NOSSAS REDES

Manoel Urbano

Colono é morto a tiros de espingarda na estrada de Manoel Urbano

Senaonline.net, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O colono foi morto com a própria arma

O colono José Francisco Silva de Melo, 32 anos de idade, que morava no ramal Oriental, km 45 da estrada de Manoel Urbano, sentido Sena Madureira a Manoel Urbano, foi morto a tiros de espingarda na última quarta-feira.

A informação foi confirmada hoje tanto pela Polícia Civil como também pela Militar. O autor do crime já foi identificado, mas sua identidade está sendo preservada para não atrapalhar no andamento das investigações.

De acordo com relatos de uma testemunha, vítima e criminoso vinham discutindo há alguns dias por motivos banais. Na data do crime, a vítima chegou à casa dessa testemunha à cavalo, afirmando que iria matar o autor do crime, ainda chegou a efetuar um disparo. Em ato contínuo, os dois começaram uma luta corporal e o autor da morte tomou a espingarda de José Francisco. Significa que o colono foi morto com a própria arma.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram o corpo da vítima com tiro no rosto e nos braços.

O próprio delegado Marcos Frank foi ao local do crime para colher as informações e tentar prender o homicida, porém, isso não foi possível, pois o mesmo havia se evadido do lugar e provavelmente está embrenhado na mata. Mesmo assim, a Polícia está atenta e pede ajuda dos moradores para repassar as informações sobre seu paradeiro.

Por ser um local de difícil acesso, o corpo foi transportado em um quadriciclo até a margem do ramal e em seguida colocado em um carro para ser encaminhado ao IML de Rio Branco.

Sena Online

ACRE

Em Manuel Urbano, Professores não recebem há 3 meses e cogitam parar atividades

Alerta Acre, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Professores provisórios do município de Manoel Urbano, que realizaram o concurso da Secretaria Estadual de Educação (SEE) este ano, denunciam que estão há 3 meses sem receber seus salários. Eles cogitam paralisar as atividades escolares caso não recebam.
Segundo informações os professores começaram a trabalhar no dia 22 de fevereiro, e até hoje esperam pelos respectivos salários dos dias trabalhados em fevereiro, e dos meses de março e abril.
“Até hoje nada de pagamento, segundo os comentários no núcleo daqui, não vamos receber ainda”, disse o professor. Ele ainda complementa dizendo mesmo com o descaso, a categoria continua trabalhando.
O núcleo da Secretária Estadual de Educação em Manoel Urbano informou que os professores provisórios do município terão seus salários de março, abril e maio pagos somente no mês de junho.
Os professores disseram que caso o pagamento não seja efetuado, a categoria vai paralisar as atividades. “Por mim, já teria parado tudo, mas se batermos de frente com o núcleo, podemos sair prejudicados”. 

Continue lendo

CRIME

Mulher que aplicou golpe da CNH em Manoel Urbano é condenada a 28 anos de cadeia

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

 

A Justiça do Acre condenou uma mulher a 28 anos e dois meses de cadeia por ter aplicado o “golpe da CNH” em treze moradores de Manoel Urbano.

A acusada também deverá pagar indenização mínima para todas as vítimas. O valor total das indenizações é R$ 19.400, mas cada uma das 13 pessoas lesadas receberá a quantia que comprovou ter tido de prejuízo.

Conforme é relatado, a denunciada ofereceu serviço de autoescola para população local. As vítimas começavam o curso de formação, mas a acusada não iniciava os processos de habilitação ou pagava as taxas necessárias junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran). “A conduta e o delito praticados pela acusada extrapolam o que normalmente acontece no crime em questão, pois a conduta foi realizada numa cidade isolada, o que torna os moradores dependentes da idoneidade dos prestadores de serviço”, diz a juíza de Direito Ana Paula Saboya em sua sentença.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco