NOSSAS REDES

ESPECIAL

Clínica hospitalar e médico são condenados por negarem atendimento à criança

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Sentença condenou ambos solidariamente a pagar R$ 7 mil de indenização por danos morais para a criança.

O Juízo da 5ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco condenou solidariamente clínica hospitalar e médico a pagarem solidariamente R$ 7 mil por danos morais, em função de não terem prestado atendimento para a criança autora do Processo n°0714161-45.2015.8.01.0001.

Na sentença, publicada na edição n°6.277 do Diário da Justiça Eletrônico, da sexta-feira (18), a juíza de Direito Maha Manasfi, que estava respondendo pela unidade judiciária, registrou que “no caso em análise, resta configurado a responsabilidade dos requeridos, uma vez que houve a recusa de atendimento médico para usuário do plano de saúde”.

A mãe da criança relatou que tinha plano de saúde com cobertura na clínica reclamada e levou sua filha para ser atendida. Mas, quando o médico requerido assumiu o turno liberou a menina, sendo que, segundo a mãe, a criança não estava recuperada. Com a piora da filha tentou novamente atendimento na clínica referida, mas só conseguiu em uma unidade de saúde pública.

Responsabilidade solidária

Segundo a magistrada, houve responsabilidade solidária das partes, do médico, pois, como afirmou a juíza “era obrigação do médico tratar dos sintomas da parte requerente, utilizando os meios possíveis, inclusive com nova aplicação de soro e medicamentos se fosse o caso, não sendo óbice para tanto a falta de pediatra especializado”.

Ainda de acordo com a juíza, “a responsabilidade da pronto clínica também é demonstrada haja vista que tem natureza solidária, em virtude da recusa de atendimento de médico plantonista atuando em seu âmbito”.

ESPECIAL

Prefeita Marilete e vereadores Lauro Benigno e Antônio Araújo participam de ato cívico

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

PREFEITA MARILETE PARTICIPA DE ATO CÍVICO NA ESCOLA RILZA DANIEL EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DE TARAUACÁ.

Ladeada pelos vereadores Antônio Araújo (PT) e Lauro Benigno (PCdoB), a Prefeita Marilete Vitorino presidiu o ato cívico, acompanhada de secretários, professores e alunos. Os parlamentares sentaram ao lado da Prefeita, representando o Poder Legislativo Municipal. 

Durante toda a semana alusiva à comemoração do aniversário de Tarauacá, em 24 de abril, a Prefeitura de Tarauacá, através da Secretaria de Educação e Cultura, realiza ato cívico nas escolas municipais.

A comemoração conta com a participação dos estudantes, que interpreta o hino de Tarauacá, em momento cívico e de cidadania com os alunos.  As apresentações ocorreram nas escolas do Município.

A Prefeita Marilete Vitorino destacou que “neste mês de abril acontece os atos cívicos em todas as escolas, para comemorar o aniversário de Tarauacá. É sempre bom contar história aos filhos e muitas vezes eles preferem as verdadeiras e nesta hora que contamos a história do nosso município. Quero parabenizar as crianças pela execução dos hinos, que ficou lindo e aos pais pela participação dos eventos escolares”.

Continue lendo

CRIME

EXCLUSIVO: Acusados pela morte do Dr Baba serão interrogados nesta quinta-feira

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Nesta quinta-feira, dia 25/04/2019, às 11:30horas ocorrerão as audiências de interrogatório dos acusados FELIPE DE OLIVEIRA RODRIGUES (vulgo ‘Curica’), e JOSÉ RENÊ DO NASCIMENTO AVELINO, ambos atualmente presos no presídio de Tarauacá.

As audiências dos acusados ocorrerão na Vara Criminal da Comarca de Tarauacá, e serão presididas pelo Juiz do município, Dr. Guilherme Aparecido do Nascimento Fraga.

Os suspeitos são apontados como envolvidos na morte do médico Rosaldo Firmo de Aguiar França, conhecido como Doutor Baba, que foi morto no dia 27 de outubro de 2018, por volta das 21h00min, no município de Feijó.

Segundo divulgou o Portal Acre Notícias, o crime foi motivado por um revolver .38 de propriedade do médico, e a promessa de pagamento de R$500,00 (quinhentos reais).

O mentor do crime, segundo informou o Portal Acre.com.br, teria sido LUCAS SILVA DE OLIVEIRA, atualmente preso no Presídio Antônio Amaro, em Rio Branco. O acusado Lucas, segundo as investigações, encomendou a execução ao preço de R$500,00.

Uma novidade foi revelada pelo site, até então mantida sob sigilo: a participação de uma quarta pessoa, que é ANTONIO ELINELDO VIEIRA DE LIMA (vulgo Douglas), atualmente foragido da Justiça.

Proibida a reprodução, sem a citação da fonte.

Fonte: Acre.com.br

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco