NOSSAS REDES

ACRE

“Rádio Difusora de Tarauacá explora pessoas de baixa renda”, denuncia internauta

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Promotoria de Justiça de Tarauacá poderá investigar possíveis irregularidades, como a cobrança abusiva pela prestação de serviço e uso irregular de frequência modulada. Com péssimo sinal analógico e fora do ar há semanas, a rádio estatal AM não oferece serviço de qualidade aos ouvintes de Tarauacá, denuncia internauta.

A Rádio Difusora AM está funcionando de forma irregular, utilizando indevidamente o sinal da Aldeia FM, segundo denunciou um internauta ao Portal Acre.com.br.

Além de não oferecer um serviço de qualidade, segundo um internauta que denunciou o fato, a rádio AM que recebe toda manutenção e infraestrutura do Governo do Estado do Acre, vem exigindo dos munícipes o pagamento pela prestação de pequenos serviços, como divulgação de mensagens para ribeirinhos e moradores da zona rural.

O denunciante, que não quis se identificar, alega que, embora a rádio seja estatal, 100% financiada pelo Governo do Acre, a maioria dos munícipes que solicitam o serviço de leitura de mensagens é de baixa de renda, e mesmo assim pagam pelo serviço de qualidade duvidosa.

Os usuários que utilizam esse serviço, o fazem para manter comunicação com familiares e amigos residentes nos rincões mais longínquos de Tarauacá.

Muitas vezes, esses moradores se abrigam em suas canoas, expostos à riscos e perigos, com alimentação precária e sem dinheiro, ainda se submetem à exigência de pagamento à rádio estatal AM de Tarauacá”, denunciou o internauta.

O OUTRO LADO

Nossa Reportagem tentou telefonar para as pessoas envolvidas, mas não conseguimos contato. A Redação informa às partes que o espaço permanece aberto para divulgar sua versão dos fatos, bastando enviar para o e-mail acrenoticia.com@gmail.com ou WhatsApp 99988-7585

Por Acre.com.br

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!
WhatsApp chat