NOSSAS REDES

ACRE

Governo afasta motorista e promete nova avaliação em veículos e condutores

Ac24horas, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Depois da morte da aluna do Colégio Acreano Kelly Pereira, de apenas 15 anos, em um acidente em um ônibus na BR-364, que levava estudantes para a disputa dos Jogos Escolares em Cruzeiro do Sul e do ac24horas ter mostrado com exclusividade que Antônio Marques da Costa, de 43 anos, que conduzia o ônibus que tombou na noite de segunda-feira, 12, estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa e que nos últimos anos foi notificado três vezes pelo Detran por dirigir sob influência de álcool, o Governo do Estado resolveu agir.

Em nota publicada na tarde desta quarta-feira, 14, e assinada pelo próprio governador Gladson Cameli, o governo estadual reafirma que prestou assistência aos envolvidos no acidente e que há uma determinação para que as investigações ocorram em ritmo acelerado.

Segundo a nota, o governo classifica as falhas como inaceitáveis e por isso determina que todos os envolvidos diretamente no processo seja afastados até que as investigações sejam concluídas.

Aí vem um fato curioso na nota escrita e divulgada pela assessoria governamental. A nota não informa quem são os responsáveis e, portanto, quem deve ser afastado. O ac24horas apurou que o único afastado é o momento é o motorista Antônio Marques da Costa.

A decisão causa estranheza, já que se o motorista, mesmo com a CNH suspensa, dirigia o ônibus é porque alguém o autorizou.
O governo informa ainda que os motoristas a serviço do Estado passarão por nova triagem para certificação de sua qualificação, bem como os veículos deverão passar por nova revisão para a liberação da frota.

REDES SOCIAIS

Área do assinante

Receba publicações exclusivas.

MAIS VISUALIZADAS

WhatsApp chat