NOSSAS REDES

Saúde Pública

SAÚDE PÚBLICA: 8 Unidades de Saúde de Tarauacá terão médicos titulares permanentes; veja

Assecom - Prefeitura de Tarauacá, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

CINCO PROFISSIONAIS DO PROGRAMA MAIS MÉDICOS CHEGAM À REDE BÁSICA DE SAÚDE DE TARAUACÁ.

Das oitos vagas do programa Mais Médicos deixadas em aberto na rede básica de saúde de Tarauacá em função da saída dos médicos cubanos, em novembro do ano passado, as oitos vagas foram preenchidas até o momento.

Os cinco profissionais que faltavam se apresentaram na manhã desta segunda-feira (01), no Gabinete da Prefeita Marilete Vitorino, acompanhado do Secretário Municipal de Saúde, Pedro Cláver, Eles passaram por uma capacitação para conhecimento da rede municipal de saúde, realizada em Brasília.

Os cinco novos profissionais começarão a trabalhar na próxima segunda-feira, 08 de abril, ou seja, toda Unidade de Saúde de Tarauacá terá seu próprio médico titular, totalizando oito unidades beneficiadas.

Os médicos que atuarão em Tarauacá são todos acreanos.

A Prefeita Marilete Vitorino, ressaltou a importância da vinda dos médicos para fortalecer a saúde municipal, que segundo ela é uma área prioritária da atual administração. “Para nós é muito importante à presença de mais médicos aqui. A saúde é uma das nossas prioridades, por isso a chegada de novos profissionais vai somar com outras medidas que estamos realizando para melhorar a qualidade do atendimento no município. E estamos recebendo eles de braços abertos, que todos sejam bem vindos a Tarauacá, contem comigo”, destacou Marilete.

Programa Mais Médicos

O Programa Mais Médicos faz parte de um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê mais investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais.

CURIOSIDADES

EXCLUSIVO: Repórter investigativo Chiquinho R7 vai até Feijó investigar suspeitas de H1N1; veja o vídeo

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

O famoso repórter web e seus óculos estribados, Chiquinho R7, visitou a terra do açaí, e foi conferir os boatos sobre uma possível suspeita de H1N1 no município.

Chiquinho R7 publicou em seu perfil no Facebook, o resultado de sua ação como repórter investigativo no município de Feijó (veja aqui).

Veja o vídeo:

 

O web-repórter Chiquinho R7, que se apresenta sempre como “ao vivaço e melhor do Acre”, visitou o município de Feijó, interior do Acre, para investigar as suspeitas de H1N1 no município.

Segundo as informações, obtidas através do repórter R7 do Acre, que esteve na tarde de hoje com o diretor geral do Hospital de Feijó, é que pelo menos três pessoas morreram nas últimas 48 horas vitimadas por uma forte gripe.

Segundo apurou Chiquinho R7, existe a suspeita de que as mortes podem ter sido ocasionadas pelo vírus H1N1, o que só será confirmado através de exames laboratoriais, realizados em Rio Branco.

Estamos atendendo mais de 115 pessoas por dia, todas apresentando fortes sintomas de gripe. Nossos médicos começam o atendimento pela manhã e entram pela noite“, afirmou Carlos do Basa, atual diretor do Hospital Geral de Feijó.

Continue lendo

BRASIL

Ministério da Saúde abre hoje segunda fase da vacinação contra gripe

Agência Brasil, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe entra em nova etapa hoje (22) em todo o país. A primeira fase, que teve início em 10 de abril, vacinou crianças, gestantes e puérperas. A partir desta segunda-feira, o Ministério da Saúde abriu ao restante do público-alvo. Com isso, podem também receber a vacina trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

De acordo com o ministério, 41,8 mil postos de vacinação estão à disposição da população. Além disso, 196,5 mil profissionais estão envolvidos, com a utilização de 21,5 mil veículos terrestres, marítimos e fluviais.

*A doença*

A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes.

No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.

Até o fim de março, antes do lançamento da campanha, foram registrados 255 casos de influenza em todo o país, com 55 mortes. Até o momento, o subtipo predominante no país é influenza A H1N1, com 162 casos e 41 óbitos. O Amazonas foi o estado com mais casos registrados: 118 casos e 33 mortes. Por isso, a campanha foi antecipada no estado.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco