa chegou no Brasil com 100 modelos de aparelhos, e hoje já soma 170. Além de smartphones e lâmpadas, a marca vende patinetes elétricos, escovas de dentes inteligentes e outros itens tecnológicos.

O plano é dar mais opções de celulares aos consumidores. “Nesses meses no Brasil percebemos que o brasileiro tem interesse por modelos variados”, afirmou Barbosa.

Fábrica. A expansão faz a marca pensar em abrir uma fábrica no País – atualmente, os produtos vendidos aqui são importados. “Estudaremos o projeto nos próximos meses”, diz ele.

O plano pode ser positivo, segundo Neves. “Uma fábrica permite que a empresa faça adaptações no para o mercado nacional, como, por exemplo, diminuir a memória do celular para deixá-lo mais barato”, afirma.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

Vídeo mostra afogamento de homem em rio do interior do Acre

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

No interior do Acre, um homem morreu afogado neste final de semana, durante pescaria no rio que banha o município, segundo vídeos e informações que circulam em grupos de Whatsapp.

No vídeo, gravado por uma das pessoas que estavam à beira do barranco, o jovem pescador atravessa “à nado” o rio bastante caudaloso e remansoso até a outra margem. Em seguida, durante a natação de retorno é pego por um forte remanso e não consegue concluir a travessia.

As pessoas que estavam presentes no momento do fato, nada fizeram para salvar o rapaz. Mais notícias a qualquer momento. 

Veja os vídeos:

 

 

 

Continue lendo

ACRE

Namorado de estudante que transmitiu suicídio ao vivo em 2017 tira a própria vida em Rio Branco

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Em julho de 2017, a cidade de Rio Branco se viu perplexa com o caso da jovem estudante Bruna Andressa Borges, de 19 anos, que transmitiu seu suicídio ao vivo em uma rede social. A comoção foi ainda maior quando o pai e a mãe da jovem em um ato de extremo desespero também cometeram suicídio alguns dias depois.

Mais de dois anos após os tristes episódios, Thiago da Silva, de 20 anos, que era namorado de Bruna, foi encontrado sem vida na casa onde morava no bairro das Placas, na capital acreana. Todos os indícios apontam para um suicídio. A polícia não deu mais informações sobre o caso.

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Advogados Online