NOSSAS REDES

ACRE

Policial baleado ao ser confundido com assaltante em Rio Branco passa por cirurgia no fêmur

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O policial civil Juscelino de Queirós foi submetido a uma cirurgia no fêmur nesta quinta-feira (28), no Hospital das Clínicas, em Rio Branco. A informação foi repassada ao G1 pela família do policial. Queirós está internado desde o último dia 16, quando foi confundido com um assaltante por um tenente da Polícia Militar do Acre (PM-AC). Ele tentava impedir um assalto no bairro Isaura Parente, em Rio Branco, e acabou levando três tiros. O PM foi afastado das funções.

Ao G1, a mulher de Queirós, Suhena Queirós, explicou que a cirurgia na perna direita começou ainda na manhã desta quinta e só terminou à tarde. Os médicos colocaram uma haste no fêmur do policial.

“Foi onde o primeiro tiro pegou, que foi na perna direita e quebrou o fêmur. Colocaram uma haste por dentro do osso dele. É uma cirurgia de grande porte, mas estamos na torcida para dar tudo certo e não dar nenhuma infecção”, complementou.

Ainda segundo Suhena, a expectativa da família é de que nas próximas semanas o policial possa receber alta médica e voltar para casa.

“Não conversei ainda com os médicos, apenas 24h após a cirurgia que vão poder dizer quantos dias ainda precisa ficar no hospital. Essa última semana ele estava muito ansioso pela cirurgia, para poder voltar às atividades físicas e retornar para casa, que é o que mais quer”, frisou.

Vídeo de agradecimento

Em um vídeo compartilhado pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o policial agradeceu o carinho e orações feitas durante os dias em que passou na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb).

Ele recebeu alta da UTI na sexta-feira (22), quando completou 31 anos. A família preparou uma festa surpresa no leito do hospital com bolo e balões.

“Abraço a todos, obrigada pela força, foi muito importante para a minha família saber o quanto tenho amigos e pessoas importantes ao meu lado. Se antes tinha alguma dúvida da existência de Deus, hoje tenho certeza, e que através de mim demonstrou o melhor de todos vocês, porque todos demonstraram solidariedade, compaixão e empatia”, disse na gravação.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat