NOSSAS REDES

ACRE

Gehlen expõe gastos milionários no Detran e dispara: “por isso não pagaram o décimo terceiro”

Contilnet, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O parlamentar disse que foram gastos R$ 4,5 milhões no ano de 2017 e R$ 2,7 milhões em 2018

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Gehlen Diniz (Progressistas), ao utilizar a tribuna na sessão desta quarta-feira (27) apresentou números de gastos no Departamento de Trânsito do Acre (Detran-Ac) nos anos de 2017 e 2018 com locação de veículos e vigilância armada e alegou: “foi por isso que não conseguiram pagar o décimo salário dos servidores públicos”.

De acordo com o parlamentar, será instalado um processo administrativo para apurar os gastos que segundo ele foram de mais de R$ 4 milhões no ano de 2018 somente com locação de veículos, ou seja, R$ 350 mil ao mês. Em 2017, o valor foi R$ 3,2 milhões, R$ 267 mil/mês.

“No governo atual temos 17 veículos locados. 42 a menos do que no governo passado, que eram 59 veículos. Isso significa R$ 156 mil a menos por mês com gasto em locação de veículos. Há um indício de irregularidade e vamos investigar”, disse Diniz.

O deputado mencionou ainda dois casos para exemplificar o que ele classificou de desnecessário. “Não justifica por exemplo, uma autarquia pagar R$ 143.328 somente com locação de veículo para o porta-voz do governo, jornalista Leonildo Rosas e R$ 52 mil para o Fernando Melo e muitas outras pessoas. Isso é esbanjar. Qual a necessidade disso?”, questionou.

Em vigilância armada, o parlamentar disse que foram gastos R$ 4,5 milhões no ano de 2017 e R$ 2,7 milhões em 2018. “No novo governo estamos gastando apenas R$ 80 mil por mês, multiplicando por 12 dá R$ 960 mil e vamos diminuir ainda mais. A meta é chegar a R$ 50 mil. Se não apertar o cinto não temos como honrar. É preciso economizar e medir os passos. Precisamos de mais tempo, mas vamos trazer o Acre para os trilhos”, garantiu.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat