NOSSAS REDES

BOM EXEMPLO

Projeto Cidadão é promovido na Vila do V, em Porto Acre

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Desde a sua criação, no ano de 1995, a ação já atendeu mais de um milhão de pessoas.

A Vida do V, no município de Porto Acre, distante 78 km de Rio Branco, recebeu, nesta sexta-feira, 2, os serviços do Projeto Cidadão. A atividade, idealizada pelo Poder Judiciário Acreano, é voltada à população mais necessitada, disponibilizando o direito à documentação básica, como também o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos fundamentais.

Os serviços, totalmente gratuitos, foram oferecidos na Escola Jader Saraiva Machado, das 8h às 15h. Na ocasião, os moradores tiveram a oportunidade de requerer Carteira de Identidade, CPF, Carteira de Trabalho, Bolsa-Família, tirar dúvidas sobre processos jurídicos, além de participarem de audiências para casos simples e ainda atendimentos médicos, fisioterapêuticos e vacinação para criança e adulto.

A coordenadora do Projeto Cidadão, desembargadora Eva Evangelista, destacou sobre as instituições parceiras para a realização da atividade e agradeceu o empenho de todos na ação.

“Não seria possível realizar uma atividade desse tamanho se não fossem todos os parceiros. Essa é uma ação pela qual todos somos responsáveis. Responsáveis por levar cidadania a quem precisa”, destacou a coordenadora que estava acompanhada da convidada Mirele Miranda, do projeto Acre Vivo.

O projeto, segundo a convidada, vem para alcançar todas as cidades do Acre com serviços médicos, culturais, equipes de palestrantes e atividades voltadas ao meio ambiente.

“Começamos essa atividade no município de Jordão e neste ano queremos fazer em outra localidade acreana com parcerias daqui. O projeto nasceu em Belo Horizonte e resolvemos trazer para o Acre”, comentou.

Desde a sua criação, no ano de 1995, o Projeto Cidadão já atendeu mais de um milhão de pessoas, nos mais distantes lugares da Floresta Amazônica Acreana, a fim de democratizar os serviços públicos e fortalecer o exercício da cidadania.

Larissa Gomes, 13 anos de idade, tirou a identidade pela primeira vez. De acordo com ela, a oportunidade que teve durante a ação, facilitou a vida dos pais.

“Se precisássemos ir para Rio Branco a minha mãe teria de perder trabalho. Hoje, por exemplo, demorou um pouco, mas não tanto quanto se fossemos à capital. Estou muito feliz”, comentou.

Ação foi finalizada com o tradicional Casamento Coletivo.

BOM EXEMPLO

Juiz Giordane Dourado fala sobre os limites à liberdade de expressão

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Programa do TJAC vai ao ar de segunda a sexta, ao meio dia, pela Rádio Aldeia (96.9 FM).

O Boletim TJ Acre – programa de Rádio do TJAC em parceria com o Sistema Público de Comunicação – desta segunda-feira, 11, traz uma entrevista especial com o juiz de Direito Giordane Dourado, titular do 3º Juizado Especial Cível da Comarca de Rio Branco.

Na pauta, um assunto bastante atual que, não raramente, tem levado pessoas a responder a processos por danos morais ou ilícitos na justiça: os limites à liberdade de expressão na internet.

“Nenhum direito é absoluto, nem mesmo o direito à vida. Há exceções até mesmo nesse caso – como, por exemplo, quem age em legítima defesa. Então, se o direito à vida não é absoluto, por qual motivo o direito à liberdade de expressão o seria?”, questionou o magistrado durante o programa.

Dessa forma, o juiz de Direito titular do 3º JEC explicou que internautas podem ser responsabilizados tanto civil quanto criminalmente pelas suas postagens nas redes sociais, caso, eventualmente, elas ultrapassem os limites da liberdade de expressão e atinjam a imagem e honra de alguém. Ou, ainda, por postagens sobre supostos fatos ou episódios que não possam ser comprovados.

Em uma conversa descontraída com o magistrado, o jornalista e servidor do TJAC Marcio Bleiner conversou sobre esses e outros assuntos relacionados ao mundo digital, que valem a pena ser conferidos.

O programa Boletim TJ Acre vai ao ar de segunda a sexta-feira, ao meio dia, pela Rádio Aldeia (96.9 FM) e também pelo sítio eletrônico: www.aldeiafm.ac.gov.br.

Continue lendo

BOM EXEMPLO

Em Tarauacá, 400 crianças de escola infantil assistem teatro educativo sobre trânsito; veja vídeo

Editorial do Acre.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Atividades são resultado de uma parceria entre Prefeitura de Tarauacá e DETRAN/AC. As ações iniciaram no dia 14/10, e se estenderão às demais escolas até encerramento no dia 31 de outubro. Nesta sexta-feira, 25, será realizada uma Oficina para Multiplicadores, que destinará 40 vagas à professores e gestores das escolas públicas. 

400 Alunos dos turnos manhã e tarde, da Escola Municipal Alcilene Calixto Alves, foram beneficiados com as ações do Programa. 

Nesta quinta-feira, 24, os Educadores de Trânsito do DETRAN/AC, através da Coordenadoria de Educação de Trânsito, realizaram atividades na Escola Municipal de Ensino Infantil Alcilene Calixto Alves. As ações são voltadas à orientação, conscientização e educação de pedestres e ciclistas, especialmente, mas também aborda conceitos gerais sobre o trânsito e suas regras. 

Programa de Educação Trânsito é uma iniciativa do Gabinete Civil da Prefeita Marilete, e resultado de uma parceria entre Prefeitura de Tarauacá e Departamento Estadual de Trânsito (Detran/Ac), através da Coordenadoria de Educação de Trânsito, e conta com o apoio de secretários municipais e gestores das escolas públicas do município e estado.

As ações educativas iniciaram dia 14/10, e se estenderão até dia 31/10. A partir do dia 29/10 (terça-feira), serão priorizadas mais quatro escolas do município, sendo Escola Almirante, Creche Fernanda Lima, Escola 15 de Junho e Escola Valdina Torquato.

A escola Alcilene Calixto Alves oferece ensino infantil, e conta com 200 alunos no turno da manhã, e 200 no período da tarde. O gestor da escola, Sr. Alessandro Souza Bispo, parabenizou a iniciativa e a qualidade das atividades. 

Atividades do Programa no horário da manhã

A equipe do DETRAN é composta pelos Educadores de Trânsito Oyama de Melo e Silva Castro, Rafael Silva dos Santos, Claudivam Cordeiro da Silva, Francisco Roberval Loredo Gomes, Saliane Fraga dos Santos e Greyci Santos Carioca.

Crianças do horário da tarde

No horário da tarde, 200 alunos do ensino infantil foram ensinados de forma lúdica e dinâmica. Neste caso, as crianças aprendem as principais regras de trânsito através do teatro com personagens caracterizados e/ou fantoches, e teatro com personagens do trânsito. Na ocasião, foram ensinados os procedimentos corretos na via com simulação de mini rua, além de conceitos importantes sobre trânsito. 

Clique na galeria de vídeo:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Continue lendo

Super Promoções

WhatsApp chat