NOSSAS REDES

ACRE

Em Tarauacá, Prefeita articula parceria com renomada ONG para modernizar coleta de lixo; veja

ONG CBCN E PREFEITURA DE TARAUACÁ SE REÚNEM E DECIDEM PROJETO DE COLETA DE LIXO, LIMPEZAS PREDIAL E DE RUAS.

Durante quatro dias de intenso trabalho, as equipes levantaram informações quanto à demanda e necessidades do município de Tarauacá.

Os dados  irão subsidiar a atuação da ONG CBCN (Centro Brasileiro para Conservação da Natureza e Desenvolvimento Sustentável), que será a responsável pela limpeza e recolhimento de resíduos sólidos da cidade.

Após o levantamento, concluiu-se que serão necessários dois novos caminhões coletores para atender a atual demanda do município. 

Ainda nesta manhã de terça-feira de carnaval (05), as equipes concluíram e apresentaram as planilhas detalhando as necessidades do município. 

O CBCN trabalha há 50 anos com desenvolvimento sustentável e usa o conhecimento da Universidade de Viçosa para educação ambiental e geração de renda. “Esse é um momento muito importante, pois estamos começando uma nova fase do manejo dos resíduos sólidos em Cruzeiro do Sul, trazendo uma experiência e aplicando na logística, trazendo tecnologia, caminhões novos, sistema de coleta sistematizado, um calendário de coleta, faremos coleta de grandes geradores. Temos um caminhão equipado com balança no chassi, que pesa o lixo no momento que entra na praça de alimentação do caminhão”, destacou o Josélio Araújo – coordenador nacional do CBCN.

Toda limpeza do município será gerenciada pela CBCN, desde a coleta de lixo até a limpeza predial e de ruas. 

De acordo com a prefeita Marilete Vitorino, “os investimentos financeiros serão basicamente os mesmos, com a diferença que recebe tecnologia, inovação e melhor condição para desenvolver os trabalhos, caso a parceria seja firmada“.

ACRE

Traficante que enviava drogas do Acre para o Nordeste é preso em Rio Branco

Contilnet, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Cleomar César Felício Uchôa, vulgo cangaceiro, foi preso pela Polícia Civil na última terça-feira (20) no bairro Preventório, conhecido como Papoco, em Rio Branco. O traficante já era alvo de investigações da Polícia Federal, que suspeita que ele tinha negócios na fronteira e no estado de Rondônia e fornecia drogas para a região Nordeste.

Há suspeitas de que o homem lavava o dinheiro do tráfico com compra e venda de gado no Acre e nos estados vizinhos.

Continue lendo

ACRE

Homem que matou ex-mulher e companheiro dela é condenado a mais de 39 anos de prisão

STJ Notícias, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Após nove horas de julgamento, homem que matou ex-mulher na frente do filho e também assassinou o companheiro da vítima foi condenado, na segunda-feira, 19, pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Tarauacá. Segundo a decisão, o denunciado deverá cumprir 39 anos e 10 meses de reclusão, em regime inicial fechado.

Como é relatado nos autos, em julho de 2016, o acusado estava indo à residência da ex-mulher e no caminho encontrou o companheiro dela, que tinha ido levar uma das crianças a escola. O acusado teria matado o homem e seguido para a casa da ex-companheira. Uma vez no local, ele a teria matado a golpes de faca e tiro de espingarda, na frente dos filhos.

Sentença

De acordo com a sentença, que ainda aguarda publicação no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), o acusado cometeu os crimes de: homicídio qualificado privilegiado (meio cruel, recurso que dificultou a defesa da vítima e também pela condição do sexo feminino da vítima) em relação à ex-mulher; e homicídio qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa do ofendido), em relação ao companheiro dela.

O juiz de Direito responsável por conduzir o julgamento, Guilherme Fraga, registrou que “as circunstâncias do crime fogem à normalidade, visto que o acusado praticou o delito após arrombar a porta frontal da casa, porta dos quartos, com a presença dos filhos menores de idade, perseguido a vítima, até conseguir mata-la, tudo isso devidamente testemunhado pelo filho de apenas 13 anos de idade, motivo pelo qual deve tal circunstância judicial ser valorada negativamente”.

Continue lendo

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

WhatsApp Precisa de ajuda?