NOSSAS REDES

CRISE

Crise entre gerência e funcionários transforma Hospital Sansão Gomes em palco de xingamentos

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Xingado de “tecnozinho preguiçoso e tecnozinho de merda“, o autor da ação, José Sales da Silva, é funcionário do Hospital Dr Sansão Gomes, e pediu que a parte reclamada seja condenada à pagar uma indenização por danos morais, que poderá chegar a R$ 19.960,00 reais. Audiência de conciliação ocorrerá no dia 24/06/2019, às 09:15 horas.

O Portal Acre.com.br obteve com exclusividade acesso aos documentos do imbróglio judicial, que teve início dentro do Hospital Dr Sansão Gomes, em Tarauacá, município do interior do Acre.

Atualmente há uma ‘crise institucional’ entre a direção da unidade e parte dos funcionários, os quais exigem a exoneração da Gerente de Assistência Sra Márcia Maria Rego da Silva.

Segundo o processo nº. 0001085-14.2019.8.01.0014, protocolado em 22/05/2019, junto ao Juizado Especial Cível de Tarauacá, o qual não tramita em segredo de justiça, tendo acesso liberado ao público em geral, podendo ser acessado por qualquer cidadão, através do site do TJAC, a Sra. Márcia Maria Rego da Silva é parte reclamada por ter supostamente chamado o funcionário José Sales da Silva de “tecnozinho preguiçoso e tecnozinho de merda“, segundo afirmação do mesmo perante a Justiça local.

ENTENDA OS FATOS

O Portal Acre.com.br apurou que, segundo afirma  o reclamante José Sales da Silva, este estaria no dia 21/05/2019 em seu setor de trabalho no Hospital Dr. Sansão Gomes, no setor de observação.

José Sales da Silva afirmou que estava conversando com a Dra. Joelza e a cozinheira do Hospital, momento em que chegou a reclamada Márcia Maria Rego da Silva e entrou no assunto dizendo para o reclamante José Sales da Silva parar de gracinha. Que nesse momento o reclamante José Sales da Silva e a reclamada Márcia Maria Rego da Silva passaram a discutir.

Que a Sra Márcia Maria Rego da Silva então teria chamado o servidor José Sales da Silva de “tecnozinho preguiçoso e tecnozinho de merda“, segundo afirmou ele na Justiça local.

José Sales da Silva afirmou que durante a discussão já que tinha sido ofendido pela Sra Márcia Maria Rego da Silva lhe chamou de intrusa.

O servidor, na Justiça, alegou que sentiu-se constrangido e desacatado, perante seus colegas de trabalho, por isso foi à Justiça em defesa de seus direitos.

O OUTRO LADO

Nossa Reportagem tentou telefonar para as pessoas envolvidas, mas não conseguimos contato. A Redação informa às partes que o espaço permanece aberto para divulgar sua versão dos fatos, bastando enviar texto para o e-mail [email protected] ou WhatsApp 99988-7585, cujo texto será publicado na íntegra.

Por Acre.com.br

CRISE

Sindicato dos Trabalhadores dos Correios abre coleta de assinaturas contra a venda da empresa

Avatar

PUBLICADO

em

Os diretores do Sindicato dos Trabalhadores da Empresa de Correios e Telégrafos do Acre (Sintect-AC) abriram na segunda-feira (12) a campanha da coleta de assinaturas contra a venda da empresa, no terminal urbano. O temor é que Estados que não geram lucro tenham agências fechadas, deixando de existir entregas de encomendas.

Segundo a presidente do Sintect-AC, Suzy Cristiny, as empresas que já atuam no mercado, realizando entregas, preferem não atuar no Acre, por exemplo, porque não é possível ter lucro. Assim, as empresas acabam atuando apenas em grandes cidades, chegando a enviar os produtos pelos Correios por terem conhecimento do papel social realizado pela empresa.


“Algumas pessoas criticam os serviços atuais e apoiam a privatização alegando que não deveria existir monopólio, mas não existe monopólio. Qualquer empresa do ramo pode estar apta a operar, mas eles preferem não concorrer em Estados menores, porque não gera lucro, com isso a estatal tem um papel fundamental nos municípios pequenos de garantir o encaminhamento de encomendas”, argumentou.

Suzy Cristiny apontou ainda que não são todas as cidades pequenas que possuem bancos ou caixas, com isso os pagamentos e os saques também são realizados por meio do banco postal.

A presidente do Sintect-AC explicou que os diretores e funcionários estão coletando as assinaturas até o dia 20, pois até o dia 22 a relação será entregue ao governo federal por meio da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos, entidade nacional que mobiliza a campanha nacional contra a privatização.

Continue lendo

CRISE

Com ida da Vereadora Janaina Furtado para PP, os partidos PDT e PSDB já estão de olho no mandato, e prometem acionar Justiça

Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Preparativos

Os Partidos PSDB e PDT já prometeram que se preparam para entrar na Justiça, caso a Vereadora Janaina Furtado peça desfiliação da Rede para posterior filiação ao PP, partido do Governador Gladson Cameli, pois a mesma foi eleita em coligação com esses partidos.

Hoje, um pequeno grupo de líderes partidários se reuniram, e já alinharam o procedimento. Um munícipe, que não quis se identificar, revelou que os dirigentes vão requerer na Justiça a perda do mandato. Segundo afirmam, a tese é de que o mandato não é da pessoa da Janaína Furtado, e sim da coligação que a elegeu.

Janaína Furtado, obteve 562 votos, em 2016. 

Ambiente de guerra: 2 homens e 1 mulher

Na cola de Janaína Furtado têm dois suplentes fortes. Edivilson Cabeleleiro (PDT), com 248 votos, que evita comentar o assunto. Mas nos bastidores, o clima jurídico é de expectativa positiva.

Fotografia de Fotografia de Edivilson Cabeleireiro - 12366 - Candidato a VereadorEdivilson Cabeleleiro (PDT), obteve 248 votos.

Já Rosenir Arcênio (PSDB), com 207 votos, é um líder forte no município. Arcênio foi secretário de educação por um tempo, sendo substituído por Orlando Bezerra, porém, em seguida foi rifado do primeiro escalão. Hoje é aliado do vice-prefeito Chico Batista, e, em tese, é o responsável pela política ambiental do município.

Fotografia de Fotografia de Rosenir Arcenio - 45555 - Candidato a VereadorRosenir Arcênio (PSDB), obteve 207 votos. 

2 homens e 1 segredo

A briga pelo mandato promete deixar muita gente de cabelo arrepiado. O próprio Edvilson Cabeleireiro aparenta dúvida de como irá fazer o “penteado” da situado. E Arcênio evita comentários públicos, preocupado em manter o ambiente político saudável. Mas a expectativa oculta é visível no semblante dos dois suplentes.

A cada dia que se passa, faça frio, faça calor, a paixão pela política, na terra do abacaxi gigante, só esquenta.

Vamos aguardar os próximos capítulos dos bastidores da política.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?