NOSSAS REDES

ACRE

Natura faz apelo por preservação da Amazônia após queimadas atingirem fornecedores

Folha de São Paulo, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Gigante de cosméticos teve sua cadeia de abastecimento afetada pelas queimadas que aconteceram este ano.

Foto de capa: 23 de agosto – Acre entra em estado de emergência devido a incêndios e governo estadual diz que pode faltar água.

A gigante de cosméticos Natura & Co teve sua cadeia de abastecimento de matéria-primas afetada pelas queimadas na floresta amazônica este ano e intensificou os esforços para que governo, setor privado e comunidades se unam para restaurar o equilíbrio ambiental, disse o presidente da companhia.

Perto de tornar-se o quarto maior grupo de beleza do mundo após adquirir a rival Avon Products, a Natura encontra-se em uma posição delicada para seguir advogando pelo desenvolvimento sustentável sem antagonizar o presidente Jair Bolsonaro.

Sob o comando de Bolsonaro, que assumiu a presidência em 1º de janeiro, os incêndios florestais atingiram em agosto o maior nível desde 2010, o que desencadeou protestos globais sobre as políticas de seu governo para a maior floresta tropical do mundo, considerada chave na luta contra as mudanças climáticas.

A foto mostra várias árvores queimadas e envoltas de fumaça, com vários matos também queimados no chão.
Queimadas em vegetação em Novo Airão, na Amazônia – Márcio Melo/Folhapress.
.

“Me parece que o novo governo ainda está restabelecendo seus mecanismos de controle, tem críticas sobre os existentes e ainda não colocou em andamento alternativas”, afirmou o presidente da Natura, João Paulo Ferreira, em entrevista na noite de sexta-feira, sem citar nomes.

A Natura, que produz muitos cosméticos com ativos naturais extraídos da Amazônia, está empenhada em nutrir o diálogo entre autoridades do governo e outros atores em meio à polarização desencadeada pelo avanço do desmatamento da floresta amazônica ao maior nível em 11 anos.

“A Amazônia é muito grande para um único ator sozinho ser capaz de promover mudanças”, contou Ferreira, destacando que a companhia conseguiu reunir no momento mais intenso das queimadas representantes do governo, da iniciativa privada, das comunidades amazônicas e de organizações não governamentais (ONG).

Na semana passada, a companhia apoiou publicamente a ONG Projeto Saúde e Alegria, manifestando preocupação com uma operação policial contra a entidade como parte de um inquérito sobre as causas dos incêndios registrados este ano na Amazônia.

Ao mesmo tempo em que tornou-se referência em questões ligadas à Amazônia, a Natura vem se deparando com desafios operacionais, conforme alguns de seus fornecedores na região, principalmente de castanhas, foram afetados pelos incêndios, acrescentou Ferreira.

“Tivemos que nos valer da ampla rede de 4.500 famílias na região amazônica para compensar essas faltas de abastecimento a partir de outras localidades,” explicou o executivo.

A relação da Natura com a Amazônia começou em 1999, quando a companhia iniciou os trabalhos com comunidades locais para extrair ingredientes da biodiversidade brasileira de forma sustentável. Atualmente, a empresa atua com 37 comunidades na região.

“Somos parceiros há quase 20 anos e a Natura nos ajuda a fortalecer a cooperativa e melhorar a gestão”, disse Alexandro Queiroz dos Santos, sócio e coordenador do Projeto Reflorestamento Econômico Consorciado e Adensado (Reca), que reúne 260 pequenos produtores em Rondônia, Amazonas e Acre.

O Reca, que produz uma variedade de ingredientes e fornece principalmente óleos de castanha e andiroba, manteiga de cupuaçu e polpa de açaí para Natura, viu dois de seus associados perderem parte da plantação para incêndios meses atrás, segundo Santos.

“O impacto foi pequeno, mas aqui também tem pressão grande do setor madeiro e pecuária”, afirmou Santos.

Desde 2011, quando estruturou o Programa Amazônia, a Natura já investiu mais de 1,5 bilhão de reais em atividades na região, contribuindo para preservação de cerca de 1,8 milhão de hectares de floresta.

Ferreira espera que a companhia amplie os investimentos na Amazônia, à medida que leva a marca Natura para novos países depois da aquisição da The Body Shop, em 2017, e da Avon neste ano.

“Vamos crescer em cima das pegadas das empresas irmãs e já estamos nos antecipando a esse crescimento e intensificando esforços com as comunidades na Amazônia”, disse o presidente.

Uma recente investida na Malásia em parceria com um franqueado da The Body Shop está gerando resultados positivos, de acordo com ele, e a empresa dará prioridade a novos mercados no Sudeste Asiático em seu plano de expansão.

“Esse franqueado opera em mais de um mercado e há outros excelentes franqueados na Indonésia, nas Filipinas e outros mercados adjacentes”, comentou o executivo.

Ferreira evitou entrar em detalhes sobre o acordo com a Avon, reiterando apenas que a transação deve ser concluída até o fim do primeiro trimestre de 2020. A aquisição foi aprovada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 6 de novembro e por acionistas de ambas as companhias em 13 de novembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Advertisement
Comentários

Comente aqui

ACRE

POLICIA CIVIL EM AÇÃO

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

POLÍCIA CIVIL DE FEÍJO APREENDE MENOR COM QUASE NOVE QUILOS DE DROGAS NA BR 364

Na tarde de hoje, por volta das 18:00 hs, ao realizar revistas nos veículos que entram na cidade de Feijó (abordagem rotineira que vem sendo feita por conta da pandemia do Covid-19) foi dado ordem de parada a um Uber com placa da cidade de Tarauacá, o qual transportava apenas um passageiro.

Que de imediato, os policiais perceberam o nervosismo do passageiro que era menor de idade, onde verificou-se também que o mesmo já tinha outras passagens por posse de drogas, sendo natural do município de Rodrigues Alves-AC.

Diante das suspeitas foi realizada então uma revista na mochila que o mesmo carregava consigo e dentro foram encontrados cerca de quase 09 quilos de substâncias entorpecentes, tipo maconha prensada, cocaína e pedra de oxidado, e ainda a quantia de R$ 580,00 reais em espécie. Que foi dado voz de prisão ao agente e encaminhado para a delegacia geral, juntamente com a droga apreendida, ficando à disposição da autoridade policial.

Fonte: Investigadores PC 🔎 & PAPO DE POLÍCIA

Continue lendo

ACRE

A GRANDE ALIANÇA

Assessoria, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na manhã deste sábado 21, os representantes dos partidos MDB, PC do B e PT se reuniram na casa do ex-prefeito Francimar Fernandes para discutir a possibilidade de uma grande aliança.

Fizeram-se presente o Ex-prefeito Merla (PSOL), Vereador Cabeça (PT), Vereador Mauro (PT), Vereador Tarcisio (PC do B) e o Ex-prefeito Francimar Fernandes (MDB), onde os mesmos além de fazerem colocações a respeito da atual conjuntura política municipal, falaram ainda da intenção de juntos ganharem as eleições 2020.

É importante frisar que os vereadores Tarcisio e Mauro já vêm anunciando pré-candidaturas majoritárias há muito tempo pelos seus respectivos partidos, no entanto o que a situação ‘hoje’ liderada pelo Prefeito Kiefe Cavalcante do partido do atual governador Gladson Cameli (PP) não esperava, era que futuramente o ex-prefeito Francimar Fernandes viesse a fazer parte desse ‘pacote’.

Francimar é temido pelos seus adversários pelo reduto político que construiu e caminham com ele até hoje, independente do partido que ele se filiar, pois o mesmo depois de ter sua trajetória dentro do partido dos trabalhadores, atualmente lidera o partido Movimento Democrático Brasileiro MDB, em Feijó/Ac.

O vereador Tarcisio ainda em suas falas criticou o que chamou de “boicote” que tentaram fazer com a sua pessoa na apresentação do plano de continência realizado na tarde dos dia do dia 20 de Março do corrente, contra a onda viral ou pandemia global.

Na composição da mesa de autoridades do referido evento, foi facultado à palavra e no momento da fala do vereador Tarcisio foi pedido para que o secretário encerrasse o que imediatamente o vereador interropeu e pediu a fala dizendo tinha se arriscado a ir ao evento para falar sobre o movimento e não deram a fala a ele, encerrou dizendo que como fiscalizador irá acompanhar todas as medidas tomadas contra a onda viral.

Ainda na reunião da grande Aliança partidária o Vereador Mauro e o Ex-prefeito Francimar, além de acreditarem no sucesso que pode vir através dessas articulações, concluíram dizendo que ainda não se tem o nome certo que poderá saí como “cabeça”, ou seja, ainda não está decido quem será o candidato a Prefeito e o seu Vice, pois muitos outros partidos serão convidado a se unirem com eles.

Na noite do mesmo dia a cúpula da grande aliança se encontrou e se reuniu com o representante do PSL o Ex-vereador Gerson Meireles o que já decidiu acompanhar o ‘barco’ fechando assim uma aliança já contando com quatro partidos.

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Grupos de notícias