NOSSAS REDES

BOM EXEMPLO

Conheça 5 lições essenciais sobre independência financeira

PUBLICADO

em

Aprenda a organizar melhor o seu dinheiro para alcançar suas metas!

Ter uma vida financeira estável é o objetivo de muitos, além claro de poder se manter sem dificuldades e conquistar a tão sonhada independência financeira.

Por outro lado, a grande maioria acredita que a tal independência é um desejo distante, principalmente se estiver enrolado em uma situação de inadimplência e com o nome em restrição.

Mas saiba que, com foco e determinação, é possível mudar a realidade e aprender a controlar seu orçamento mensal para evitar apertos.

Especialistas em economia apontam que o diferencial é saber fazer escolhas inteligentes, pois é possível se livrar das dívidas através de um bom planejamento e chegar à independência financeira sem precisar fazer grandes sacrifícios. Confira!

Livre de dívidas

Antes de pensar em investir em novos projetos, é preciso limpar seu nome e se livrar de todas as dívidas em atraso. Você pode estar preso em uma bola de neve, com contas em aberto a se perder de vista e com juros altíssimos que só aumentam, mas ainda assim existe uma solução. Que é o planejamento!

Liste todas as dívidas que você tem, entre em contato com os credores e verifique os valores atuais. Então, uma por vez, tente negociar os pagamentos. Avalie tanto as condições que forem oferecidas para quitação à vista ou parcelamento.

Aprenda a poupar

Antes mesmo de pagar todas as dívidas é importante começar a poupar seu dinheiro, tenha em mente que economizar sempre é a melhor alternativa. Compre de maneira responsável e antes de qualquer coisa, avalie se o investimento está sendo motivado por um desejo ou uma necessidade.

Desejo: viu em uma vitrine (física ou online) um produto ou serviço que agradou aos olhos e por isso desejou comprar. Mas, não existe uma necessidade certa para aquilo e o uso pode ser temporário ou até nulo. Seria uma compra motivada pelo impulso do desejo e emoção do momento.

Necessidade: quando existe uma real precisão daquele produto ou será um bom investimento que poupará gastos no futuro.

Além de definir se a compra é um desejo ou necessidade, também é preciso se atentar às formas de pagamento. O ideal é sempre pagar à vista e evitar parcelamentos, para não entrar em novas dívidas.

Poupar uma parte do salário antes de começar a consumir, vai levar você a conquistar a independência financeira. Faça reservas e deposite na poupança valores mensais, que vão ficar lá rendendo e também estarão disponíveis para saque imediato, caso aconteça uma emergência.

Mude seus hábitos de consumo

Controlar o consumismo é o primeiro passo, evite gastos supérfluos e poupe sempre que conseguir. Mas também não adianta criar um planejamento em cima de metas radicais, pois pode ser que não consiga manter esta economia por muito tempo.

É preciso ter sabedoria e conhecer seu perfil de consumidor para criar o plano ideal para você. O que funciona para uma pessoa pode não ser o melhor para outra, então personalize seu orçamento mensal, levando em consideração o seu lazer.

Por exemplo, se você gosta de ir ao cinema, restaurantes e barzinhos, não há necessidade de cortar tudo de uma vez, apenas diminua a frequência das idas. Vá no máximo uma ou duas vezes ao mês.

Onde investir dinheiro?

Menos de 15% dos brasileiros têm o costume de fazer reservas com seu dinheiro, e menos pessoas ainda costumam aplicar essas economias em investimentos. Uma pesquisa recente, que foi realizada pela Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) com o apoio do Datafolha apontou que apenas um terço da população conhece algum tipo de produto de investimento oferecido pelas instituições financeiras do país.

Especialistas afirmam que apenas economizar não é o suficiente para conquistar a independência financeira, é preciso saber investir o dinheiro adequadamente para que ele possa trabalhar por você.

Busque informações sobre investimentos no mercado financeiro, como um investidor iniciante compare e diversifique as aplicações. Com uma orientação profissional, observe três questões importantes: o risco do investimento, a liquidez (que é a facilidade de saque da receita) e o rendimento.

Como ganhar mais?

Neste momento seu salário supre todas as suas necessidades? Mesmo que a resposta seja positiva, é importante ter em mente que para alcançar a independência financeira é preciso ganhar mais dinheiro. Como? Ter mais de uma fonte de renda é a solução.

Além de economizar e saber investir em aplicações, é preciso diversificar seu fluxo de receita. Crie novos negócios, que vão lhe trazer uma renda extra, como venda de produtos e serviços.  

Pensando nisso, uma ótima alternativa também seria a contratação de um empréstimo com garantia de imóvel. Os microempreendedores e pequenos empresários o enxergam como uma oportunidade de investir em seu capital de giro e em tudo que precisam para dar início às suas atividades. Com o valor é possível fazer a compra de materiais, máquinas e equipamentos, contratar pessoal etc.

Há também no mercado outras modalidades de empréstimo que são super vantajosas, como o empréstimo para bpc. Mas não se preocupe, se você ficou curioso sobre o assunto, basta dizer ‘ok google’ ao seu celular e dizer o que deseja saber, incrível não é mesmo?

Comentários

Comente aqui

Área do Leitor

Receba as publicações diárias por e-mail

REDES SOCIAIS

MAIS LIDAS