NOSSAS REDES

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ACRE

Oswaldo D’Albuquerque é eleito por aclamação ouvidor nacional do Ministério Público

Agência de Notícias MPAC, via Acre.com.br

PUBLICADO

em

Nesta segunda-feira, 28, durante a 1ª sessão extraordinária do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) de 2019, o conselheiro Oswaldo D’Albuquerque Lima Neto, que ocupa vaga no Conselho destinada aos MPs estaduais, foi eleito por aclamação o novo ouvidor nacional do Ministério Público.

A Ouvidoria Nacional do Ministério Público é um canal direto de comunicação entre os cidadãos e o CNMP para sugestões, críticas, reclamações, elogios e dúvidas sobre o funcionamento do órgão e do Ministério Público Brasileiro, contribuindo para o constante aperfeiçoamento de sua atuação.

Oswaldo D’Albuquerque, procurador do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), tomou posse como conselheiro no dia último dia 22. Ele se comprometeu a trabalhar para melhorar ainda mais o atendimento aos usuários e a prestação dos serviços a partir da troca de informações entre as ouvidorias de todo o país.

Também nesta segunda-feira, o conselheiro Oswaldo D’Albuquerque foi eleito presidente interino da Comissão de Preservação da Autonomia do Ministério Público, que tem por finalidade a elaboração de estudos, a apresentação de manifestações ou o desenvolvimento de atividades específicas que visem subsidiar a atuação do Plenário em questões relacionadas ao tema.

Advertisement
Comentários

Comente aqui

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ACRE

MPAC apura causas do acidente envolvendo aeronave do governo do Estado

Agência de Notícias MPAC, via Acre.com.br

PUBLICADO

em

O Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) instaurou inquérito civil para apurar as causas do acidente envolvendo um veículo automotor e a aeronave Harpia 1, pertencente ao governo do Acre, ocorrido dia 18 de janeiro, em uma rotatória da BR- 364, em Rio Branco.

Os promotores de Justiça Patrícia Paula dos Santos e Antônio Alceste Callil Castro serão responsáveis por conduzir o procedimento. Nesta fase serão colhidos depoimentos, certidões, relatórios e documentos de órgãos de segurança e trânsito, além dos relativos à própria aeronave.

Patrícia Paula ressalta que o inquérito civil terá prioridade e que deverá estar concluído dentro de 30 dias.

“Classificamos o ocorrido como gravíssimo, por isso, vamos dar celeridade à investigação. Entendemos que, além do dano ao patrimônio público, o acidente colocou a vida de muitas pessoas em risco. Todos os envolvidos serão ouvidos e responsabilizados”, enfatizou.

A promotora de Justiça deverá acompanhar a perícia que será realizada nos veículos (helicóptero e caminhão), que ainda se encontram no local do acidente, marcada para acontecer nesta quinta-feira, 23.

“Esse procedimento será fundamental para entendermos as causas do acidente. Vamos acompanhar e juntá-la aos autos, assim como os demais documentos e depoimentos que vamos coletar, precisamos dar uma resposta à sociedade para algo tão grave que colocou a vida de pessoas em risco, disse a promotora. Agência de Notícias do MPAC

Continue lendo

ACRE

Com 6,5 mil roubos registrados em 11 meses, Rio Branco tem aumento no nº de ocorrências

G1AC, via Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Com 6,5 mil roubos registrados em 11 meses, Rio Branco tem aumento no número de ocorrências — Foto: Divulgação/PM-AC

Dados fazem parte do Informativo de Mortes Violentas Intencionais do Observatório de Análise Criminal do MP. Bairros Belo Jardim I e II são os que registram mais ocorrência.

O Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público (MP) divulgou mais um Informativo de Mortes Violentas Intencionais (MVI) e no relatório também fez um levantamento dos roubos registrados em Rio Branco entre janeiro e novembro de 2019.

Os dados também são comparados com os de 2018 e apresentam um aumento de quase 2%.

No período avaliado de 2019, a capital acreana registrou, segundo o MP, 6.526 roubos em todas as regionais que compõem a cidade. O número demonstra aumento, se comparado a 2018, quando foram 6.414 ocorrências.

O levantamento aponta um aumento significativo nas 2ª e 3ª regionais, mas também uma redução importante na 5ª regional. O maior número de ocorrências foi registrado em junho, com 684 roubos na capital.

Roubos ocorridos em Rio Branco em 2018 e 2019

Regionais20182019
1ª Regional1.1661.049
2ª Regional1.6451.950
3ª Regional8161.039
4ª Regional1.8751.884
5ª Regional912604
Total6.4146.526

Outro ponto importante é uma série histórica da frequência relativa de roubos ocorridos em Rio Branco por hora do fato. Segundo o estudo, a grande maioria dos roubos ocorre entre as 18h e 22h. Em 2019, segundo o relatório, quase 3 mil ocorrências dessa natureza foram registradas no horário apontado.

O relatório também lista os 10 bairros de cada regional em que os roubos são registrados com maior frequência.

Na 1ª regional, o Bosque lidera com 309 roubos. Os bairros Belo Jardim I e II registram 595 roubos, sendo o maior número comparado aos demais bairros. Na 3ª regional, o alvo dos bandidos tem sido o Floresta Sul. Calafate e Alto Alegre também são os principais bairros a registrarem roubos, na 4ª e 5ª regional, respectivamente.

O relatório também lista os 10 bairros de cada regional em que os roubos são registrados com maior frequência — Foto: Reprodução/MP-AC

O relatório também lista os 10 bairros de cada regional em que os roubos são registrados com maior frequência — Foto: Reprodução/MP-AC

Continue lendo

+30 mil seguidores

TOP MAIS LIDAS

Advogados Online