NOSSAS REDES

ACRE

TJAC avança no aprimoramento dos serviços para a garantia do direito à criança e ao adolescente

Gecom TJAC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Desembargador-presidente apresenta a Coordenadoria da Infância e da Juventude do Poder Judiciário Acreano à rede de proteção.

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), desembargador Francisco Djalma, apresentou a Coordenadoria da Infância e da Juventude (CIJ) do Poder Judiciário Acreano aos representantes da Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente. A apresentação do órgão permanente de assessoria da Presidência do Tribunal de Justiça ocorreu, nesta terça-feira (26), em reunião no Palácio da Justiça.

Com a atribuição de colaborar no aprimoramento da atividade jurisdicional na área da infância e juventude, com foco na assessoria aos magistrados e fortalecimento das relações intra e extra-institucional, visando ao aprimoramento dos serviços para a garantia do direito à proteção integral, com prioridade absoluta à criança e ao adolescente, a CIJ já funciona no prédio-sede do TJAC tendo a desembargadora Regina Ferrari como coordenadora.

“Essa apresentação teve a finalidade de discutir as problemáticas que cada instituição enfrenta nessa questão e apresentar ideias para que, juntos, possamos melhorar o serviço em prol da nossa comunidade. Recebemos várias sugestões e vamos analisar todas dentro das condições”, disse o desembargador-presidente Francisco Djalma.

A criação da CIJ é uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), em razão da prioridade das políticas de atendimento à infância e juventude, anunciada pelo Art. 227 da Constituição Federal, bem como a necessidade de coordenação da elaboração e execução de tais políticas.

A coordenadora da CIJ, desembargadora Regina Ferrari, destacou a necessidade de elaborar e executar as políticas públicas relativas à infância e à juventude.

“De imediato, vamos reiniciar o serviço de conscientização nas escolas. Uma palestra de meia ou uma hora para as crianças é essencial, pois boa palavra dada pode mudar o destino de muitas para melhor. Vamos resgatar os valores. Educar a criança é construir o cidadão do futuro”, destacou a coordenadora.

Na final da reunião ficou acordado um workshop, para o próximo mês, para toda a rede se reunir novamente e discutir sugestões.

Estiveram presentes juízes, procuradores e promotores da área da área da infância e da juventude, representantes do Governo do Estado e Prefeitura de Rio Branco, conselheiros tutelares, policiais militares, entre outros.

   

ACRE

Polícia Civil deflagra “Operação Mirante” em Rio Branco

Acrenoticias.com.br - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Mais de 30 quilos de drogas apreendidos durante a ação
A Polícia Civil deflagrou manhã desta quinta-feira (25) a “Operação Mirante”, implementada pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes. Ao todo, foram cumpridos 22 mandados de busca e apreensão, com 16 pessoas presas por tráfico e organização criminosa em Rio Branco.
De acordo com a polícia, cerca de 90 agentes trabalharam na operação que culminou na apreensão de 30 quilos de maconha e três quilos de cocaína pura, além de 64 pacotes de uma droga rara: o Skank. Muito consumida no centro-sul e sudeste do país, o Skank possui o princípio ativo da maconha.
Ainda durante a ação, os agentes conseguiram apreender 3 armas de fogo, munição, celulares, mais de 2 mil reais em espécie, balança de precisão e material para embalagem da droga.

INFORMAÇÕES DE Agazeta.net

Continue lendo

ACRE

Com todo efetivo nas ruas, operação da PM prende seis e apreende armas em cidades do AC

G1AC, via Acrenoticias.com - Da Amazônia para o Mundo!

PUBLICADO

em

Na Operação Tiradentes, realizada durante 24 horas em cindo cidades do interior do Acre, a PM fez mais de 700 abordagens e 16 ocorrências. Na ação, que encerrou na manhã desta quinta-feira (25), os policiais apreenderam duas armas de fogo e conduziram seis pessoas para a delegacia.

A ação, realizada pelo 6º Batalhão da Polícia Militar (6ºBPM), foi realizada nas cidades de Cruzeiro do Sul, Rodrigues Alves, Mâncio Lima, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo. A operação faz parte de uma operação que marca o aniversário da Polícia Militar no Brasil. Nos cinco municípios acreanos, todo o efetivo da PM local foi empregado para combater as ações criminosas.

Foram 24 horas de abordagens em bares, ruas e em locais de alto índice de violência. As ações também se estenderam para comunidades rurais e ribeirinhas. Nas abordagens a motoristas, dois condutores foram levados para a delegacia ao serem flagrados dirigindo sem habilitação.

Por meio de informações anônimas, dois homens foram presos depois de serem encontrados com armas de fogo, uma delas de fabricação caseira. Ainda na operação, os policiais cumpriram um mandado de prisão e outro homem foi preso em flagrante depois de praticar um furto.

Todas as ocorrências foram registradas apenas em Cruzeiro do Sul. Nas outras cidades não houve nenhuma prisão e a operação ocorreu sem o registro de casos de violência.

Além das ações repressivas, os policiais também ministraram palestras nas escolas e promoveram atividades de orientação nas ruas das cinco cidades.

“Nossa avaliação é bem positiva. A operação nos deu a consciência do potencial que o batalhão tem com o emprego de todo seu efetivo e tornou o dia bem mais tranquilo nessas cidades com as ações preventivas e de repressão à criminalidade. Considerando que conseguimos evitar qualquer ocorrência de natureza mais grave nesse período”, avalia o representante do comando do 6º BPM, aspirante Robson Belo.

Continue lendo

VOTE NA ENQUETE

Super Promoções

ACRE.COM.BR ©2017-2019 - Todos os direitos reservados. Diretora Geral: Fernanda da Silva Alfaia

Fale Conosco