NOSSAS REDES

ECONOMIA

Deputado questiona postos não baixarem preço do combustível quando valor do petróleo diminui

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Durante sessão realizada nesta quarta-feira (23), o deputado Jesus Sérgio (PDT) declarou que o preço do combustível pago em todo país é absurdo. O parlamentar alegou que nem mesmo quando o valor do barril de petróleo baixa os donos de postos diminuem a taxa cobrada ao consumidor.

Jesus Sérgio sugeriu que seja criada uma comissão para apurar informações acerca de como se pode beneficiar o consumidor final com a diminuição da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide-combustíveis), e também para saber onde se pode reduzir o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

“Podemos montar uma comissão para saber onde se pode reduzir o ICMS, temos também que ir a Brasília. Por que tirar a CIDE da gasolina somente para diminuir 5 centavos? Isso não é o suficiente para baixar o preço do combustível. Sabemos que o barril do petróleo regula o preço dos combustíveis, mas não vemos em nenhum momento o preço da gasolina na bomba baixar quando o valor do barril de petróleo diminui de valor. Quando o preço do barril de petróleo caiu de 126 dólares para 26 dólares, por que isso não refletiu no preço da gasolina? ” Indagou.

No tempo destinado à Explicação Pessoal dos parlamentares, Jesus Sérgio apresentou duas indicações solicitando melhorias nas Escolas João Ribeiro e Rosaura Mourão, ambas localizadas em Tarauacá. De acordo com ele, as instituições de ensino necessitam urgentemente de melhorias e da instalação de equipamentos de ar-condicionado. O parlamentar também pediu que o Departamento de Estadual de Trânsito (Detran) sinalize as ruas da capital, afim de evitar mais acidentes. Por Andressa Oliveira.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat